quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Quatro Linhas #4: A entrevista


Este próximo post é o resumo de um encontro acidental entre o jornalista José Marinho e o autor de vários textos no blogue Eterno Benfica, José Marinho. A conversa foi animada, porém, por falta de espaço, apenas reproduzimos o essencial desse “meeting”.

JOSÉ MARINHO – Então como é que chegaste a este blogue e como é que aceitaste expor o teu benfiquismo, logo num país que não aceita nenhum tipo de exibicionismo clubístico dos jornalistas?

JOSÉ MARINHO – Pois bem, acontece que fui convidado por um dos autores do blogue e porque me apetece fazê-lo. Já era benfiquista antes de ser jornalista, mas o facto de ser benfiquista nunca me condicionou no exercicio das minhas funções jornalísticas. Um exemplo, entre muitos: na Sporttv estive cinco anos sem fazer narrações de jogos dos três grandes do nosso campeonato, depois de uma narração que fiz de um célebre jogo entre o Nacional e o Benfica. Dentro do meu estilo fiz uma série de considerações que os adeptos do Benfica não gostaram – eu, se calhar como adepto também não gostaria – e, na Sporttv, porque consideravam o meu estilo muito agressivo, muito opinativo, puseram-me de castigo. Durou quase cinco anos. Portanto, ser benfiquista nunca afectou o modo como realizava o meu trabalho. Mas sou do Benfica e gosto de interagir com outros benfiquistas. Estou neste blogue como se estivesse à mesa de um café. Estou a gosto.

JM – Mas já te acusaram de ser o porta-voz de uma oposição ainda sem rosto?

JM – Tem piada, não tem. Umas ideias, dois ou três textos e várias opiniões depois, já sou da oposição. Mas pergunto: Oposição a quem e a quê. Oposição ao Benfica? Ao seu presidente? Como qualquer benfiquista que se preze, sou oposição aos maus resultados. De resto, é assustador que algumas pessoas possam perder tempo a pensar assim. É ridículo. Estou em minha casa, em Santarém, estou a descansar de dez anos cansativos na Sporttv e escrevo porque gosto de o fazer e porque não há nenhuma lei que o proíba. O resto é paisagem.

JM – Mas críticas Luís Filipe Vieira e dizes que és amigo de José Veiga?

JM – Também sou amigo de José Mourinho e não estou a pensar ir com ele para o seu próximo clube. Também sou amigo de Jorge Valdano e não cabe na minha cabeça fazer as malas e emigrar para Madrid. Felizmente sou amigo de muita gente. Tenho grandes amizades no Benfica e isso não quer dizer que pretenda ir trabalhar com eles. O que vou fazer no futuro próximo não tem nada a ver com o Benfica, mas não deixarei de ser benfiquista. Claro que sou amigo de José Veiga e se isso incomoda muita gente, é um problema que me ultrapassa e que não posso ajudar a resolver. Mas o que eu mais desejo é que no final da próxima época o livro que escrevemos juntamente com o Camilo Lourenço, fique desactualizado. “Como tornar o Benfica campeão?” é um título que cabe ao próprio clube desactualizá-lo. Sou amigo de Veiga, mas nunca disse que ele é a única pessoa que pode levar o Benfica ao sucesso. Tenho grandes expectativas em Rui Costa, confio ilimitadamente na sabedoria de Rui Águas, deixa-me satisfeito pensar que Mozer está de regresso e principalmente gostaria que o Benfica ganhasse o campeonato. Não é nenhum crime, assim como não é apontar os erros que a actual direcção cometeu e continua a cometer. Com ou sem Vieira, o que me interessa mais é que o Benfica ganhe, porque senão tenho dificuldades em casa, em evitar que os meus filhos mudem de clube. Este é o grande problema actual do Benfica, perder a sua esmagadora base de apoio. Aliás, mais do que ser contra Vieira, eu sou contra o vieirismo no Benfica. Aquelas pessoas que estão sempre do lado da situação. Hoje estão com Vieira, amanhã estarão com outra pessoa qualquer.

JM – Então vais continuar a escrever no Eterno Benfica?


JM – Enquanto sentir gozo nisso e enquanto quiserem que escreva e, finalmente, enquanto sentir que isso não é incompatível com a minha actividade profissional. E claro, enquanto isso irritar alguns anónimos que por aqui andam.

25 comentários:

pedro nunes disse...

bom dia
mais uma vez parabens sr josé marinho por mais um bom post...
satisfaça-me uma curiosidade, ontem ao ler aquele "grandioso" jornal o "record" dei cmg a ler uma noticia, um boato, ou la o q era aquilo(para mim um sonho mto bom, mas sem pés por onde pegar) que o josé mourinho poderia ir p o benfica, que o benfica estava a tentar junto do mm patrocinador do benfica e do mourinho, a adidas, e de outras instituições, conseguir fazer um acrodo tipo o da fpf c scolari qto ao salario???
cm sendo amigo do mourinho, podia-nos adiantar algo que possa saber, ou isto td é mais uma daquelas noticias do "record" que já nos vai habituando ao longo destes tempos todos?
eu n acreditei, cm ja disse atras, era um sonho extraordinario mas n passa dai...
será que sr jose marinho nos podia adiantar algo, ou ate mm sobre a proxima epoca em relaçao ao assunto treinador, pois tb ja li q o objectivo é o scolari e caso este recuse q a alternativa é o peseiro???
gostaria que dissese algo sobre isto, caso soubesse de algo...
uma vez mais lhe dou os parabens por nos presentear c magnificos textos, e q estou quase de acordo c td, posso n estar em td ,mas n venho p aqui c comentarios anonimos e dizer mal de si ou quer que seja..
pedro nunes

Ricardo disse...

José Marinho,

concordo em grande parte com o que escreve. Principalmente quando fala nesses sujeitos que pregam a doutrina de que criticar os erros evidentes no clube é ser-se "mau benfiquista", como eles dizem. Faz-me muito lembrar alguns tiques ditatoriais de certos regimes em que, à menor manifestação controversa, tenta-se por todos os meios calar a boca a quem a profere. Esses sujeitos devem achar que ser um "bom benfiquista" é comer e calar, sem qualquer espírito crítico ou vontade de mudança naquilo que está, evidentemente e aos olhos e cérebro de quem usa de 2 neurónios para cima, muito mal. O facto de criticarmos opções desportivas (essencialmente estas, porque no resto parece-me que Vieira, globalmente, tem estado muito bem) não faz de nós inimigos do nosso clube (como se fosse possível tal coisa!); pelo contrário, se apontamos caminhos diferentes fazemo-lo na esperança e no amor que temos ao Benfica e com a motivação única de nos não perdermos, como clube, em erros sucessivos que apenas podem redundar, como diz e bem, na perda da nossa enorme massa associativa, para além de não vermos a cor aos troféus há muito tempo.

Gostei especialmente de uma frase sua, porque vai na direcção daquilo que eu acho ser uma excelente opção para o Benfica, seja em que cargo técnico o mesmo seja chamado para exercer: "deixa-me satisfeito pensar que Mozer está de regresso". Pedia-lhe que, se puder, levantasse um pouco mais o véu a esta afirmação...

Abraço

Pedro disse...

O post está incompleto não está?

Mozer de regresso?

Pedro Neto disse...

"Aliás, mais do que ser contra Vieira, eu sou contra o vieirismo no Benfica. Aquelas pessoas que estão sempre do lado da situação. Hoje estão com Vieira, amanhã estarão com outra pessoa qualquer."

Tudo dito.

José Marinho disse...

Não tenho resposta para o futuro de José Mourinho, mas não creio que passe já pelo Benfica. Sei que passará, um dia, porque é a sua vontade ser campeão europeu pelo clube, mas não será agora. Em relação a Mozer, acho que integrará a futura estrutura da SAD, presumivelmente como Team Manager, para fazer a ponte entre o director desportivo e o plantel. Como é que isso encaixa com a sua recente entrevista e com as eventuais permanências no clube de Luisão e Katsouranis, é que já me ultrapassa. Mas, em abstracto, acho uma boa contratação para a SAD do Benfica. Sou amigo dele e confio na sua competência e benfiquismo. Aí estão duas coisas que o clube precisa urgentemente: competência e benfiquismo. Rui Costa, Rui Águas e Mozer soam bem a qualquer benfiquista. E se aí encaixarmos Humberto Coelho, acho que o Benfica volta a ganhar o futuro. Abraços

Jios disse...

Meu amigo? Acho que ainda posso escolher os meus amigos. E tu não estás entre eles...

José Mourinho disse...

Meu amigo? Acho que ainda posso escolher os meus amigos...

Catenaccio disse...

Fico satisfeito por dar conta de mais crónica "quatro linhas". Os textos de José Marinho são sempre uma mais-valia.

Contudo, a rubrica não está incompleta? Gostaria de comentar após uma leitura mais cuidada.

Desde já adianto que não desdenharia a presença de Mozer na estrutura do Benfica. Provavelmente como treinador-adjunto. Penso que os nomes de Rui Costa, Rui Águas, Mozer e Humberto Coelho cumprem a premissa inicial: competentes e benfiquistas.

Espero é que, logo à partida, seja definido o espaço de cada elemento do futebol encarnado, de forma a conciliar tarefas e personalidades. Convém que cada um conheça efectivamente o seu âmbito de actuação, de forma a não existirem intromissões que causem mal-entendidos.

Cumprimentos,

Catenaccio

Doum disse...

See HERE

Pedro disse...

"Então vais continuar a escrever no Eterno Benfica?"

Qual a resposta a esta pergunta?

Bakero disse...

Está lá respondido...experimentem fazer copy/paste no word e aumentar o tamanho da letra ;-).

Anónimo disse...

força josé marinho... como benfiquista tens o meu apoio... os teus textos são interessantes mas eu não percebo porque é que e´s contra o Vieira... lembra-te que ele já fez muito pelo nosso clube... ele e o Vilarinho tiraram o nome do Benfica da lama... recuperaram o Benfica quando este estava na ruína... hoje temos um grande estádio e um bom centro de estágio... voltamos a ganhar títulos (embora só tivessem sido 3 títulos - porém eu até acho que acabam por ser mtos títulos tendo em conta a realidade dificilima em que o Benfica vivia... Em outras modalidades o Benfica melhorou:
- temos três atletas medalhados (Nelson Évora, Telma Monteiro e Vanessa Fernandes)
- com esta direcção conseguimos tb bons resultados no voleibol, basquetebol, futsal...
Por isso, o Vieira até tem feito um bom trabalho... desculpa lá se estou a discordar um pouco ctg mas é a minha opinião...
espero que continues mto tempo aqui no Eterno Benfica

You'll never walk alone disse...

Entretanto vou ouvindo o relato do jogo de hoje e penso "engraçados aqueles que diziam que Camacho ainda iria calar-me"... que infelicidade está a ser o jogo.Espero que ao menos ganhem esta porcaria,já que jogar melhor que um clube de 3º escalão,na luz,parece ser impossivel.

eagle disse...

José Marinho, esclareça-nos lá uma coisa se puder, porque razão o "nosso" Pedro Ribeiro continua ostracizado para os jogos internacionais, enquanto outros, como o Rui Pedro Rocha, que é certamente um dos que mais queixas a SportTv recebe, continua a debitar azia no futsal e no futebol contra o Benfica?!

Paulo disse...

Bem, eu não percebo uma coisa, quando se concorda com uma estrutura desenhada pela actual do Benfica quando se fazem elogios a Rui Costa, Rui Àguas, Mozer e Humberto Coelho, que são propostas de Vieira, porque se não concorda com Vieira, francamente não entendo. O Benfica hoje tem mais um ponto do que no ano em que foi campeão, tem uma estrutura financeira que começa a dar frutos, não tem problemas judiciais. Porque queremos mudar, eu não quero e não conheço Vieira.

BP disse...

Boas José Marinho.
Mais um bom post e este melhor para mim porque não elogiou Veiga... ;)
Acho que contra o estado das coisas estamos todos. Benfiquista que se preze não se pode contentar em lutar pelo 1º lugar dos últimos... O que não pode ser escamoteado é o bom trabalho desenvolvido por LFV e lembrar só o que de mal tem feito. E o passado pode "desculpar" o presente? Obvio que não. Há muita coisa para mudar? UI, se há! Qt a mim o problema de LFV é mesmo a boca grande. Se estivesse calado e assumisse que este era o "Ano 0", OK já teriamos esperado por isso. Nao ha ca melhor plantel dos ultimos 10 anos nem nada disso. Agora, se ele meteu o RUi aguas, vai meter o Mozer e o Rui costa para o ano (Luisao vai sair para italia e tenho esperanças no regresso de Tiago...), quer dizer provavelmente que Camacho chegou ao fim da linha. Se será Mourinho (C'um catano, o que estou pra aki a dizer...), Humberto (nao percebo pk é k ele é tao ostracizado em Portugal...), Scolari (bandeiras nas janelas dos benfikistas, jÁ!!!) ou Peseiro (Deus nos livre), não se sabe. A decisão, parece-me evidente, já deverá estar tomada. Se continuar Camacho, não sei, porque ele é limitado a nivel táctico e de metodologias de treino. So "ganas" não me parece suficiente!
cumps

Anónimo disse...

"E claro, enquanto isso irritar alguns anónimos que por aqui andam."

não deves ter dormido noites a pensar em quem eu sou. mas não é díficil, zé. só tens é de pensar um bocadinho, se é que consegues. estou bem próximo de ti.

já agora ninguém te acusa de seres oposição. mais uma vez exageras aquilo que te dizem.

que tenhas ambições de ser algo, é uma coisa. seres (com os teus amigos) oposição é outra. vocês precisavam de comer muita batata para serem sequer considerados a oposição. só gente com nível é que pode aspirar a isso. e nível é coisa que vos falta.

continua lá com as tuas sessões de onanismo intelectual, para nosso divertimento.

um abraço especial de um anónimo que não é assim tão anónimo como tu pensas.

P.S.: podias dar os parabéns ao teu "clube"!

Anónimo disse...

Ah, esqueci-me de dizer que não faço nada na vida e portanto passo o tempo nos blogs a debitar o resultado de uma profunda diarreia mental aguda, condição da qual padeço desde moço. Isto porque ao vivo sou apenas mais um dos cobardolas que pululam neste lindo país, e portanto ando sempre de cabeça baixa e de bico calado.

Anónimo disse...

ao anónimo das 02:35,

mas eu tiro-vos o sono (a ti e ao zé marinho) com uma pinta. 02:35 da manhã e ainda estavas acordado a pensar em mim.

não te preocupes, não és o único. o zé andou a semana toda a pensar em mim. e a investigar quem eu seria.

Cristina disse...

A SPORTTV vive à custa do Benfica e, no entanto, está constantemente a detonar o clube. Não peço que o defensa, peço imparcialidade! Pelo menos, quando andava na faculdade, sempre me disseram que este era um dos príncipios básicos de ser um bom jornalista...

José Marinho, falei consigo aquando da minha tese sobre o Chalana e disse-lhe na altura que não o julgava benfiquista. Os seus comentários nunca mostraram que fosse porque parecia haver uma total bajulação ao fcp. São opiniões.

Se há apito dourado (como há!), também temos de falar em microfone dourado. Jornalistas/comentadores que tudo fazem para branquear o comportamento anti-desportivo de atletas do porto, para justificar erros grosseiros de árbitros (só porque, por exemmplo, o clube regional já vencia por 1-0)... Mas, senhores, 1-0 não é a mesma coisa que 2-0!!!

Depois gostaria de realçar mais dois pontos: 1º a má interpretação das regras por parte dos árbitros ou dos jogadores encarnados, quando golos legais são invalidados sem sentido (rapazes, leiam as regras ao contrário e nunca mais nos anulam nada!); segundo ponto, a pouca vergonha que continua a persistir na escolha dos árbitros. Por exemplo, na jornada passada tivemos um Jorge Sousa (AFPorto) na Luz - depois das vergonhas que já fez lá -, o Olegário em Alvalade - quem não se lembra das ajudazinhas que já deu ao fcp - e um Paulo Costa (AFPorto) no Dragão...p apitar o porto, lógico. Acham que somos cegos????

Ricardo disse...

Cristina,

ser um árbitro da AFP não é necessariamente sinal de ser do FCP. Está na altura de pararmos com essas perseguições. No Porto há gente corruptível e gente série, gente do FCP, do Benfica e de outros clubes. Tal como em Lisboa. Tal como em Coimbra. Tal como em Abrantes. Tal como em Portalegre. Tal como em Mirandela. Tal como em Faro. Tal como em Aveiro...

Ricardo disse...

* gente séria

tiago pinto disse...

Boas:

Não me vou alongar, só quero dizer o seguinte:

Não deixe de escrever aqui (ou outro lugar qualquer). Gostava de si enquanto jornalista mesmo não sabendo que era do Glorioso. Os resumos dos campeonatos feitos por si eram mesmo engraçados e iam mais além do que o simples relato de futebol. escreve bem e, reitero, é Benfiquista! Porque haveria de não escrever? Eu gosto do Vieira, considero que foi um dos melhores presidentes do Benfica e também o critico quando assim tem que ser, mas isso é bom, não devemos ser acriticos, uma massa imutável com outras que fecham os olhos à forma e ao conteúdo do sucesso/insucesso do clube, acreditando cegamente em alguém que os conduz por onde quer.

Espero que continue, eu virei cá sempre para o ler.

Tiago Pinto

www.footballdependent.blogspot.com

D'Arcy disse...

Ru por acaso fui um dos benfiquistas que ficaram, no mínimo, furiosos com os comentários ao referido Nacional x Benfica. Tendo em conta que na altura pouco ou nada sabia sobre o José Marinho, não fazia a menor ideia de que fosse benfiquista, e lembro-me que cheguei a escrever um post em que manifestava o meu desagrado pelo seu 'antibenfiquismo'.

Desde já me penitencio :)

Cristina disse...

Ricardo,
O que dizes é verdade, mas também é verdade que já vimos muita patifaria feita quer pelo Jorge Sousa quer pelo Olegário. Não preciso, de certeza, de nomear alguns escândalos deste último, mas, se a memória te falhar quanto ao Sousa, recordo-te a forma vergonha como fomos eliminados (em casa!!) com o Guimarães para a Taça, na época do Koeman, com um golo com a mão e depois o regabofe que permitiu com jogadores a caírem a torto e a direito, sobretudo o guarda-redes.

Ontem, o Quim perdia um pouco mais de tempo e o sr. Paraty caía-lhe logo em cima... Haja paciência!