terça-feira, 20 de março de 2007

A um "Petit" ponto...

Minuto 81: Resultado mantém-se teimoso em 0-0. O esquema ultra-defensivo dos comandados de Faquirá está a resultar na perfeição. O Benfica corre o risco de perder 2 pontos ingloriamente na Amadora. Mas alto!!
Livre! Quem vai bater? Dali é para o disparo do Petit...
Olha, é mesmo ele...GOOOOOLO...

E PUFF!! Fez-se em um ponto a vantagem azul e bronca...


Depois de um sabádo cheio de surpresas, o Benfica conseguiu nesta segunda-feira, desta forma chegar à vitória no sempre dificil terreno da Reboleira. Através de uma bola parada, de um livre exemplarmente cobrado por Petit, o GRANDE, ao 81ºminuto...
Mas desengane-se quem pensa, que foi uma vitória caída do céu. Não foi.
Foi uma vitória conquistada à custa de muito espírito de sacrifício, muita garra, força de vontade e ambição, predicados que um "tocado" Petit reúne numa perfeita harmonia.

Mas voltemos ao ínicio. Fernando Santos contava com Rui Costa, Quim e Luisão (todos lesionados) e ainda Katsouranis (castigado), sem contar com Nuno Assis. Para além disso, Simão teria de gerir bem os amarelos (entrou em campo com 4).
Por tudo isto, o jogo já de si complicado, tornou-se ainda mais dificil.
De ínicio entrou Derlei, formando um quarteto ofensivo temivel com Simão, Nuno Gomes (muito perdulário hoje) e Miccoli. Mas esta opção não resultou. O Estrela encaixou muito bem no modelo de jogo do SLB, e o jogo arrastou-se até ao intervalo. Apenas Simão teve uma oportunidade digna desse nome, aos 43´.

Na 2ªParte, Fernando Santos percebeu, que o segredo para o triunfo estaría mesmo em reforçar o meio-campo e não em ter muitos avançados em campo, e lançou o miúdo João Coimbra, ganhando o Glorioso mais estabilidade e consistência a meio-campo. O golo parecia que mais minuto, menos minuto entraria, mas Anderson quase borrou a pintura. Valeu Moretto a salvar um atraso infeliz do companheiro.
Nuno Gomes em duas situações falhou incrivelmente o golo, e Miccoli de cabeça atirou a rasar o poste da baliza à guarda de Paulo Lopes. Pelo meio ficou um claro penalty por assinalar a favor do SLB (nada de novo) e a bola parecia não querer entrar de todo...O Povo já pedia Mantorras, mas eis que ao minuto 81 dá-se o momento do jogo...
E o Porto ficou à distância de um "Petit" ponto...



Estádio José Gomes, na Amadora:
Árbitro: João Vilas-Boas (Braga)

ESTRELA DA AMADORA – Paulo Lopes; Rui Duarte, José Fonte, Amoreirinha e Edu Silva; Marco Paulo, Luís Loureiro (Zamorano, 74 m), Tiago Gomes e Daniel (Anselmo, 83 m); Moses e Dário (Nuno Viveiros, 66 m).

BENFICA – Moretto; Nélson, David Luiz, Anderson e Léo; Derlei (João Coimbra, 57 m), Petit e Karagounis; Simão (Paulo Jorge, 88 m); Miccoli e Nuno Gomes (Mantorras, 90 m).

Ao intervalo: 0-0
Golo: Petit (81 m)
Resultado final: 0-1

7 comentários:

You'll never walk alone disse...

Que perfume é este que invadiu a liga e que tem um efeito atordoante em alguns? Cheira a "reviravolta no comando" não cheira?

Que dia 1 de Abril possamos dizer :

- O porto ganhou !

- Ganhou??

- Nah,dia das mentiras pa.

FORÇA RAPAZES.

Shoky disse...

Não sei que perfume é...
Mas lá que cheira bem isso cheira... :)


PS: Devo um pedido de desculpas a todos os que visitam este site...
Ter de levar com a foto daquele aborto (Pepas) sempre que se abre o blog custa...
A mim dá-me gases...Mas tem de ser, a ver se se faz alguma coisa nesta merda de País...

José disse...

Cheira a Lisboa..., por mim estás perdoado, Shoky, mas só porque o Benfica ganhou.
JGomes

Sir disse...

Eu acho que, graças à proximidade decrescente, já começamos a olfatar os odores provenientes do rabinho do líder.. e que odores!

BP disse...

Para bem dos nosso corações esta pausa sabe a ginjinha na festa de Sto. António!

Marquês de Barrabás disse...

Por falar em álcool, o Petit está como o vinho do Porto.

antitripa disse...

Eheheheheh. Sempre a bombar. Já viram que ganhamos assim de repente e em poucas horas 2.500 sócios novos?