segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Os nossos paineleiros

O que se assistiu ontem, por parte dos iluminados da nossa Comunicação Social aquando das transmissões dos jogos do porto, sporting e Benfica, roçou o doentio e triste. Os seus comentários, critérios de análise, objectividade (ou falta dela), juizos de valor e até opiniões foram atrozes e sempre em prejuizo do Benfica.


Senão vejamos:

No jogo das osgas, o locutor e iluminado de serviço que fazia o relato, referiu-se ao lance do penalty do sporting como "uma agressão bárbara de Costinha ao avançado leonino" e que, "se a grande penalidade não deixa dúvidas, ainda menos deixará a expulsão de Costinha que, literalmente, abalroou(??) Liedson". Pois bem Srs. comentadores: o Costinha não lhe toca e, se há contacto, foi provocado pelo etíope subnutrido. Depois, aquando do golo do sporting, tiveram espasmos cerebrais e orgamos com a "excelência do cruzamento de Vukcevic para Liedson que, como se sabe, não perdoa", ou, pérolas como esta," já se sabia que Vukcevic tem uma capacidade de colocar a bola com uma facilidade ao alcance dos predestinados e, concedendo-lhe espaço, ele se encarrega de fazer meio golo". Notável. De tão evidente que é, até me vou abster de aqui fazer referência ao grito estridente e de alivio que este comentador deixou sair, do fundo da sua alma, quando o sporting marcou o seu único tento. De referir ainda que, no penalty, foi a desilusão. Nem uma referência a um homem que, de repente, se viu entre os postes, sem um aquecimento conveniente e que, em dois tempos, defende uma grande penalidade. Não. Preocupou-se em focar a "falta de sorte" do menino João Moutinho (jogador que eu, por acaso, até aprecio bastante). E muitas mais houveram durante toda a partida, sempre em prol da glorificação da equipa de Paulo Bento, da sua visão em saber construir o plantel, da arte de fazer muito com pouco, dos meninos de alvalade, etc, etc...

Por conflito de jogos, apenas consegui visualizar cerca de 10 minutos do jogo dos andrades. O suficiente para ver o golo do Shrek Tinóni. Aqui, o iluminado de serviço disse o seguinte: "tarik parece apostado este ano em fazer valer os seus argumentos para assegurar um lugar no plantel do Campeão Nacional". Falou ainda das "inumeras soluções que oferece o plantel do FCPorto e que deixa a léguas a concorrência directa, nomeadamente o Benfica, que ainda se tarda em encontrar e definir um modelo de jogo". Escusado será, de novo, falar da histeria colectiva que se apoderou do cavalheiro que nos brindava com os seus comentários aquando do golo. Vi apenas 10 minutos do jogo, mas garanto que me chegaram... e tremo até de pensar no que terá sido o resto da partida. Sobre o segundo golo, remeto para o Excelente blog O Antitripa sobre as novas marcações dos relvados onde jogam os andrades.

Já no jogo do Benfica, o paineleiro de serviço referindo-se ao SLB, falou em "politica de contratações desastrosa", "sem fio de jogo","saiu Simão e entraram 7 extremos- tendo-os enumerado- para o fazer esquecer, incluindo Luis Filipe (que, como todos nós sabemos, foi contratado para lateral direito)", "Di Maria parece ser um bom jogador, mas a necessitar de novas observções (tem piada esta, já que para o Vukcevic bastaram-lhes cerca de 15 minutos para ver que anda ali um génio, lol)", e, a melhor de todas: "aparentemente, o penalty é bem marcado" Mas tens dúvidas???? Ou, "Benaglio procura jogar a bola, mas o contacto com o jogador do Benfica é inevitável". Ainda, "vitória justa do Benfica, mas muito facilitada pela inoperancia atacante do Nacional". Evidente que era necessário estar na Choupana ou a olhar para a televisão para se perceber que o Benfica tinha marcado os seus golos. Como não me lembro em detalhe, nem vou falar sobre o que estes iluminados disseram sobre o Cardozo quando este falhou um golo feito. Pérolas. Só pérolas. Mas a gozação suprema foi na flash-interview com Rui Costa, em que este foi instado a pronunciar-se, pelo asno de serviço, e mais uma vez, sobre a mudança de treinador. A resposta do nosso 10 foi brilhante. Mas ficou lá a intenção de fragilizar o Benfica, agora, e mais uma vez, fora do terreno de jogo. Televisão de merda. Jornalistas mediocres.

E ainda dizem que os comentadores são do Benfica... Eu nem quero pensar se não fossem.

Post dedicado, com a devida vénia, ao senhor que aparece na fotografia. Esse ao menos, fazia-nos rir e não era maldoso ou energúmeno como alguns que agora aí andam...

9 comentários:

T-Rex disse...

Nem mais.

Volta Gabriel, és o maior! ;)

Vedeta ou Marreta ?

Sir disse...

Bem. Muito bem! Excelente post, galaad. Com Camacho as coisas correm, previsivelmente, melhor. Os jogadores correm. O Nélson corre. O bota-abaixo não faz diferença absolutamente nenhuma. Imaginem se tivéssemos tido pré-época!

Marquês de Barrabás disse...

Vou agora botar um post precisamente sobre um jornalista DIFERENTE.

Saudações Gloriosas!

anti burmelhos ranhosos disse...

Sim, gostei muito do benfica! Em especial daquela "nova contratação" o diego ben(fic)aglio! Mas que grande exibição! Mas que 2 grandes golos! Quanto é que pagaram por ele, perdão, quanto é que lhe pagaram? Ou quando é que ele integra o plantel, já em janeiro, ou só em julho?

Galaad disse...

Anti burmelhos:

Não sei. Mas deve ser na mesma altura que o Stojkovic integrará o vosso. Mas duvido. Estamos bem servidos. Aliás, muitissimo bem servidos, já que no nosso banco damo-nos ao luxo de ter um guarda redes que até uma final da Champions já disputou...

Anónimo disse...

Não temos Gabi Alves mas estes Antis também fazem rir. Lol. :)

Pedro Neto disse...

Só quando sentimos a ausência é que damos valor. O Gabriel Alves era, e é, o melhor de sempre.

red rocket disse...

Se aos 5 minutos o Benfica ainda não tiver rematado começam as pérolas... os das riscas até aos 15 estão a estudar o adversário!!! Queres que continue?? ;) Às vezes parece que acreditam que transmitem energias negativas com o que dizem... mas a maior parte das vezes metem a viola no saco ao longo do jogo. Uma vergonha!!!!!

Anónimo disse...

Falando de comentadores anti-benfica ( e que, ao contrário do que nos querem fazer crer,tentando-nos atirar areia para os olhos, são, ou pelo menos tomam uma recorrentemente uma atitude disso, quase todos anti-benfiquistas), gostaria de de deixar aqui um alerta para um dos piores, portador de um tal ódio ao Benfica que a sensação que fica é a de que o nosso clube ( que, por amor de Deus, não passa de um clube desportivo, como qualquer outro)deverá talvez ser responsável pela morte de algum seu familiar ou coisa parecida. Falo do digno e intelectualíssimo jorge olímpio bento (assim mesmo, em letras pequenas, condizentes em minha opinião, com o tipo de comentários doentios que todas os domingos, segundas e quintas-feiras vomita no jornal A Bola. Se não sabem de quem estou a falar, leiam a publicação e reparem que quase 80% das suas crónicas são dedicadas ao Benfica. Em cada uma delas, este homem destila o seu ódio sobre o nosso clube insidiosamente, e não sei se alguma vez irá desistir. Não sei o que ele pretende; se tentar contribuir com a sua verborreia para nos tentar destruir, ou se terá alguma obsessão originada por algum tipo má experiência pessoal que tenha envolvido o nosso clube. De qualquer das maneiras, Temos neste homem um inimigo bem real, que não deve ser substimado. Sozinho, é inofensivo, mas, sendo comentador, e a sua opinião lida por todo o país, pode condicionar muita gente (árbitros, por exemplo), a prejudicar-nos activamente. Para terem um pequena idéia do tipo de crónicas que este denhor redige, Disse ele numa das últimas que "Sendo o Benfica símbolo do centralismo de Lisboa, contratou para seu treinador alguém vindo de Madrid, símbolo do centralismo espanhol". Daqui se depreende que até a nacionalidade dos treinadores que o Benfica contrata é produto de alguma sua congeminação demoníaca, e que o seu ódio se estende também a Lisboa, que comete o pecado de lesa-majestade-portista,de,por acaso,ser a capital de Portugal e não o Porto. É gente como esta que, toda junta, forma a opinião comentarista desportiva no nosso país, numa espécie de bloco total anti-benfiquista com o óbvio propósito de conseguirem destruir Lisboa e o seu maior Clube, que, para mal dos pecados deste senhor, também o é do País e um dos maiores do Mundo. Consigo compreender as rivalidades (até certo ponto,claro,pois estamos a falar de UM JOGO e não de uma guerra), mas o que é demais enjoa! Atenção e alerta sobre este homem e todos os que, como ele, pretendem ver a nosso crãnio espetado num pau á porta do estádio do dragão, ou mesmo de outros estádios. É nossa obrigação proteger o nosso clube e a nossa história. É nossa obrigação chegarmo-nos á frente sempre que que fôr preciso defender o Benfica, os nossos atletas e direcção destes abutres ávidos pelo nosso sangue. E não tenhamos medo de o fazer em público ou em privado, nunca deixando um único insulto, uma única insinuação, ou uma única mentira passar em claro!Em qualquer altura!E devemos também protegermo-nos uns aos outros de todos estes inimigos. Se a união faz a força, no entender de indivíduos como este, não queiram ver de que tipo de força a nossa união é capaz!E não, não queremos vassalagem por parte de ninguém.queremos respeito.A bem ou a mal.