sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Ter um Mono é bom, dois seria fantástico.


O caso Enzo Pérez continua a dar muito que falar mas, a possibilidade de voltar parece cada vez mais remota. Mesmo sabendo disto, LFV procura manter-se firme.
Acho que nem o próprio acredita que o jogador voltará mas, no mínimo, pretende não ser muito prejudicado numa negociação com os Estudiantes de La Plata.
Segundo os diários argentinos, o Estudiantes colocou 6 soluções em cima da mesa. O único que conheço e bem, é Gabriel Mercado. Jogador que partilhava o flanco direito com Enzo Perez, uma locomotiva como Maxi Pereira que leva tudo à frente e que, para além do mais tem muita apetência para marcar golos. É seguramente um jogador com valor razoável no mercado mas nada que se compare com o valor de Enzo Pérez. Portanto, a troca por troca parece-me um mau negócio.
Os outros jogadores como referi, não conheço. Apenas, sei que Michael Hoyos é o camisola 10 dos sub-20 argentinos, lá terá algum valor. Podia ser uma solução interessante, também. Esta a médio-prazo.
Em relação a Mercado, acho que tínhamos muito a ganhar. Como falei ontem, a nossa dinâmica a meio-campo está longe de ser semelhante à que rendeu o título e alguns belos jogos na época passada, cada vez depende mais da capacidade ofensiva dos laterais. Por exemplo, Maxi esteve em três dos golos marcados em Guimarães. Com tantas tarefas ofensivas e defensivas, é provável que Maxi se vá abaixo em alguns jogos. Ter outra solução semelhante a Maxi, dava outra segurança e transformaria André Almeida, ainda mais, em jogador de meio-campo.

6 comentários:

eupensopelaminhacabeçaeusoulivre disse...

Eu posso compreender a cena do Enzo que não se tenha adaptado... no entanto também acho que o Estudiantes tem que devolver o dinheiro... é que o Enzo faz mesmo falta... será que o Almeida fará bem a posição de médio direito?

Anónimo disse...

Não estando em causa o valor dos jogadores, acho que o negócio não devia andar, pois estaríamos a dar um mau sinal para o futuro.

Estando a razão do nosso lado, quem tem que acabar por ceder é o Enzo Perez. Ainda por cima está a fazer uma birra sem pés nem cabeça. Se queria manter o estatuto que tinha na Argentina, devia ter pensado antes de assinar. Não podemos ter profissionais como o Saviola, por exemplo, jogador internacional de créditos firmados, que apesar de não ser 1ª escolha, sempre se mostrou "disponivel" e ao mesmo tempo, 1 jogador que não lhe apetece ficar no Benfica, pura e simplesmente "deserta".

Parece que o Benfica já não conta com o Enzo desportivamente e por isso tem que ir buscar uma alternativa.

GNR

POC disse...

Saíremos sempre prejudicados com Enzo. Eu já fiz a minha parte e reportei-o como SPAM no Twitter :)

Mais a sério, não pode ser um contentor de miúdos a valerem Enzo. Querem-no de volta? Paguem o que pagámos, o dinheiro está em caixa, a prestações provavelmente. É acordar que está feito e, em vez de devolverem o que já foi pago, vem esse tal que achas ser uma mais valia.

Ser do Benfica é cantá-Lo no Vietname! É ver o vídeo aqui:

http://simaoescuta.blogspot.com/2012/01/23012011-halong-bay-diario-na-asia-9.html

PB disse...

No caso do Ruben e o Enzo, acabarem por sair e não entrar nenhum substituto. É bastante provável que o André Almeida possa jogar sobre a direita no 4-1-3-2.

L. disse...

o perez que se ... fica e mais nada. ou entao fica seis meses sem jogar. temos que ser duros nesteas birrinhas ainda por cima sem qualquer justificacao.

Edu disse...

A minha opinião é muito semelhante à do caro GNR.

A razão está do nosso lado, o Benfica que não ceda para não levar a casos semelhantes no futuro.