terça-feira, 11 de março de 2008

Esquecer o passado, abraçar o Futuro!

Camacho já era, faz parte do passado recente do Benfica, mas no futebol, tal como na vida, o ontem já está muito distante, como tal é altura de preparar o nosso futuro, e um novo desafio ergue-se: Que treinador para o Sport Lisboa e Benfica?

Começo por dizer que a decisão de Luis Filipe Vieira em manter Chalana até final da época é uma decisão completamente acertada (embora a razão que deu, «Temos a experiência de treinadores que substituíram outros no decorrer da época e não foram felizes», não ser propriamente a mais correcta já que não temos acertado nem nos que contratamos a meio da época nem nos que contratamos no ínicio da época...), contratar alguém agora era pouco avisado, o leque de treinadores prontos a pegar na equipa após o fim da época é bem mais alargado e de melhor qualidade, e se por alguma razão as coisas corressem mal no que resta da época, ficávamos novamente sem mister para a próxima época...

Que opções tem então o Benfica? Deixo aqui algumas que na minha modesta opinião poderiam servir para o maior clube do Mundo...(a ordem em que os apresento não é de forma alguma, a ordem de preferência..., bem a primeira talvez seja...)

Marcelo Lippi - 59 anos, italiano, ex-seleccionador Italiano e ex-treinador da Juventus, Inter de Milão,entre outros. Dono da escola Italiana pura e dura, sendo um treinador "caro" faz ainda assim, parte de uma liga diferente da de Mourinho, está sem trabalhar sendo um treinador de top, não tem a cotação do português...5 campeonatos italianos, 1 liga dos campeões, 1 taça de Itália, 1 Supertaça Europeia e uma taça Intercontinental falam por si mesmo, hiper conceituada traria ao Benfica uma imagem de profissionalismo e classe ímpar, e seria respeitado não só pelo balneário como pela comunicação social...

Sam Allardyce - 53 anos, inglês, ex-treinador do Bolton e do Newcastle. Sei perfeitamente que não é uma escolha tão consensual como Marcelo Lippi, mas Sam Allardyce é daquele tipo de treinadores que se fosse eu a mandar estaria sempre no topo das minhas preferências, homem de trabalho e luta, pegou no Bolton na League One em 1999(estavam na metade de baixo da tabela, bem próxima da League Two) e em 2001 já estava na Premier League, tendo deixado a equipa na Taça Uefa, algo impensável para os adeptos desse clube...é certo que as coisas não lhe correram bem no Newcastle, mas Kevin Keegan o seu sucessor também não tem feito muito melhor, e a equipa inglesa está em tal espiral descendente que não custa muito a crer que possa parar na Championship...

Ernesto Valverde - 44 anos, espanhol, treinador do Espanhol de Barcelona. Provavelmente outra escolha pouco consensual entre quem nos lê, mas é um dos meus preferidos, fiquei completamente rendido ao Espanhol quando jogámos contra eles na Taça Uefa, vi o jogo na Luz e fiquei atónito com a forma como a equipa da Catalunha adivinhava cada passo nosso, jogando de uma forma muito eficaz e organizada, já tinha Valverde debaixo de olho desde que ele levou o Atlético de Bilbao até ao 5º lugar da Liga Espanhola no ano de 2005, e o certo é que não me tem desiludido, em 2006-2007 ficou em 11º, este ano está em 7º, já levou o Espanhol á final da Taça do Rei e da Taça Uefa, e faz parte do lote de treinadores com mais futuro no país de nuestros hermanos.


Deixo só três para não maçar o pessoal, mas na minha opinião qualquer um destes três, com curriculos e perfis completamente diferentes, encaixariam num Benfica que se quer dominador e vencedor, nós merecemos ter um Benfica assim e se Deus quiser iremos ter, de preferência mais cedo do que tarde...


8 comentários:

Cristina disse...

A primeira e a terceira apostas até compreendo, mas a segunda?? Há treinadores que são óptimos, mas que simplesmente não têm estofo para estarem em grandes clubes. O Lippi parece mt bem.

De qualquer das maneiras, espero é que não se ponha nenhuma das hipóteses que hoje estão na imprensa. Que verdadeira balbúrdia sem nexo!!!

Anónimo disse...

para quê gastar milhoes num treinador se até o baratissimo e mediano Jesualdo é bicampeão nacional... para quê contratar LIPPIS, CAPELLOS, MOURINHOS, QUEIROZES, TERIMS??? o Benfica que guarde esses milhoes para reforçar o plantel com 3 ou 4 grandes nomes ...

Por mim, o Benfica contratava só um treinador barato e bom (que conheça a realidade nacional):

- Daúto Faquirá
- Jorge Jesus
- Carlos Carvalhal
- Chalana (se este mostrar que tem condiçoes para tal)


O problema do Benfica não está nos Treinadores... e já agora não façam a vida negra aos treinadores como têm feito (tipo já vi lenços brancos, insultos, petiçoes para buscar outros treinadores)... deiam tempo ao treinador e aos jogadores...

Força BENFICA

Magnusson disse...

Cristina, o Big Sam é um excelente treinador, que merece sem dúvida uma hipótese num verdadeiro grande, creio que pela sua forma de ser e estar se adaptava perfeitamente ao nosso campeonato.

BP disse...

Honestamente, o que me preocupa é a estrutura do futebol. dos nomes por ti avançados, nao me importava nada com o Lippi, mas por esse dinheiro mais valia o ZÉ.
Dos que a imprensa falou, engulo apenas o Queiroz e o Terim. Ate tremo de pensar no peseiro.

Magnusson disse...

O Lippi seria bem mais barato que o Mourinho, ao que se sabe o Mourinho pede 500 mil mês, o Lippi acredito que esteja muito longe disso.

pedro nunes disse...

em relaçao a esses 3nomes o unico q se aproveita é o lippi..
p mim e sendo um sonho mto impossivel era o mourinho(se queremos ser grandes, so la vamos c mto bons jogadores e treinadores tb)..
mas descendo á terra, quem eu mais queria ver á frente do benfica era:
treinador:humberto coelho
trein.adjunto:chalana+alvaro magalhaes

caso n fosse o humberto viria c bons olhos a contrataçao do queiroz...

Ricardo disse...

Já há algum tempo que penso em Valverde para treinador do Benfica. Finalmente vejo uma opinião convergente com a minha. Tem tudo para, dentro de 2 ou 3 anos (dependendo do projecto que abraçar) estar no top 5 dos treinadores europeus. É metódico, nota-se o trabalho de estudo intensivo com que analisa os adversários, as suas equipas funcionam compactas, movimentando-se de forma inteligente em campo, sem anarquias. É um treinador novo, ambicioso, sedento de títulos e à espera de poder mostrar serviço num clube de maior poderio que o Espanhol. Psicologicamente, nota-se (como se notou na final da Taça Uefa, o ano passado) que tem uma excelente relação com os seus jogadores - depois de perderem nos penalties, os jogadores estavam desolados, como é óbvio. Valverde foi levantá-los, um a um, do relvado. Acho que tem tudo para ser o treinador ideal para o Benfica. Mas acho que com LFV ideias inteligentes e não populistas nunca serão a palavra de ordem.

Quanto a Lippi: obviamente que gostaria de ter o italiano a treinar o Benfica. Tens razão quando dizes que a opção seria de tal forma inequívoca que nem adeptos nem comunicação social a poriam em causa - isso, no Benfica, é essencial, se se quer ter um projecto a médio/longo prazo. Acho que tem muita qualidade, mas não sei se aceitaria, além de poder ser muito caro. Um treinador campeão do mundo não aceita facilmente vir para um clube que está em plano descendente. Só com um grande projecto, sustentato e coerente. LFV não tem dessas coisas.

O Allardyce é um técnico, não tenho dúvidas sobre isso. Já as tenho em relação a uma adaptação ao nosso futebol. São técnicos muito tarimbados naquela vivência britânica: muita emoção, estádios cheios, arbitragens boas, jogo mais corrido e aberto. Não sei se seria capaz de transpôr essa qualidade para os relvados e para a dimensão (deprimente) portuguesa. Não acho que fosse a melhor opção para treinar o Benfica.

Ricardo disse...

* "O Allardyce é um BOM técnico..."