sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O post 1000

Quando, em Abril de 2006, iniciei este blog, estava longe de pensar que algum dia chegaria aos 1000 posts. Como forma de comemorar essa efeméride, optei por algo completamente diferente. Seria, para mim, muitissimo fácil sentar-me aqui a escrever e louvar o trabalho feito por mim e por todos os que aqui escrevem. Fui por outro caminho. Convidei uma pessoa de fora para escrever o post 1000. A escolha foi, simultaneamente, fácil e complicadissima. Recaiu no S.L.B. do "não se mencione o excremento" e da "Tertúlia Benfiquista". Complicadissima porque tive de escolher apenas um de inumeros bloggers que aprecio de dentro da blogosfera benfiquista, fácil porque foi através do "não se mencione o excremento" que tomei contacto com o que é a blogosfera e me incutiu o bichinho de começar esta empreitada que se veio a chamar "Eterno Benfica".


Três palavras finais:

.ao Sir e JNF, em timings diferentes, pelo dinamismo que trouxeram ao blog, pela sua vontade férrea e pelo seu benfiquismo que faria corar de inveja o próprio Cosme Damião. Muito obrigado.
.a todos os que aqui escreveram, com maior ou menor assiduidade mas sempre com um contributo inestimável, e que nos ajudaram a chegar aqui. Onde estamos hoje. Aos 1000. Muito obrigado.

.a todos vocês que aqui vêem diariamente, prestigiando este pequeno espaço que mais não é do que uma gota de água no oceano de grandeza que é o Benfica. Muito obrigado.
Agora, venham mais 1000. Pelo Benfica, sempre.


Têm a palavra o S.L.B.

Post 1000

O meu amigo Galaad fez uma coisa completamente injustificável: convidou-me para escrever o post 1.000 do “Eterno Benfica”. Da mesma maneira que nós, adeptos, não merecíamos o dia menos bom que a equipa teve ontem em Atenas, também eu não sei o que fiz para merecer tamanha distinção. Mas há convites irrecusáveis e nem é preciso ser an offer you can’t refuse (isso seria mais para o outro clube familiarizado com a máfia).

O “Eterno Benfica” é um dos blogs benfiquistas que consulto diariamente e sempre me habitou a um olhar perspicaz e crítico (no bom sentido da palavra) acerca do ‘eterno’ mundo que é o Sport Lisboa e Benfica. Do seu lote de excelentes escribas, só tenho o prazer de conhecer pessoalmente o Galaad, mas o contributo principalmente do Sir (por onde é que andas ultimamente, pá?) e do JNF (e só refiro estes dois pela sua maior regularidade na escrita) tem sido precioso no sentido da defesa que todos nós devemos fazer do Glorioso. E essa defesa inclui por vezes a crítica sempre no sentido construtivo (cf. este post), que a fé que todos nós temos no Benfica não equivale a que sejamos seguidistas de um qualquer pastor da IURD, como se faz lá em cima com o padrinho. Unanimismos, não, obrigado.

Quis o destino que o milionésimo post surgisse depois de uma inesperada derrota que nos entristeceu a todos, mas que não nos deve tirar a fé na equipa. Afinal, ela já mostrou este ano que sabe dar a resposta devida a resultados negativos. E esta, para mim, tem sido uma das grandes diferenças em relação ao passado recente. Voltámos a ser ‘o’ Benfica, o ‘eterno’ Benfica que faz questão de demonstrar no jogo seguinte que o desaire anterior foi apenas um percalço (derrota com o Atlético Madrid, vitória no torneio de Amesterdão; derrota em Poltava, 8-1 ao Setúbal). Percalço esse atribuível a um pequeno factor: os jogadores são humanos e têm o direito a ter um dia menos bom. Esse factor irrita-nos e chateia-nos imenso, é verdade, e por vezes esquecemo-nos dele, porque entra em contradição com a imortalidade que atribuímos ao clube. O que nos leva a pensar que os jogadores, também, deveriam ser imortais e nunca não ganhar jogos. Não o são, mas o espírito do Benfica, a mui célebre e falada ‘mística’, essa sim, é imortal. E é ela, a ‘mística’ do ‘eterno’ Benfica, o que o torna motivo de inveja pelos outros. Outros, esses, que estão bastante deprimidos este ano, não por estarem assim tão longe de nós no campeonato (afinal só passaram ainda seis jornadas), mas por nós andarmos felizes com as exibições e resultados que temos vindo a obter. E por essa célebre, invejada e temida ‘mística’ estar de volta tanto nos relvados como nas bancadas em todos os campos onde temos vindo a jogar. Cabe-nos a nós, adeptos, ajudar a alimentá-la, fazendo-a perpetuar no tempo. Para que o nosso Benfica continue a ser ‘eterno’. E seja o que faz com que duas pessoas, que ainda há pouco tempo não se conheciam, se sintam agora como se fossem amigos desde a infância. Mais uma vez obrigado, Galaad, foi uma honra. Em Maio (se nos deixarem...) lá estaremos juntos a celebrar!

7 comentários:

Jonny disse...

Muitos parabéns pelo blog, apenas o descobri a pouco tempo, mas vou passar a acompanha-lo com atenção!
Eu faço caricaturas, tenho uma caricatura do Jorge Jesus e outra do Aimar no meu blog http :/ jonny-caricaturista.blogspot.com /), teria uma enorme satisfação se as pudesses colocar no teu blog para as poder mostrar ao universo benfiquista!

Boa continuação, e viva o Benfica!

JNF disse...

Como membro do Eterno Benfica, devo dizer que é um enorme orgulho fazer parte desta equipa, que agora alcança o 1000º post. Galaad, Carlos, Shoky, Sir, Marquês de Barrabás, pteixeira, sigmund, Magnusson, eu, José Marinho, rui gomes, Papoila calmante e redjan, mais ou menos por ordem de entrada neste blog, estamos mesmo de parabéns.

Comecei por escrever num outro blog, só meu, mas sempre segui, desde cedo, o Eterno Benfica, apesar de raras vezes ter comentado. Até que surgiu este post. Candidatei-me e aceitaram-me. Tinha noção da dimensão do blog na blogosfera benfiquista. E mais importante que isso, tinha noção da qualidade do mesmo.

Por isso, hoje, tenho de fazer os seguintes agradecimentos:

1 - Ao Galaad, fundador do blog, pela genial ideia que teve em criar este espaço, que, como diz o S.L.B., não é local nem de bajulamento nem de crítica destrutiva: aqui pensa-se e discute-se o Benfica, sempre com o objectivo de encontrar soluções.

2 - Ao Sir, por ter aceite a minha candidatura e por ser um dos melhores bloggers benfiquistas, cujos textos combinam uma forma e linguagens ricas, muitas vezes com "finas ironias" (sim, das boas, não são como as do flatulento).

3 - Aos nossos estimados leitores, muito deles que nos seguem há anos, que pelos seus comentários nos incitam a escrever sempre mais sobre o Benfica.

4 - Aos responsáveis pelos blogs que me fizeram iniciar esta viagem pela blogosfera. À Tertúlia Benfiquista, ao Mágico SLB, ao Não se Mencione o Excremento, ao Diário de um Adepto Benfiquista, à Ilíada Benfiquista, Vedeta da Bola, Encarnado-e-Branco, Encarnados, Inferno Da Luz, Antitripa, Vedeta Ou Marreta e Memória Gloriosa, entre tantos outros que li, leio e lerei, Fórum Benfica, Ndrangheta, Coluna, (são tantos...) até porque todos os meses surgem novos blogs de muita qualidade, como o Benfica Dependente, o Red Pass, (podia estar aqui a noite toda). A estes e a outros que estou certamente e injustamente a esquecer-me, obrigado por pertencerem à blogosfera benfiquista e pela vossa forma de Ser Benfica.

Viva o Benfica.

E longa vida ao Eterno Benfica.

O 7 Maldito disse...

Muitos parabéns!
Devo confessar que estou algo desapontado e magoado. Tinha a secreta esperança de ser eu o escolhido para escrever este 1000º post.
Não percebo o vosso critério, mas pronto...

:)

Vitor disse...

Parabéns…é o blogue onde melhor descarrego a minha fúria benfiquista…e um agradecimento especial ao janjan,pois foi ele quem me convidou e deu a conhecer tão distinto espaço.

redjan disse...

Galaad:PARABÉNS .. pelo blogue.. e pelo teu BENFIQUISMO activo!

A todos os que escrevem ... vamos lá até ao 2000..

A todos os que lêem ... sentem-se e tomem um café conosco.. BENFICANDO !!!

Hattori Hanzo disse...

Parabéns pelo milionésimo post. Agora será só um pulo até chegar ao 2000.

Bruno Venâncio disse...

Muitos parabéns por tão redondo número!