terça-feira, 19 de julho de 2011

Porque somos Benfica


Porque NUNCA e em momento algum esquecemos o sonho de quem nos fundou:

NÃO recorremos à batota, à fraca figura descoberta e ouvida por milhões, julgada e perdoada por um sistema patético, aceite e aproveitada por fracos sem história.
NÃO prescindimos de quem SOMOS, um Clube com uma história ímpar.
NÃO tememos desafios, não vendemos a alma, não apanhamos migalhas.
GANHAMOS e sabemos ganhar. Sabemos ser GRANDES na hora das derrotas.
Somos MILHÕES. Somos ÚNICOS. Somos Universais. Eternos.
SOMOS o Benfica.
Somos LIVRES de pensar. De existir. De debater, decidir e escolher.
E por isso ... Pensamos. Existimos. Debatemos, decidimos e escolhemos.
Por isso trilhamos o nosso caminho. NOSSO.
Somos FORTES e por isso tanto nos temem, tanto nos combatem sem regras nem pudor.
Mas contra nós, num jogo de verdade NADA PODEM, perdem sempre.
Porque sabemos e guardamos o segredo de se ter Mística. De um orgulho incomparável de se pertencer a esta Família.

Nunca te esqueças disto Benfiquista, porque disto nos orgulhamos.
TODOS JUNTOS somos o Benfica. SEMPRE.
IMPARÁVEIS.
GRANDES.
IMBATÍVEIS.
NUNCA estamos sós.
Benfica sempre, desde que nascemos.
Sempre, porque NUNCA morremos.

E PLURIBUS UNUM

11 comentários:

RED disse...

Boas, gostaria de saber se estão interessados em fazer uma parceria com o meu blog:

http://4everbenfica.blogspot.com/

Aguardo uma resposta no mesmo.

Cumprimentos ;)

Anónimo disse...

Vivam nessa ilusão, o Benfica já foi ultrapassado pelo Porto e não só em títulos mas como em prestígio!

Anónimo disse...

Sabem perder muito bem. Até apagam luzes e ligam sistemas de rega...

Ganha juízo!

Anónimo disse...

É curioso fazer um texto de homenagem a um clube "único" com o pensamento sempre no seu rival. Parabéns ao autor.

Jotas disse...

Pois é meu caro é por os outros terem tanto prestígio que nos os votamos à indiferença e eles, anonimamente andam mais tempo nos gloriosos blogues benfiquistas e preocupados com tudo o que se passa no benfica, do que com o seu próprio clube.
É do prestígio.

Mentiroso disse...

Cá para mim, com a cedência de Rúben Pinto ao Aves, criámos um problema complicado de gerir.

Estou curioso para saber como fica a versão final do plantel do Benfica com os portugueses que restam.

Águia Preocupada disse...

Saber ganhar e saber perder, é o que nos torna grandes, enormes!
É o que não sabem os que sem pudor aceitam ser reis(inhos), na batota, na corrupção e na maledicência! (como é exemplo os 3 comentários anteriores).
Grandeza e prestigio é saber estar e erguer o ego nas vitórias e recolher-mo-nos perante as adversidades, mas sempre, SEMPRE, no respeito pelos adversários e reconhecimento das suas virtudes, porque, apesar de todo um historial lamacento, também as possuiem!

Anónimo disse...

Como benfiquista digo apenas que isto é uma mera ilusão. Nas últimas duas décadas o clube não conseguiu travar a corrupção fora de campo e dentro de campo ganhou apenas 3 títulos - o último deles arrisco-me a dizer que foi um dos melhores campeões de sempre, só dessa forma é que conseguiram abanar o polvo.
Mas 3 títulos é muito pouco para toda a grandeza evocada e com mais uma pré-temporada em cima que não dá esperanças de melhores resultados. Desculpa, mas a poeira não deve estar em frente aos olhos.

(o comentário acima não devia ser aprovado, esse verme devia ser banido de comentar aqui e cingir-se à devoção da pequeneza agremiação nortenha)

Anónimo disse...

-> outro ponto:
Danilo é um bom jogador e ao contrário do Bruno César espera-se pelas suas características uma rápida adaptação ao futebol europeu. Sem dúvida alguma, afirmo que vai vingar! Só que dar 13 milhões de euros por um jogador nunca pode ser considerado um bom negócio.
Mas já sei, demos 8,5 milhões de euros por um guarda-redes que não valia sequer metade... São diferentes perspectivas.

Manuel disse...

O Benfica "roubou"/desviou 4 jogadores que o Porto tentou contratar: Witsel, Bruno César, Nolito e Eduardo. O 4 juntos custaram menos do que o Danilo. E 3 deles são craques.

E quem é o Danilo? Um puto de 19 anos que está a despontar no Brasil. Lembram-se do Airton? Era igual, que era bom e tal. Eu também achei, depois de o ver a jogar nos videos. Mas a realidade europeia é completamente diferente da brasileira.

E se entrava o Danilo quem saia? Witsel, Enzo Perez, Ruben Amorim, Gaitan, Urreta? Ou íamos colocá-lo a rodar noutro clube? Um puto que custou 13M€? Mas está tudo doido? E só vinha em Dezembro?

Anónimo disse...

Alguém me explica o que é que os dirigentes do Benfica andaram a fazer durante tanto tempo no Brasil?
O empréstimo do Kardec ao Santos não deveria demorar tanto tempo para se concretizar, pois não?
Ou estariam a arranjar nova colocação para o Felipe Bastos e Éder Luís depois de falharem a contratação do Dédé?
Nem sei que dizer, mas esta é a mesma direcção que recusou contratar o Miccoli por uma verba próxima dos 5 milhões para contratar o Marcel por 3,5 milhões.



-> Esse texto era bonito se tivesse sido escrito em 1990. Até lá muita coisa aconteceu perante a passividade dos dirigentes do Benfica e o poder do futebol nacional ficou sediado mais a Norte. Agora que a pré-temporada está próxima do fim, a direcção deveria apontar esforços em credibilizar o campeonato português, porque de outra forma tem que esperar mais uns anos para construir uma super-equipa e só ganhar na última jornada com novo recorde de golos e pontos ganhos.