quinta-feira, 13 de abril de 2006

De volta ao Local do Crime



Para mim o Bessa será sempre uma espécie de Santuário...Foi lá que finalmente senti o outro lado do Sport Lisboa e Benfica, o lado grandioso, esmagador, GLORIOSO. Ao fim de 11 anos de amarguras e tristezas, lá compreendi porque somos apelidados de Glorioso, porque somos o Maior clube português, amado e/ou respeitado por todo o mundo.

14 de Maio de 2005, véspera de Benfica - Sporting, o grande derby, desta feita à 33ªJornada e apesar de ao Sporting um empate bastar, uma vitória dava ao Benfica a probabilidade de um titulo Nacional histórico. Foi neste dia que me enchi de confiança e comprei aquele que será para sempre o meu bilhete mágico, o bilhete para o Boavista - Benfica da 34ªJornada de 2004-2005. Nem por um instante duvidei que seria lá que se iria fazer história, que iríamos todos celebrar, ao fim de 11 anos.
Felizmente os jogadores também não duvidaram, nem tão pouco o presidente, que comprou a lotação inteira do estádio antes do derby. E da cabeça de Luisão saíu então a chance de selar o 31ºCampeonato encarnado no norte.

Chegados ao dia "D", não cabia em mim de tanto nervosismo. O que eu queria era que aquele dia fosse para sempre recordado por mim e por todos como o renascer do Gigante. E assim foi, perante uma atmosfera avassaladora, fui engolido por um mar vermelho como nunca antes tinha visto. Quem esteve lá, no Estádio do Bessa sabe do que estou a falar. Quem assistiu pela caixinha mágica apenas faz uma pequena ideia. O Bessa era um Estádio da Luz em miniatura...Um autêntico Inferno...Agora a confiança já não era ilimitada, o nervosismo era maior, mas sentia-se que não íamos deixar fugir tão grande oportunidade de fazer história...Não ali...
E aconteceu, depois de muito sangue, suor e lágrimas, os nossos Heróis, os nosso Guerreiros deram-nos a suprema alegria. Éramos finalmente Campeões Nacionais...

Agora, no sábado, 15 de Abril de 2006, o Bessa perdeu um pouco o seu brilho, pois o meu, o nosso Benfica não está na luta pelo Titulo. Estamos em 3ºLugar, a 4 pontos do Sporting, e apesar de desiludido com este facto, no ano em que recuperamos o nosso prestígio europeu, quero ver de novo um Benfica lutador, guerreiro, um Benfica à Benfica...Quero sair de lá com um sorriso nos lábios, com a sensação do dever cumprido. E se eu vou lá, ao Bessa, para apoiar até que me acabem as forças, peço aos nossos atletas, que lutem até à exaustão, que batalhem até ao último apito, não só porque o 2ºLugar ainda pode ser uma realidade, mas porque pelo Benfica tem de se dar tudo, sempre...

Espero sorrir outra vez. Acredito que vou sorrir outra vez. Porque de volta ao local do Crime, temos de deixar a nossa marca...outra vez...


E Pluribus Unum

2 comentários:

Galaad disse...

Oxalá assim seja...

MB disse...

Sorrimos sim senhor, mas vendo o jogo pela televisão (das duas vezes) sente-se um enorme desânimo: o estádio estava vazio, o Benfica não vai ser campeão e as contas estão praticamente feitas (tirando aquele pormenor de ir ou não a uma imprevisível pré-eliminatória da Champions).

Mas enfim, só para dizer que gostei do texto. Um abraço benfiquista.