quinta-feira, 4 de julho de 2013

Uma entrevista e pêras.... Muitas pêras!



Esta noite foi transmitida a primeira entrevista de Jorge Jesus para a nova época. A primeira imagem com que fico, é de que nada mudou. Passo então a explicar...

Jorge Jesus começa por fazer um balanço da última época, e considera-a positiva. Muito positiva mesmo, pois o Benfica chega às decisões. É verdade que chegámos às decisões, e isso é muito giro. Mas chegar lá, no Benfica, não chega. Não somos um clube de quase, somos um clube de títulos, e uma época que termina sem títulos é, necessariamente uma época má e daí não há volta a dar. Também é verdade que com Jorge Jesus o Benfica subiu no ranking. É verdade. Muito verdade! Mas de que serve argumentar que chegou ao Pote 1 da Champions, enquanto perder pontos com os Spartak's e os Celtic's desta vida. 

Face ao bloqueio de final de época, disse ironicamente que se fosse fácil bastava contratar um psicólogo. Posso estar errado, mas desde há um ano que Jorge Jesus dispõe de um motivador profissional no seu grupo de trabalho. 

Prosseguindo rumo à política desportiva do clube, Jorge Jesus fala correctamente quando diz que o Benfica só tem futuro se apostar em jovens e os potenciar. É verdade! Diz mesmo que o jogador alvo é o jogador de 19, 20 anos. O problema advém do facto de Jorge Jesus dizer que o Benfica procura estes talentos pelo mundo, palavras dele, ignorando totalmente que por cá também há talentos destes, nomeadamente no clube. E é incoerente quando diz que João Cancelo é demasiado novo para ser realmente aposta, quando tem 19 anos e é apenas 2 meses mais novo do que, por exemplo, Lazar Markovic. Utiliza a mesma argumentação para Jan Oblak, quando afirma que é demasiado inexperiente, e quando vimos o seu historial vemos que um número de jogos de primeira divisão semelhante ao que tinha Julio César quando chegou ao Benfica, e mais do que Roberto. Mais grave: descarta Jan Oblak por ser estrangeiro e tal facto complicar as contas de jogadores para a Champions, quando na realidade, Jan Oblak conta como formado em Portugal.

Quanto às suas qualidades, Jorge Jesus não hesita em assumir-se como potenciador de talentos. Mas não é verdade que só Saviola fosse já reconhecido internacionalmente: Garay, Ramires, Witsel, entre outros, já o eram. E Lima já apresentava bom cartel em Portugal.

Quanto à época que se segue, Jorge Jesus fala em ter uma equipa mais forte na época vindoura do que na época finda. Tem lógica: até agora só reforçou e não perdeu qualquer jogador fundamental da última temporada. Jorge Jesus mostra-se no entanto preocupado em perder Matic. Eu também estou. e há que reconhecê-lo, Matic é a verdadeira Masterpiece, de Jorge Jesus. Trabalho notável do técnico do clube. Ainda relativamente ao futuro, Jorge Jesus anuncia que o Benfica contratou já dois centrais. Mirkovic e Steven Vitória, pensei eu! Errado. Jorge Jesus anunciou a contratação de Lisandro Lopez, além da de Mitrovic já conhecida, e ignorou totalmente o central português, já contratado e apresentado, dando a entender, à posteriori, que apenas foi contratado por ser Português. No fundo, para encher chouriços... Falou ainda da situação Cardozo. E aí, mentiu. Sim, é verdade que o futebol do Paraguaio evoluiu com Jorge Jesus. Mas mente quando diz que ele não jogava. Nas duas épocas anteriores, Oscar Cardozo já era o ponta de lança com mais minutos de utilização no clube, e com certeza que não foi com JJ que Cardozo descobriu o rumo do golo: já vinha de duas épocas como melhor marcador.

Jorge Jesus diz ainda que o Benfica está próximo de conquistar a hegemonia do futebol português. Lá está, parece que importante é estar próximo. Eu não quero estar próximo, eu quero ganhar, e não é o meu clube que é tricampeão nacional.

Para finalizar, Jorge Jesus, num momento como este é ofensivo para os portugueses queixar-se do que desconta. E quando fala do 32º título ter sido consigo, convem recordar que já lá vão 3 épocas, e que com o seu trabalho é convidado para fóruns dos treinadores de TOP, quando um pino de nome Vítor Pereira foi convidado para os mesmos fóruns. Finalmente, não foi só com Jorge Jesus que chegámos aos quartos da Champions. Koeman também chegou lá, eliminando o, na altura, campeão europeu em título, e sendo também eliminado unicamente pela equipa que se viria a sagrar campeã europeia.

Como nota final: não compreendo como Jorge Jesus pôde conhecer o Museu Cosme Damião antes de mim.

Mas no fundo, eu quero é ser Campeão.

15 comentários:

.D10S disse...

O Benfica está rodeado de incompetentes. O departamento de comunicação abusa, mas este treinador... foda-se!!

Águia Preocupada disse...

Não vi a entrevista. Já não tenho a BTV.
Mas do catedrático pode esperar-se o quê? O fulano é vaidoso, convencido e arrogante. E é tudo isto porque dentro do Benfica não há ninguém que lhe aperte os c...ões!
Já escrevi noutro local que JJ é um pateta que nem falar sabe. E porque não entende isso, porque se o entendesse voltaria à escola! Não é vergonha nenhuma querermos aprender sempre mais e evoluirmos. Logo, o homem é burro e dão-lhe oportunidade para o evidenciar, o que é muito grave!
Este ano, com este "sorteio" nem ao natal chegaremos! Se ao menos isso provocar o fim do caminho tanto para ele como para o rei sol, já será algo de positivo!

Anónimo disse...

De toda a entrevista passaram todo o tempo à procura de algo para criticar! Porque não criticam também o cabelo, o sotaque, o vestuário? Vocês são doentes!


Joga Bonito disse...

Caro Anónimo, só naquela, no texto constam elogios ao trabalho de JJ. Mas ao seu discurso, e ontem o que ele fez foi falar, nao foi trabalhar, pouco ou nada de positivo há a dizer.

Pedro disse...

"descarta Jan Oblak por ser estrangeiro e tal facto complicar as contas de jogadores para a Champions, quando na realidade, Jan Oblak conta como formado em Portugal."

Se isto é verdade é tão grave que não tem qqr discussão. E diz tudo, tudo, do pq do SLB não vencer. Amadores, incompetentes.

Antonio disse...

Deixem que vos diga que nunca vi um individuo tão burgesso como este JJ!!!

Para além das contradições já apontadas, recordo que este é aquele para quem o 4-3-3 é o sistema mais fácilmente anulável e, no entanto, dificilmente ganha jogos ao FCP que joga em ... 4-3-3.

Se os jogadores, e novo técnico, do FCP precisavam de uma motivação extra e de subir os niveis de adrenalina contra o SLB, esta entrevista foi um excelente paliativo, tanta é a fanfarronice.

Com o calendário ontem "sorteado", ou muito me engano ou em meados de Setembro já poderemos ter muito que falar.

Nota: Ninguém do Benfica se questiona (indigna) com esta pouca vergonha de jogarmos no Dragão nas duas/três últimas jornadas.

RedSpecial disse...

Vota Vieira! Vota na comissão! Na basófia, vota neste discurso do Porto foi melhor!

Manuel disse...

Agora façam uma campanha contra o JJ semelhante àquela que fizeram contra o Roberto e o Emerson para assim começarmos bem o ano.
Uma campanha dessas Irá ajudar o Benfica a ter sucesso e a ser campeão.

joão carlos disse...

concordo inteiramente com o teu post.

Só para reforçar o que disseste Cardozo foi o quinto jogador mais utilizado na primeira época e o sétimo na segunda com um total de trinta e nove golos representando 31% dos golos da equipa no primeiro ano e 25% no segundo curiosamente ele no ano em que fomos campeões valeu 31% dos golos da equipa e este ano 25%.

Pedro-o que o joga bonito disse do oblack é verdade ele a partir desta época conta o mesmo que por exemplo o eduardo.

Anónimo disse...

Chega, a sério chega!!! Como é possível a lição da época passada não ter servido para nada? Mas como? Só mais uma coisa... acho que Cardozo não aprendeu grande coisa com JJ. Melhorou as suas movimentações, pq é inteligente e foi-se adaptando cada vez mais ao futebol europeu. Um jogador com 30 anos, em que a velocidade não assume importância extrema, será melhor que o mesmo jogador com 25.MTC.

Anónimo disse...

Acho que o Jesus tem alguma razão quando fala do Cardozo, no ano do Quique ele jogava mas ficava muitas vezes no banco, sendo que no final da época era quase sempre. Em relação ao Oblak, acho bem não fique. Não é que não goste dele, mas provavelmente se ficasse iria jogar muito pouco ou nada. Assim, é preferível continuar emprestado a um clube da primeira liga e jogar sempre, porque no dia em que ficar no plantel penso que deveria ser para ser inquestionavelmente o titular.
Quanto ao resto, esperar o quê? Já todos sabemos como o homem é a falar, não adianta. Até o Matic deve falar melhor que ele, pelo menos pelo que se viu ontem quando recebeu o prémio. Por isso, não me importa muito o que ele diz... não o quero para falar, quero para trabalhar e ganhar títulos. Esperemos que este ano consigamos.

Jesuita disse...

Caros Benfiquistas:nada é feito pelos responsáveis para que as coisas se invertam no sentido ganhador.O nosso maior adversário,mandou o treinador embora e vendeu os dois melhores jogadores,e mesmo assim já dizem que as coisas lhe vão ser favoráveis.Temos jogadores medianos em muitos sectores da equipa,os quais quando pressionados baixam muito o seu rendimento.

Anónimo disse...

O que ninguém explica é porque teve de ser um administrador a entrevistar um funcionário analfabeto. Foi passado um atestado de incompetência aos "jornalistas" da benficatv.

Benfica disse...

Tenham calma Benfiquistas. Este ano vamos ganhar o que nos fugiu esta época. Não aceito um destino diferente!
Saudações

chefe disse...

Joga Bonito,

Tal como te disse no final da época passada num post teu.
Este homem está cá vai fazer 5 anos. Ele não aprende e nunca aprenderá. Um erro ter renovado.