segunda-feira, 11 de julho de 2011

Começa cedo a bazófia... Não aprendem?



Menos convesra, mais trabalho. Não gosto deste tipo de discurso antes do começo de uma nova época, soa-me sempra a demagogia e populismo. Será que não se aprendeu nada com o passado recente? Não tenho nada contra a demonstração de optimismo numa época positiva, nada contra essa crença, mas existem outras formas de se dizerem as coisas sem que com isso, passemos uma imagem de parolos. Ou pensam que as pessoas vão salivar ao primeiro estímulo?

17 comentários:

L. disse...

mas qual bazófia? onde é que existiu bazófia? optimismo, e positivismo. nada mais que isto.

é mesmo ovntade de dizer mal. treinadores e jogaDORES estão a trabalhar no duro. não é por se dizer isto que a época vai correr melhor ou pior.

eu só espero que não cavem 9 pontos de distância com recurso ao apitador como o ano passado. contra isso, nenhum trabalho do mundo pode.

Far(away) disse...

Vontade de dizer mal? Onde tu tens tu andado nos últimos 10 anos? Aliás não foi o senhor presidente que disse tínhamos falado demais na temporada passada? Mais contenção nas palavras era bom, para depois não passarmos papeis tristes.

Anónimo disse...

patriarca disse:

E mais nada !!!

Quem fala assim não é gago !!

De promessas e falsas ilusões estão os Benfiquistas Cheios !!

Falem, Palrem, Gritem, Vociferem, bradem.

Façam o que lhes der na Gana, mas quando o devem fazer, porque aí calam-se, somos Roubados e nem népia e agora vem com esta treta toda.

JJD disse...

Estou do lado do Far.Trabalhar mais e falar menos para depois nao cairem no ridiculo.Sera que nao aprendem mesmo ou estao a cagar-se para o que se possa dizer o Benfica?!Sim do Benfica pois sera sempre o seu nome a andar na berlinda e a provar isso basta ver a ultima epoca.
SLBEVER Rumo****

GM disse...

Retirando "começa cedo a bazófia" assino TUDO por baixo.

Menos conversa e mais TRABALHO. Nem mais.

chi dura vince disse...

Porra outra vez?!!!
Pensei que já tivessem aprendido a ficar calados...
E depois são estas poias de declarações que forram os balneários dos nossos adversários...

Mentiroso disse...

Optimismo sim, mas com compostura e moderação. O passado recente ensinou-nos que não estamos sozinhos a competir pelos mesmos desígnios.

xirico disse...

Ora,bazófia é o termo correcto.Este sr. é vice,logo tem mais responsabilidades públicas de que um mero blogger.Portanto,cale-se.

PoucOriginaL disse...

"...vai ter..."
Bazófia pura e dura. Não aprenderam nada.

Manuel disse...

Totalmente de acordo!

Anónimo disse...

Não ouvi as declarações. Em todo o caso concordo com a ideia: mais trabalho e menos conversa! Isso não significativa que não devemos ser optimistas. Mas o optimismo deve ter por base os resultados e estes têm de ser fruto do trabalho e não da bazófia. Lá pelo o Benfica estar a reforçar a sua equipa com bons jogadores isso não significa que os resultados estão à partida garantidos. Isso só acontece se se trabalhar mais e melhor do que os adversários.
MM

Anónimo disse...

Este tipo de comentários estendem a passadeira para os campeonatos da revolta!
Para além disso, não há nada que sustente esta euforia. O Benfica perdeu os dois melhores jogadores da época passada e está visto que os reforços vão demorar a mostrar serviço.
Sim! Menos bazófia, menos comentários e mais trabalho!

Toneca disse...

este com o Carraça passou a ser Vice de bancada...

M disse...

gajito parvo, já não há pachorra...o silencio desta gente é ouro!

falem no fim, com os títulos no bolso...

Anónimo disse...

Tonecas no seu melhor e sempre com aquele discurso arrogante. Este ano é que vai ser e tal e coisa... Enfim, nunca mais aprende.

Anónimo disse...

Infelizmente continuamos a ser representados na CS por estas personagens bacocas ... não ha ninguem que cale este gajo, o benfica e os adeptos não se revêem no discurso deste gajo, porra !!!

Um abraço

Anónimo disse...

Em vez de ele dizer isso, mais valia dizer, vamos perder, somos uma merda e por aí adiante.
A gente adora dar tiros nos próprios pés. Nem precisamos que os outros falem mal de nós, nós mesmo fazemos isso.