quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Definição de categoria




Nota prévia - Antes de tudo, gostaria de agradecer à equipa do EternoBenfica (blog que sigo há um bom par de anos e que respeito imenso), o convite para colaborar e que me enche de orgulho. Espero estar à altura da responsabilidade e conseguir ajudar a manter o nível do blog – que é bastante elevado. Para isso, conto com o feedback de todos vós que nos seguem atentamente. Obrigado pela oportunidade e espero ser merecedor deste voto de confiança que em mim quiseram depositar! 


Pensei bastante sobre o primeiro tema em que me iria debruçar e pareceu-me justo falar sobre o defesa-central argentino que tem brilhado esta época: Ezequiel Garay. Se olharmos para as estatísticas conseguimos perceber facilmente a influência de Garay na manobra defensiva encarnada. Rio Ave, Vitória de Guimarães, Gil Vicente, Nacional e Vitória de Setúbal a nível interno, e Celtic e Spartak de Moscovo na Europa, foram os adversários que ficaram em branco quando o defesa argentino esteve a comandar a nossa defesa. Mais, acumula 1170 minutos em todas as competições pelo clube até à data com apenas um cartão amarelo no campeonato. Registo incrível! 

O que é que estes dados nos dizem? Que para além de ser um defesa regular, é imprescindível na ideia de jogo de Jesus e que demonstra uma categoria fora do normal! Como pontos fortes vejo, claramente, a sua leitura de jogo. Esta permite-lhe compensar o facto de não ser propriamente um defesa rápido e veloz, como era David Luiz, sendo portanto, um defesa mais cerebral e posicional, conseguindo no entanto cortes absolutamente fulcrais para a equipa. O seu jogo de pés é também muito forte. Não tem quaisquer problemas em jogar com a bola no pé, a trocar a bola com os seus colegas ou entregá-la redonda para os companheiros de meio-campo começarem a construir jogo. Quanto ao seu jogo de cabeça é igualmente muito competente, tanto como ponto de referência nas bolas paradas ofensivas, como a “limpar” lances aéreos de perigo. 

Este início de época tem sido simplesmente incrível, e estou feliz por vê-lo passar aquela que é, muito provavelmente, a melhor fase da sua carreira, afirmando-se como titular na selecção do seu país e atingindo estabilidade no nosso clube. Bem merece. Quem mostrou não ser merecedor de Garay foi mesmo o Real Madrid, pois não conseguiu perceber a qualidade do jogador que tinha em mãos, nem teve engenho para a aproveitar e potenciar. Estou deveras convicto que tinha (e tem) qualidade para jogar num gigante espanhol, como os merengues


Apenas uma coisa me preocupa. Se continuar a jogar assim, com esta categoria, não ficaremos muito mais tempo a vê-lo brilhar no palco da Luz. Oxalá me engane.

14 comentários:

Shadows disse...

Tu não és aquele árbitro que foi de cana à uns anos?! :D

Desejo-te sorte! :)

Germano Bettencourt disse...

Garay saiu por simples... chauvinismo. Que fiquem com o Albiol. LOLOLOL

Francisco Silva disse...

hehe :p


Obrigado!

JNF disse...

Bem-vindo, Francisco.

Plenamente de acordo com o post. No ano passado disse, por mais de uma vez, que Garay, a par de Witsel, eram as duas melhores aquisições do Benfica. O argentino tem muito jogo nos pés e, sobretudo, na cabeça. É dos mais inteligentes que passaram pela defesa do Benfica em muito tempo. Do que se diz em Espanha, só não ficou no Real porque preferiram ter um espanhol (por ser espanhol) como suplente (Albiol).

Desejo-te muitos e bons posts no Eterno. Um abraço.

Unum disse...

Só peca por termos apenas 50% do passe...

Mas também não é para sair!!

Que fiques muitos e bons anos Ezequiel!

André Sousa disse...

Unum, não são 50%, mas sim 40, dado que 50% pertence ao Real Madrid e 10% já foi comprado pelo fundo.

O Real ficou com 50% de uma futura transferência, mas em efeitos práticos é o mesmo, basicamente.

André Sousa disse...

Em relação ao post...

Só não acho que as coisas sejam tão lineares quanto isso, quando dizes que os dados dizem X e Z. Por essa lógica, o Maxi seria um grande responsável por não sofrermos golos num bom par de jogos, quando tem estado decadente.

Em relação ao Garay... Que fique muitos e bons anos. Pelo valor do jogador e por aquilo que chegaria ao Benfica, numa futura transferência.

E já agora, o Albiol, que foi falado por aí, é muito bom central também. Esteve muito bem no Valência e no Real praticamente não é opção.

Francisco Silva disse...

Os dados como os minutos jogados e os cartões amarelos dizem respeito apenas ao jogador, apesar deste nunca jogar sozinho, e por aí o mérito é dele. Em relação ao número de jogos sem sofrer, penso que Garay tem elevadas responsabilidades nesse capitulo, apesar de ser um mérito colectivo, naturalmente. Penso que feito o enquadramento se percebe a ideia.


Cumprimentos.

Anónimo disse...

1. Não é qualquer jogador que tem lugar na selecção da Argentina. Só por aí se vê a categoria de Garay.
2. Depois, por aquilo que se pode depreender pela sua forma de estar em campo e fora dele, é uma pessoa que parece não ter peneiras, nem dado a vedetismos, o que eu aprecio e suponho que todos os adeptos apreciam.
3. Acho que o Benfica deverá continuar a aproveitar o filão que resulta das sobras de alguns clubes, como o Real Madrid. Quantos jogadores de grande nível passaram pelo Real, não vingaram no clube e dão cartas noutros clubes? Garay e Rodrigo são disso exemplo. Venham mais deste nível!
4. Concordo que esta é uma das melhores (senão a melhor) fases da carreira de Garay. Até que ponto Jorge Jesus não terá responsabilidades nessa situação? Não podemos criticar JJ quando as coisas correm mal e não evidenciar aquilo que corre bem, fruto do trabalho da equipa técnica.

MM
PS: Como leitor (muitas vezes crítico, como o JNF muito bem sabe) deste blog, gostaria de saudar os mais recentes membros da equipa do Eterno Benfica. Devo dizer que apreciei a apresentação do Unum, porque permite ficarmos com uma ideia do perfil de quem está a escrever.

Francisco Silva disse...

MM, eu não gosto de fazer apresentações, penso que se criam rotulos com elas, pelo menos aqui, nada contra o post do Unum.


Vais percebendo o meu perfil, se tiveres interesse nisso, à medida que vais seguindo o que vou escrevendo.

Cumprimentos!

Anónimo disse...

FS,
Respeito a posição, mas não concordo, já que não é pela apresentação que faço o meu julgamento, mas pelos textos que sejam aqui colocados (como poderá ser constatado).
Cumprimentos e votos de êxito.
MM

Unum disse...

MM e Francisco Silva,

isto cada um é como cada qual...

Fiz um post de apresentação justamente para, tal como o MM indicou, perceberem de onde venho.

A não-"apresentação formal" de um blogger não tira pertinencia ao que o blogger diz.
Da mesma forma que não fará muita diferença conhecerem o meu perfil para 90% das coisas que vou dizer...

O teu primeiro post foi bastante pertinente, e ser logo no primeiro posto é uma boa "homenagem" a um jogador que a todos nos orgulha e que desejo que possa fazer uma grande carreira no Glorioso!

Saudações Benfiquistas!

Francisco Silva disse...

MM, pelo que percebi não o farás, mas certamente haverá quem o vá fazer! E isso deixa-me um pouco desagrado, nada como manter um pouco low-profile...


Unum, obrigado e tenho gostado de te ler!

Anónimo disse...

I do not even know how I ended up here, but I thought this post was good.
I do not know who you are but definitely you're going to a famous blogger if you are not already ;) Cheers!
Here is my blog post :: transfer news arsenal 2010