domingo, 7 de abril de 2013

"Isso não!"

Gritou o meu pai quando se apercebeu que Salvio ia rematar a mais de 25 metros da baliza de Bracalli. Eu já estava por tudo. Dali, da pequena área, do meio-campo, queria que o Benfica rematasse. O jogo estava a correr bem, o Benfica estava a fazer um jogo muito consistente e muito tranquilo face à inoperância do Olhanense, mas faltava o golo. Por azar, por falta de jeito, tudo se juntava para não deixar o Benfica tomar vantagem no marcador. A verdade é que Salvio, pela enésima vez esta temporada, desbloqueou o jogo. Isso... sim.

Num campo de futebol ou num batatal, contra um taxi ou defrontando um autocarro de dois andares, o Benfica é, neste momento, a equipa mais forte e mais consistente deste campeonato. E hoje foi também, para surpresa minha, a mais tranquila. Mesmo tendo a gigantesca pressão de ter de ganhar para não deixar escapar os 4 pontos de vantagem para o Porto, o Benfica soube reagir face ao avançar do tempo com a persistência do 0-0 no marcador. O Benfica foi uma equipa tranquila, serena, organizada e que soube manter a cabeça durante aquela hora em que esteve empatado.

Jesus montou a equipa que, a meu ver, mais garantias dava (Maxi na sua posição de origem e, face à ausência de alternativas, Almeida no lugar que seria teoricamente de Luisinho), colocou o melhor quarteto de meio-campo disponível e apostou numa frente de ataque móvel que prometia dar dores de cabeça aos algarvios. Assim foi. Nem sempre com classe, nem sempre num futebol bem jogado (até porque o campo não permitia), mas com muita atitude e tranquilidade, bem diferente do "deixa andar" a que já assistimos em alguns jogos. Hoje sim, foi [mais] uma verdadeira exibição de um candidato ao título.

Restam cinco jogos dos quais apenas precisamos de ganhar quatro. O próximo para o campeonato é precisamente na Luz frente ao eterno rival, agora moralizado com os bons resultados e com um presidente que está a injectar moral e confiança nos adeptos e nos jogadores. Para nós faltam cinco jogos. Para eles só falta um, este mesmo. Muito cuidado com eles.

5 comentários:

Germano Bettencourt disse...

Assino por baixo.

Abraço

Rafael Ortega disse...

Pois. Para o Sporting tirar pontos ao Benfica na recta final, ainda mais se o Benfica não for campeão, vale mais que uma Liga dos Campeões.

Vão comer a relva. Mas o Benfica ganha, tem que ganhar.

Bom jogo hoje. Ouvido na rádio, como quase todos os jogos deste ano (superstições que me levam a achar que se vir o jogo a probabilidade de não ganhar é grande).
Festejei bastante o 1º golo. O mais difícil em batatais, com autocarros pela frente, é marcar o primeiro.

M disse...

Exactamente nada de sobranceria, especialmente no jogo com os verdes, com o Bruno Carvalho ressuscitaram. Muita atenção e concentração.
Visitem-nos /Sigam-nos em: http://obigodeglorioso.blogspot.pt/

Filipe Almeida disse...

O Benfica tem tudo para garantir a meia-final europeia e a final da taça de Portugal. Dito isto e achando que seria ótimo ganhar a Liga Europa, creio que o principal foco vai para o campeonato. Faltam 5 jornadas, um número bem certinho e que contamos com os dedos de uma só mão. Creio que o Benfica tem tudo para sair campeão do Dragão, podendo inclusive carimbar uma vitória nesse jogo, mas mesmo que o perca terá pelo menos 1 ponto de vantagem se ganhar os restantes jogos. Analisando essas partidas constatamos um fator bastante positivo: o Benfica joga 3 vezes em casa e apenas uma fora. Contudo não podemos perder pontos, senão a teremos grande pressão no jogo (e arbitragem...) do Dragão. O Sporting vem de uma boa onda de resultados e ânimo elevado podendo tornar-se um derby mais quente. O Marítimo será porventura o jogo mais difícil pois é uma equipa consistente e a verdade é que o Porto já perdeu pontos neste jogo, tal como o Benfica no Nacional. O Estoril é a terceira equipa de ambições europeias aqui falada e joga um futebol rápido, não se afigurando um jogo assim tão fácil para o Benfica. O Moreirense é débil, mas se estiver ligeiramente acima da inha de água, chegando um empate para ficar na 1ªdivisão, certamente que irá colocar 20 jogadores dentro da baliza (11 titulares, 7 suplentes, o Inácio e o Presidente ;-)), não sendo com certeza fácil marcar um golo. Creio que acima de tudo o Benfica tem um periodo de 15 dias decisivo, com os jogos com Sporting, Marítimo e Estoril e a meio dessas duas semanas, as possíveis 2 mãos da meia-final eurpoeia (jogo na madeira no meio, Atenção!), Se passar este último periodo de grande desgaste com 3 vitórias internas e se possível com a final europeia assegurada, creio que a época tem tudo para ser um sucesso, até porque poderá haver ligeira gestão no Dragão, de forma à frescura máxima na possível final europeia e 3/4 dias mais tarde no jogo final com o Moreirense, no qual o Benfica poderá carimbar definitivamente o título (e se possível na semana seguinte com a conquista da taça). Eu acredito e acho que nesta fase todos devemos apoiar ao máximo a equipa. Carrega Benfica!

Anónimo disse...

já se fez luz no caso do andrade corrupto que tropeçou em duas balas dentro da etar de Contumil? Quem contará ao povo o que realmente se passou? Sera necessário vir jornalistas do estrangeiro para meter as maus na estrumeira?