segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Porquê?

Porque é que se insulta um homem que se limita a exercer as funções para as quais foi contratado?

Porque é que se falta ao respeito a um homem que, até ver, nunca se dirigiu de forma indecorosa a nenhum sócio ou adepto da equipa que dirige?

Assim como o Beto, outro profissional digno que nunca apontou uma arma à cabeça de ninguém para ser contratado, o Fernando Santos limita-se a cumprir as suas tarefas da melhor forma que sabe e pode. Poderá ser insultado desta forma tão baixa quem apenas se limita a confiar nas suas capacidades e a cumprir o contrato que se comprometeu a respeitar? Pelo que vejo, pode.

O Beto sempre foi tratado de forma absolutamente vergonhosa no Estádio da Luz, enquanto que os verdadeiros culpados, os que o contrataram, assistiam a tudo com total impunidade. E eu, que pago as quotas a tempo e horas, sou obrigado a ver o nome do meu clube ser manchado por este tipo de comportamentos: insultos a jogadores como o Beto ou o Moretto, insultos a um treinador que, competente ou não, nunca faltou ao respeito a quem quer que fosse.

A única diferença entre estes adeptos e os adeptos daquele clube regional que trafica chocolatinhos e fruta fresca, é que os primeiros não vandalizaram o automóvel do treinador. Ainda. De que me adianta querer respeitar o nome do meu clube e de todos os grandes homens que por aqui passaram se alguns insistem em fazer precisamente o contrário?

Eu acredito que Fernando Santos não é, nesta altura, a melhor opção para treinador do Benfica, mas jamais seria capaz de insultar de forma tão atroz um homem que se limita a acreditar nas suas capacidades e a cumprir o contrato que assinou. Critico, sim, quem o colocou e manteve no posto de treinador até este momento, ou seja, critico Luis Filipe Vieira, o responsável máximo da SAD. E ainda assim, recuso-me a insultá-lo, porque acredito que todos os erros que cometeu até hoje se deveram a incompetência e não a má fé. Limitar-me-ei a mostrar insatisfação de forma educada e a exercer o meu direito de voto nas próximas eleições. Afinal de contas, este é o tipo de comportamento que sempre associei ao meu clube. Os insultos, deixo-os para os adeptos dos clubes que todos condenam, mas que alguns insistem em imitar.

4 comentários:

Sir disse...

Como é óbvio, e raro, excedi-me um pouco. É que eu não consigo exprimir por palavras o que eu sinto por Fernando Santos. Eu sei que ele é benfiquista e tudo...mas dasse!

Felizmente entrou o Camacho!

makako disse...

épa BESTA tb e insulto

Marquês de Barrabás disse...

Partiho da tua opinião, Sigmund.

sigmund disse...

Toda a gente pode exceder-se de vez em quando. Tb eu me excedo. O que importa é procurar evitar essas situações.