quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Este sim, é o verdadeiro Jesus!


Na mota de um motocard da Amadora

11 comentários:

Kitnoce disse...

Não gosto, acho mesmo descabido, sobretudo apos so 3 jornadas...se fosse apos ter limpado tudo o que havia, ok... mas jà ??? So para gozo...

JNF disse...

Atenção, eu também não gosto da capa. Se JJ tivesse uma iguana no ombro, tal como há sempre nas concentrações em Faro, isso já seria outra coisa.

Agora mais a sério: um jornal com a história e a tradição d' A Bola não se pode auto-enxovalhar desta maneira. Isto não é o jornal Record. Em termos de humor, é muito bom. Em termos de jornalismo, é lamentável.

dosul disse...

Mas hoje não se passa absolutamente nada no mundo desportivo que mereça a primeira página d'A Bola, por isso lá meteram o Jesus Terminator.

O que é que iam meter, o Carlão do Leiria que já é o Futuro Liedson.....como o Record?

Kitnoce disse...

Essa do Carlão foi fixe...

Eagle84 disse...

Também não gostei. Para um jornal como A Bola é ridículo, ainda se fosse a capa do 24h!

redjan disse...

Do artigo aproveita-se uma coisa que já vai sendo evidente. JJ obriga os jogadores a respitar a HISTÒRIA e GRANDEZA do Glorioso. E ele próprio lhe dá sete dias por semana...

Éter disse...

Não sei se alguém se recorda de uma capa do Reco-reco em que aparecia o Túnel do zbordin vestido como um guerreiro da Idade Média. Acho que essa ainda não foi ultrapassada...

JNF, já mandei as minhas apostas da Liga Eterno Benfica e o meu nome não aparece aí...

JNF disse...

Éter,

depois de escreveres tudo e de introduzires o código conforme é pedido na caixa de comentários, tens de verificar se o código foi bem escrito. Porque mesmo estando errado, eles enviam-te para o topo da caixa de comentários, e ficas a pensar que enviaste quando na realidade não enviaste. Também me acontece isso frequentemente. Tenta outra vez.

Éter disse...

Bem, sendo assim lá vou ter que fazer tudo outra vez...

CosmeDamião18685 disse...

Infelizmente, A Bola cada vez mais se parece com o Record...

Bruno Venâncio disse...

Eu sempre fui um leitor do Record, apesar do pensamento dominante, e continuo a achá-lo menos tendencioso do que a Bola. E como, no que se refere a jornalismo, gosto de imparcialidade, vou continuar a preferir o Record. Também já vi artigos e capas muito parciais lá, obviamente, mas esta do JJ vem dar-me um pouco de razão. A Bola está cada vez pior.