segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Zoro ataca sem a espada, mas com as palavras


"Fui tratado como um cão"

Nem vou tecer grandes comentários a esta notícia, deixo isso para vocês. Apenas uma pequena nota. Contratar às paletes não é motivo para tratar os jogadores desta forma. Isto não dignifica o clube. O Zoro não pediu para vir para o Benfica, não pediu que o contratassem, o Zoro não tem culpa de ter vindo pela mão do Veiga.

26 comentários:

Alexandre disse...

Para quem não vai tecer grandes comentários, ficou algum e sobra?

Tens toda a razão. Todos os jogadores devem ser tratados com dignidade, mesmo aqueles mal tratados pelos adeptos e constantemente insultados. Por exemplo, o Jorge Ribeiro.

Mas os dirigentes do Benfica também merecem respeito, coisa que tens para com eles. Se assim fosse davas o benefício da dúvida ou - mais pertinente ainda - pedias para ouvir o outro lado. Mas como é para dizer mal do LFV assumes que tudo o que o Zoro diz é tal como ele o diz. E, convenhamos, raramente o é.

Se não acredito que nos tenhamos portado exemplarmente, também não acredito que o Zoro tenha sido tratado como um cão. Bem, claro que não sei o que o Zoro considera tratamento de cão, mas adivinho que para ti será sempre um tratamento insuficiente. Isso desde que envolva o LFV.

Assim que falharmos o negócio com o Pais do Amaral e estivermos fora do título descansa que essas notícias desaparecem. Mas fazer eco de tudo e mais alguma coisa que é espetada nos jornais para atingir a Direcção sem qualquer sentido crítico é a demonstração cabal do benfiquismo lúcido.

Cumprimentos,

Alexandre

PS: Atenção à diferença entre "debater/analisar/noticiar" e "fazer eco".

CsA disse...

Esta noticia deixou.me triste pela razão que mencionaste, mas também confirmou que:

- este caso tratou-se de uma vingança pessoal de LFV,

- o Rui Costa não manda ali nada.

Zé d'Alfama disse...

Se não estava acomodado e tinha noção do seu valor - bastava oferecer-se aos porkos - partia para outra.

A porra toda é um 'gajo' com um tijolo em cada pé - por muito que goste de jogar à bola - abdicar dum chorudo ordenado.

Far(away) disse...

Alexandre, mas tu precisas de mais testemunhos de como alguns jogadores são maltratados pelo clube? Pergunta ao Balboa, ao Yebda, embora esse tenha se manifestado da forma errada. Ouvir a outra parte? Não preciso. Desta vez não preciso mesmo. A tua indirecta sobre se for o Luís Filipe Vieira, interessa supor que é tudo mau, vou deixá-la contigo.

Anónimo disse...

Que o Alexandre era um labrego já todos sabíamos desde o tempo em que cá vinha insultar outros escribas do blog. Que também é estúpido, isso já ficámos a saber hoje.

Alexadre disse...

Insultos de anónimos. Patético. JNF, estás com saudades de mim? Pequenino.

Far,

acho que não me leste. Ou só leste o que te interessa. Quanto ao que realmente escrevi, mantenho tudo o que disse. E se achas que maus tratos são só com Yebdá, Balboa ou Zoro e se achas que eles são apenas vítimas inocentes não sei bem o que te dizer. Só que o mundo real não é o FM.

Far(away) disse...

Nem vou responder. Tens a tua opinião, eu tenho a minha. E no futuro, qualquer comentário em tom irónico pra com algum elemento do blog, será apagado. Vamos elevar a bitola, sff. O JNF se quisesse dizer algo diria pela sua própria voz. O mesmo vale para comentários anónimos, como aqueles a que te mencionaste, não serão aceites.

Quanto ao "isto não é FM", tens razão, isto é o Eterno Benfica, cada um dá a sua opinião como quer, mas sem bocas,sem juízos de valor sobre isto ou aquilo, se não for pedir muito. Isto não é a casa da tia Joana.

Pedro disse...

Mas alguem se espanta?

Alexandre disse...

Tu é que os aceitaste. Ou um colega teu. Se não quiseres publicar os meus comentários, não publiques. È-me perfeitamente indiferente. Eu respondo-te a ti. Não a comentários de posts. E sou crescidinho. Assino com o meu nome. Nunca te insultei, portanto fazeres-te de vitima é ridículo. Se há algo que posso ser acusado é de participar activamente em vários posts teus, procurando debater as questões.

Quanto à casa da tia Joana e o Eterno Benfica, não te dês demasiada importância. Isto é apenas um blog.

Finalmente, as minhas desculpas ao JNF por ter sugerido ter sido ele a escrever o comentário. Foi obviamente uma assunção precipitada. Estou certo que terá outros motivos para me detestar e perdoará por este. ;)

Ah, podem insultar-me à vontade. Mas tentem com um bocado de imaginação. Para a coisa ter piada.

Far(away) disse...

Ninguém se fez vítima aqui Alexandre. Agora enquanto eu andar neste blog, os bons costumes vão imperar. E isso parte de mim e de vocês que nos seguem.

Assunto encerrado, passemos para o comentar os posts.

SLB4EVER disse...

Não surpreende e é um bom exemplo de situações que em nada dignificam o clube!

A situação do Rui Costa tb já suspeitava que assim fosse, pouco mais é do que uma figura que o LFV utilizou para ganhar votos, o pouco poder q tinha ainda lhe foi retirado dando mais ao JJ e os resultados desta gestão estão á vista.

Para quando o fim do xico espertismo em troca da seriedade, transparência e profissionalismo?

John Wakefield disse...

O Zoro deveria ter merecido mais oportunidades, é um facto. Mas um era um jogador que ganhava um salário chorudo, e ainda diz que foi tratado como um cão e isso discordo e é uma afronta a qualquer portugues que faz muito mais pela vida, recebendo pouco mais que o ordenado mínimo ao fim do mês. Por isso, não concordo com esse tipo de declarações. Agora se ele tivesse dito apenas que merecia mais oportunidades, aí sim já o compreendia!

lawrence disse...

Seria boa ideia verificar a data das declarações do Zoro.
E porquê agora dadas à estampa de um pasquim que escolheu marrar com o Glorioso?

Anónimo disse...

Eu, sinceramente, com 2.5Milhões/ano, não me importava de ser tratado assim.

Isto foi o que ele disse, mas será tudo verdade? Falou ele da porrada que deu á mulher?

GNR

Anónimo disse...

Pena só abrir a boca quando o contrato acabou...podia ter falado mais cedo...sempre se poupava uns euros.

Águia Preocupada disse...

Esta é uma situação recorrente na esra LFV, por isso não é de estranhar! Comprar contentores de jogadores, como por exemplo foi o caso deste ano, originam obrigatoriamente situações de desconforto e desilusão em quem, como certamente o Zoro, depositava ao vir para o Benfica!
Mas, tenho que dizer que fazer eco duma noticia mal intencionada dum qualquer pasquim, que rebuscou nos arquivos algo que já cheira a mofo, com vista a desestabilizar e denegrir a imagem do Benfica, não me parece interessante e de alguma utilidade! Antes, ajuda a dar credibilidade ao jornaleiro que com estas alarvidades só poderá estar a soldo de alguém...

Anónimo disse...

Estás enganado, Alexandre, não sou o JNF. Mais uma vez a fazer figuras tristes. És como o Postiga: sempre que atiras, sai ao lado.

M.C disse...

Notícia dada á estampa no Record, só podia ser para atacar " alguém do S.L.B.
É do conhecimento geral que a Cofina na pessoa do seu presidente eng.Paulo Fernando,há muito que está em rota de colisão com LFV e como tal contra o meu Glorioso clube.
Portanto noticias sobre o SLB , vindas nos jornais " Correio Manhoso" e no "Reco-Reco" , tem a mesma importãncia de eu saber,que os americanos descobriram o sexo dos anjos...
Quero que a Cofina se exploda!

Anónimo disse...

1. Questões prévias

As pessoas, independentemente dos lugares que ocupem em qualquer empresa ou actividade, devem ser tratadas com respeito e com dignidade.

Discordo, e sempre discordei, dos clubes (e o Benfica, apesar de ser o meu clube, não é excepção) que colocam jogadores a treinar à margem da equipa. É ultrajante.

Quando um clube contrata um jogador tem a obrigação de cumprir escrupulosamente o que acordou contratualmente.

Os clubes têm de ser bastante selectivos e criteriosos na contratação de jogadores para evitar jogadores excedentários.

Se um jogador é contratado por um clube e este entende que o mesmo não deve integrar a equipa, o clube tem a obrigação de o ceder, emprestar ou colocar noutro clube. Se tal não for possível, tem de arranjar outra solução, nem que seja a rescisão do contrato.

2. Relativamente ao caso específico do Zorro

Se ele não tinha nível para jogar no Benfica, porque o contrataram?

Não percebo como, em 4 anos, o Benfica não resolveu o caso deste jogador.

A ser verdade aquilo que ele refere nesta entrevista (neste tipo de situações é necessário ouvir e, se possível, confrontar as duas partes), o caso seria ainda mais grave. Mas não percebo qual seria o interesse do Benfica em manter um atleta, com os encargos daí inerentes, que não tinha lugar no plantel? O mais provável é ambas as partes terem exagerado as suas posições, impedindo a que se chagasse mais cedo a um acordo.

Em qualquer circunstância, este é o caso típico que deve ser evitado no futebol.
MM

Anónimo disse...

Julgo que me esqueci de colocar as minhas inciais no comentário anterior.
Aqui ficam.
MM

Olho Gordo disse...

Por 120 mil euros por mês até me podiam pedir que me equipasse na dispensa ou na arrecadação.

Vestir a camisola do Benfica devia ser motivo de orgulho para alguns jogadores que, devido a negócios dúbios, vieram para o Glorioso.

A única coisa que condeno neste caso é, a confirmar-se que haviam realmente propostas, como é que nunca o deixaram saír. Uma das maiores e mais caras nulidades do Benfica. Zoro é um cepo. Bem pode ir mamar na quinta pata dum cavalo. E para aqueles que se dão ao trabalho de publicitar este tipo de notícias, aprendam a defender o clube e os que tomam decisões. Essa conversa do "posso morrer adepto de um clube sem títulos, mas com princípios" já cansa.

Nuno disse...

Normalmente o Far é equilibrado nos comentários que faz e alguns têm bastante acuidade, são pertinentes e objectivos (até por contraste com outros que por aqui andaram durante tempo demais).

Contudo, tens de aceitar que ao publicitar as tuas opiniões te sujeitas ao contraditório.

Neste caso concreto quer o Alexandre, quer outros que emitiram as suas opiniões no mesmo sentido, tem razão.

E a questão é: Para quê este post? Qual a sua relevância no contexto do SLB?

É evidente que o que atrai é o nome de LFV escarrapachado ou, no mínimo, sugerido.

Nós benfiquistas que tanto reclamamos, insultamos (com razão) os avençados, quando somos donos de um blog ou outra qualquer plataforma de opinião, temos exactamente os mesmos tiques, os mesmos vícios dos avençados: tornar notícia aquilo que não é; ser selectivo na escolha das mesmas tendo sempre um alvo definido e concreto, um objectivo a atingir.

Desculpa, mas é o que eu acho que este teu post é.
A única utilidade que o mesmo tem é abrir a porta aos anónimos malcriados, e a toda a trupe que cada vez que vê escrito o nome de LFV, começa logo a espumar pela boca e a rosnar.
Abrir a porta a todos aqueles que se estão bem a cagar para o Zoro e o seu bem-estar (aliás, os mesmos que se o rapaz jogasse passariam os dias a insultá-lo em tudo o que fosse sítio)mas que inevitavelmente aproveitam para insultar o presidente do clube, o Rui Costa, etc.

Termino como comecei, és equilibrado nas tuas análises e opiniões e, até por isso, este post era escusado.

Far(away) disse...

Este blog não tem nenhuma agenda. Nem todos os posts irão agradar a toda a gente. Há que saber conviver com isso. O que nunca será feito por mim, é deixar de postar o que quero, apenas porque x ou y não irão apreciar.

Anónimo disse...

Normalmente, só leio os outros comentários depois de enviar o meu e fiquei espantado pela polémica que este assunto deu.
Sem querer imiscuir-me em questões com as quais nada tenho a ver, devo dizer que só vi um comentário de um Anónimo que, na minha opinião, passou das marcas. Mas já tenho visto, neste blog, comentários que não são de Anónimos que também ultrapassam as marcas.
Nos comentários não vi nenhum ataque a LFV e, em todo o caso, considero que ele não é imune a críticas. A contratação de jogadores aos magotes, que no fundo, também estava aqui em causa, é uma delas.
Todos os assuntos que dizem respeito ao SLB devem e podem ser objecto de publicação neste blog desde que o(s) seu(s) administrador(es) assim o entendam.
Um resumo da entrevista do Zoro foi publicado em vários jornais e não apenas no Record.
Relativamente ao assunto em concreto, poucos se pronunciaram. Uma questão é certa, o assunto do Zoro há muito tempo que deveria ter sido resolvido, a bem de todas as partes.
Não vejo por que é que este assunto não podia ser discutido. Será que há assuntos tabu?
Não conheço ninguém que escreve ou que opina neste blog, de modo que para mim todos são igualmente anónimos!
MM

FireHead disse...

Fogo, vida de cão? Com o ordenado que tinha? Assim tabmbém eu quero ter vida de cão...

JNF disse...

Alexandre(1) e Nuno(2):

1 - deves estar a confundir-me com outra pessoa. Por exemplo, contigo. Deves ter uma memória muito fraca, ou então muito selectiva. Ainda te lembras do que me chamaste da última vez que viste comentar um post meu? Deves estar esquecido, só pode. O comentário em questão foi obviamente apagado, mas mesmo assim deixei-te a resposta. Foi a 3 de Junho, e mostra quão mal és tratado e quão humilhado és por aqui:

É uma pena que penses assim, Alexandre, é uma pena que haja essa gigantesca dificuldade em reconhecer quando os outros, que defendem as mesma cores que nós, têm razão. Mas se preferes esse caminho, força, segue-o. Os nossos adversários agradecem os yes man que contribuem para esta bandalheira.

Se eu te quisesse chamar filho da puta ou outras coisas, podes ter a certeza que chamaria. Mas não tiveste esse tratamento por aqui. Portanto, aconselho-te vivamente uma de duas coisas: ou moderas o conteúdo dos teus comentários, nomeadamente as acusações falsas e cobardes em que és useiro e vezeiro (não só aqui mas noutros blogs, num dos quais tiveste uma resposta interessante), ou então eu modero a tua linguagem, por ti. Estás avisado.

2 - Então, pá, tanto ressabiamento? Oh pá, não gosto nada. Queres que te explique o conceito de "tempo demais"? São 10 anos de mentiras e de poucos títulos. Mas disso falo quando voltar a escrever assiduamente, tem calma. De uma coisa podes ter a certeza: aqui as pessoas não se vendem por um pires de tremoço. Nem por lagosta. E as opiniões são dadas sempre, quer haja acções correctas quer incorrectas por parte dos dirigentes, treinadores ou jogadores. Essa tentativa de silenciamento que tentas efectuar resulta noutros sítio, aqui não. A porta de saída é por ali. No teu caso é a portinhola do cão.