terça-feira, 28 de agosto de 2007

No passado sábado, Antonio Puerta, jogador do Sevilla, caiu inanimado no relvado, vítima de sucessivas paragens cardíacas. Transportado para o hospital mais próximo, o jogador acabou por falecer hoje, uma situação que me traz nostálgicas e angustiantes memórias de um passado que nunca será esquecido. Em nome do Eterno Benfica e, decerto, de todos os benfiquistas, endereço sentidas condolências à família, aos amigos e a todo o mundo do futebol. Uma palavra especial aos adeptos do Sevilla, de quem já passou por isto.

2 comentários:

Galaad disse...

Paz á sua alma.
Nenhum adepto deveria ter de passar por isto. E, carissimo Sir, coube-te a ti escrever o post que, decerto, ninguém queria escrever. Tal como nos relvados, Puerta travou a sua última batalha com a abnegação e a raça que o caracterizaram dentro dos relvados. As mais sentidas condolências á sua familia e amigos. Aos adeptos sevilhanos, uma palavra de coragem e de força.

Descansa em paz, António.

BENFICA FC disse...

É mais um caso triste no futebol.
Apesar se ser um jogador de risco, pois já lhe tinham dignosticado propensões para paragens cardíacas (ao contrário de Feher, que foi uma surpresa completa), é sempre triste e inesperado.
Que descanse em paz.
http://benfica-fc.com/slbenfica/