domingo, 15 de maio de 2011

Cardozo e o golo 100


Não é um jogador unânime na Luz, muitas vezes os adeptos perdem a paciencia com aquele estilo muito particular dele, um dia também o agora consensual e adorado Magnusson sofreu de forma identica, mas a verdade é que em 4 épocas de águia ao peito atingiu a marca dos 100 golos, o que dá uma média de 25 golos por temporada. Parece-me que por vezes os adeptos são injustos para com Cardozo, por vezes têm uma memória demasiado selectiva, são pouco pacientes para com um jogador que tem sido muito competente na sua função que é marcar golos.

A época não correu bem de forma geral, e em termos exibicionais, também Cardozo esteve muito longe do que pode e deve fazer, mas os números não mentem, Tacuara é parte da solução e não parte do problema, pelo que se sair do clube, o Benfica precisa encontrar no mercado um jogador que garanta no mínimo a mesma média de golos que ele. Será fácil isso acontecer, dada a forma como o clube tem substituído os jogadores que têm saído recentemente? Não penso que seja. Cardozo é para manter, o Benfica o que tem que fazer é colmatar as verdadeiras lacunas da equipa, em vez de criar outras.

9 comentários:

Mário Pedro Rei disse...

Partilho da mesma opinião.

MS disse...

Tudo depende dos valores envolvidos.

João Durão disse...

Subscevo essas palavras. A alternativa Kardec assuta-me e de que maneira. Mas em contrário, não podemos manter um jogador que não quer estar por estes lados. E o Cardozo já deu sinais de querer ir embora.

Edu disse...

Confesso que é um pouco complicado para mim perceber as críticas excessivas ao número 7. Na minha perspectiva, o Cardozo falha muito porque aparece muitas vezes no sitio certo, ao contrário de outros avançados, que poucas oportunidades têm ou criam.

O Isaías rematava "ene" de vezes à baliza. O mérito dele não era o facto de chutar 50 vezes por jogo. Não, o mérito dele era ter facilidade e capacidade para conseguir arranjar espaço, fugir às marcações, driblar, etc para então depois conseguir tantas vezes aparecer na zona de remate.

Depois, nos tais 50 remates, marcava um ou dois golos. Claro está que os outros 48 iam ao lado, ao poste, para o terceiro anel...

O problema, para mim é que se quer eficácia a 100%. Será que muitos não vêem os jogos do falcão ou de melhores jogadores, não vêem que eles também falham golos?

O Cardozo é um excelente avançado, porque mesmo limitado como se diz, mesmo jogando só com um pé (sempre que leio ou me dizem isto parto-me a rir), mesmo com o jogo fraquissímo de cabeça que se diz que ele tem (continuo a considerar um tanto exagerado), mesmo sem correr que nem um doido como corre o djaló (apesar deste raramente estar no sitio certo ou jogar bem), consegue sempre arranjar oportunidades para tentar facturar. Mesmo que falhe um, dois ou três golos que se considerem ser oportunidades claras de golo.

O Cardozo é um bom avançado e 100 golos em 4 épocas é um bom registo. E isto é um facto. Pode existir quem ainda tenha melhor marca. Mas não serão muitos. Ora, se assim é, troca-se o Cardozo por quem?

E, principalmente para o pessoal da minha geração, que levou anos e anos sem ter um ponta de lança que conseguisse criar oportunidades de golo, faz-me uma confusão tremenda não se gostar de Óscar Tacuara Cardozo.

Far(away) disse...

Concordo com tudo Edu.

Mas já sabemos o que a casa gasta, um dia que saia (espero que esse dia esteja longe), muitos daqueles que o assobiam e que desgostam dele, serão os mesmos que sentirão a sua falta.

Bipolaridade futebolística.

Edu disse...

Verdade, caro amigo. Mas também sempre foi assim no Benfica.
Pelo que me contam, os jogadores antes eram discutidos pelos Benfiquistas no estádio e com uma bela cerveja na mão. No final estava tudo bem.

Mas hoje em dia, pela internet, parece que se exagera um pouco. Espero que não se caiam em excessos que depois conduzem a embirrações pessoais. É saudável pontos de vista diferentes.

Mas o que eu gostava mesmo era que os nossos adeptos tivessem a exigência do passado em tudo e não só com alguns jogadores. É que antes também se exigia muito aos presidentes e se participava bastante na vida activa do clube.

Era um tipo de exigência pró-activo e muito importante para o Benfica.

JS disse...

Pode-me ter escapado, mas foi ponderada a vontade do jogador nesta análise?

Tacuara não é indispensável (ou, para quem acha que não há indispensáveis, não é assim tão dificilmente substituível). No Benfica, vai-se do 8 ou 80... ou é um nabo ou um grande jogador.

Oscar Cardozo seria bem vendido por 25 M€ (o valor que se falou o ano passado) e por metade, o dinheiro que custou, é possível ir buscar melhor.

Cardozo tem duas ou três características boas, mas tem défice em quase tudo o resto.

helderrocha disse...

São 100 golos em 4 épocas:

1ª epoca: numa equipa que teve 3 treinadores e que não jogava grande coisa 22 golos em 2978 minutos

2ª época: so foi aposta para titular quando suazo se lesionou, tendo jogado bastante menos 2312 minutos, marcando mesmo assim marcado 17 golos, todos eles para o campeonato

3ª época: a melhor de todas, jogou 3803 minutos titular quase sempre, na melhor equipa e que melhor futebol e resultados apresentou que o benfica teve nos ultimos largos anos, conseguiu uns impressionantes 38 golos! 26 no campeonato, 10 na liga europa, e 2 na taça da liga

4ª época: numa equipa que começou mt mal o campeonato, logo com tres derrotas e 4 jogos, teve tambem lesionado por mais de um mês. nunca foi tão regular como na temporada anterior, os seus companheiros no ataque tinham caracteristicas mais finalizadores que os anterioes companheiros, para alem de ter um saviola completamente em baixo de forma a seu lado! mesmo assim em 3067 consegui 23 golos


um golo a cada 135 minutos é uma boa média, e mt dificilmente encontraremos melhor.

JS disse...

Para um jogador que só faz golos e meia dúzia de assistências, mas que regularmente não acrescenta no resto do jogo, esses números não são bestiais, desculpem lá.

Nuno Gomes fazia jogar (e não, não estou a dizer que ele é o ponta-de-lança que precisamos), daí não me importar ver esses números ou até menos num jogador como ele.

Grande jogador é o Falcão e temos de aceitar isso. Ou, melhor, tentar contratar alguém ao nível ou melhor que ele.