quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Roubados não no jogo, mas na eliminatória

Poderá este titulo fazer confusão a muito boa gente? Até acredito que sim, mas basta ter mais que um neurónio para perceber que, apesar de uma exibição bastante aceitável do árbitro a nivel técnico (ou seja, marcava as faltas que eram de marcar) e de não ter tido influencia alguma no resultado final (perdemos porque o Maxi teve uma infelicidade), esta eliminatória já estava previamente decidida á nascença pela UEFA e penderia sempre para o lado dos russos. Digo-o e repito:

Esta eliminatória (não o jogo, atenção) foi decidida pelo árbitro e pela UEFA em 3 momentos chaves. A saber:

1. Não expulsão do bruto alves (falta, no entanto, assinalada). Que teve simultaneamente o mérito de arrumar com o Rodrigo. Expulsão por assinalar e ficaria impedido de alinhar na Luz.

2. Não-amostragem de cartão amarelo a Hubocan por falta sobre Maxi Pereira quando este entraria isolado na grande área do Zenit (falta, no entanto, assinalada). Não poderia jogar na Luz porque estava em risco. Já vamos em dois...

3. Provavelmente o amarelo mais ridiculo que a Europa do Futebol já viu foi, hoje, mostrado ao Aimar. Admito a falta com relutância, dando ao árbitro o beneficio da dúvida (e foi marcada), mas nunca, NUNCA, aquilo é lance para amarelo. O que impede Aimar de jogar na Luz, já que estava em risco. Menos um do Benfica...

Portanto, por aqui se vê: a UEFA (a tal que não gosta de batoteiros...) aprendeu a fazer as coisas como deve de ser, de modo a ceder aos interesses financeiros e aos gostos do sr. Platini (pobre Ajax...). Fizeram tão bem as coisas que o árbitro teve o condão de, simultaneamente, fazer uma óptima exibição no capitulo técnico e desequilibrar as coisas a favor dos russos para o segundo jogo. A lição, vinha muitissimo bem estudada!!!

A eliminatória só não esta definitivamente ferida na sua verdade desportiva, porque estes jogadores, hoje, encheram-nos de orgulho e fazem-nos crer que é possivel dar a volta á situação na Luz!!! Deixará a UEFA que os nossos bravos atletas possam lutar até ao fim?

PS: Cada vez que me lembro que a UEFA diz que o Bonfim não tem condições, mas permite que uns oitavos de final da Champions sejam disputados naquele pelado, não me dá vontade de rir. Dá-me vontade de chorar...

11 comentários:

Gonçalo disse...

Compreendo a frustração mas acho que estás muito pessimista.
Esta equipa merece que confiemos nela e merece todo o apoio e confiança de que vamos passar. Eles que tentem o que quiserem, pois estou confiante que nada nos parará. Espero que a lesão do Rodrigo não seja grave. Cumprimentos.

André Leal disse...

Apoiado!

Já falta pouco para sermos 200...

Petição Benfica fora da Sport TV

http://www.peticaopublica.com/?pi=SLBnaBTV

Anónimo disse...

Não considero que foi uma atuação premeditada da UEFA na questão da arbitragem, mas sim ao permitir que o jogo tivesse sido realizado em São Petersburgo. Inqualificável!
Quanto à arbitragem, teve decisões em que prejudicou nitidamente o Benfica. Claramente nos lances referidos neste post e noutros que não tenho agora presente.

MM

Anónimo disse...

Concordo na totalidade e só devo acrescentar de que se fosse o Barcelona a ter de jogar em S.Petersburgo ontem não jogava!!!!
Vasco Duarte

Anónimo disse...

PS:
E atenção que, para consumo interno, o sarrafeiro mor foi promovido a adjunto de Vítor Pereira. Dessa promoção não vem nada de bom.
MM

Bruno disse...

o bruno alves ainda n perdeu a mania de "assasinar" colegas de profissão.
No estádio da Luz levará uma sarrafada pela surra do Luisão. Ele sabe como fazer. Vamos tratar desse gajo
Benfica, sempre.

PB disse...

As arbitragens europeias são invariavelmente caseiras. Já houve uma fase em que isso me incomodava, actualmente prefiro dar-lhe pouco valor. Daqui a duas semanas, seremos nós a beneficiar de "alguns erros" de arbitragem.
Acho, sinceramente, que o resultado não se deveu à arbitragem.

John Wakefield disse...

No ponto 1, ainda aceito, embora com reservas, a cartolina amarela amostrada a Bruno Alves, embora seja bastante discutível.
Agora nos outros dois lances, Hubocan teria que levar amarelo e Aimar viu um amarelo ridículo por uma alegada infracção leve (repito alegada...).
Enfim... Vamos concentrar-mo-nos no campeonato porque os próximos 3 jogos serão decisivos!

Anónimo disse...

Os erros de arbitragem podem não ter tido influência directa no resultado, mas influenciaram, e muito, o jogo do Benfica e vamos ver que efeitos irão ter no conjunto da eliminatória. Desde logo, o Rodrigo teve de sair, obrigando a uma alteração da estratégia para este jogo e para o jogo da segunda mão. Isto porque Aimar foi forçado a entrar e, ao levar um cartão amarelo, não justificado, fica impedido de jogar na segunda mão.
Depois, Bruno Alves deveria ter sido expulso. Se tal tivesse acontecido, o resultado não teria sido aquele que foi. Não tenhamos dúvidas.
MM

eupensopelaminhacabeçaeusoulivre disse...

O nosso destino é ir longe... o nosso destino até parece ser vencer a liga... destino é destino... não se discute...

JL disse...

Blogosfera Benfiquista,
É fundamental que criemos um ambiente fantástico na Luz, no próximo dia 06 de Março. Dessa forma, os nossos jogadores terão mais um impulso para levar o Zenit de vencida, e avançar para os Quartos de Final da Champions, para os jogos com os adversários que a qualidade da nossa equipa exige! O Benfica merece jogar no Bernabéu, em San Siro, em Camp Nou! Não jogar num S.Petesburgo gélido e onde nem batatas se podiam plantar.
Apoiar o Benfica é puxar pelo clube até à exaustão! Acima de tudo! Não está na nossa índole ir contra o adversário, está na nossa índole empurrar o visitante para trás, através do apoio à nossa equipa. Mas há excepções!
Há um “jogador”, de seu nome Bruno Alves, que já fez muito mal ao Benfica. Que odeia o Benfica. Já agrediu duplamente o colega de selecção Nuno Gomes, teve uma prestação vergonhosa na final da Taça da Liga contra o Benfica, já teve manifestações públicas de desrespeito para com o nosso clube, e para cúmulo, quase lesionou gravemente o nosso menino Rodrigo na última 4ªF!
Assim, o que se pede é que se crie um ambiente insustentável para este jogador! Um ambiente que nunca teve em campo nenhum, mas que merece por tudo aquilo que fez nos campos portugueses. Lembram-se da recepção que o Camp Nou deu ao Figo? Pois bem, somos capazes de igual ou não somos? Não apelo a violência, mas apelo a surdina!!! Será que este senhor tem estrutura mental para aguentar? Duvido!
Dessa forma: apoio total ao Benfica quando tem a bola, surdina quando aquele sonhar tocar no esférico. Cartazes, cabeças de porco, seja o que for: são bem vindos!
A blogosfera tem um papel importante na dinamização deste movimento. Somos capazes? Somos ou não somos o Inferno da Luz? Vamos ou não vamos levar o Benfica aos Quartos de Final?