sábado, 9 de maio de 2009

Assim não, Quique

Quando o treinador do Benfica criticou abertamente Reyes, Di Maria, Cardozo, Katsouranis, Balboa, enfim, muita gente, fui a favor do método de Quique. Acho que espicaçar os jogadores do Benfica é uma atitude louvável e necessária. O que não se pode fazer é atacar pessoalmente um ex-jogador do clube que sempre deu tudo em prol do Benfica e que sempre defendeu a camisola com um enorme orgulho. Isso Enrique, é inadmissível, mesmo que seja em reposta ao atleta em questão.

Defendi Quique até aos limites possíveis, e se necessário, continuarei a defender, mas neste momento, mais que algumas substituições, mais que algumas decisões e mais que algumas críticas a jogadores como o Léo há algo que me preocupa ainda mais que isso. É notar que no discurso de Quique está, para além de um claro fugir das responsabilidades, uma sobranceria de quem se acha maior e melhor que o Clube que treina. E quando esse clube é o Benfica, a situação torna-se grave. Os jogadores passam, os treinadores passam, os dirigentes passam, mas o Clube fica. Não te esqueças disso, Quique.

10 comentários:

Miguel S disse...

Achei mal Quique comentar as declaracoes de Leo.
Achei ainda pior as declaracoes iniciais de Leo, que estava com elas a espera que o titulo fosse impossivel, para mostrar como estava ressabiado por ter perdido a titularidade.
Achei pior ainda que, apos um atleta vingativo ter vindo por em causa a competencia e profissionalismo de um profissional do clube, ninguem da estrutura do futebol, que soltam declaracoes e comunicados por tudo e por nada, se tenha dignado (ou indignado) a defender e proteger um seu trabalhador.
Quique foi deixado sozinho a apanhar com as balas (ele nao vai a eleicoes, e um mero funcionario, e neste caso um belo cordeiro a sacrificar para salvar a pele), nao admira que saque do revolver e mande tambem uns disparos.
Tudo isto seria evitavel com uma tomada de posicao institucional do clube (dept futebol) perante quem ofende profissionais do Benfica.

Bettencourt disse...

Este é para mim, o melhor post deste blogue dos ultimos tempos.

Excelente ponto de vista, não poderia estar mais de acordo.

Anónimo disse...

quique faça favor de deixar o clube...

Galaad disse...

Dassss

Mais um tiro no pé...

utopia disse...

Meu caro,

Eu, neste momento acerca de Quique não sei nada de nada. Dele já pensei tudo de bom e de mau.
Mas quem virá para o ano?
Já fui um defensor de Jorge Jesus, mas eu não sei nada de nada. A verdade é que para mim O treinador era o Fernando Santos antes da saída de Simão Sabrosa, depois deixou-se levar pelo sindrome depressivo.
Gosto dos métodos de Queiroz, mas resultados niente.
Quem pode treinar o Benfica?
Apostar em algo novo:
Cajuda + Mozer + Diamantino ou Manuel José + Mozer + Diamantino...
Tem que ser alguém com bolas muito grandes, eu acho que o Mozer as tem bem como o Diamantino. E acho que o Manuel José adoraria ser Aquilo que todos queremos que o Benfica seja. E Manuel José é um Guerreiro.
Eu acho que é mesmo Manuel José - mas o que eu quero memso é um Benfica a jogar ao ataque com toda a personalidade.
Eu sei lá, eu sei lá, eu se lá... cá para nós devo confidenciar-lhes que acho que no Benfica neste momentoninguém acredita, desde o presidente até aos jogadores...
Penso que é necessário apostar em jogadores da casa nacionais e estrangeiros...
Milhazes, Ruben Lima, Miguel Rosa, David Simão, Coelho, Micael e um monstro qualquer ali para o meio campo - RIQUELME (ainda tem força e tem uma personalidade muito acima da média), talvez com ele o Aimar começasse a creditar mais.
Reyes tem obviamente que sair porque não tem a personalidade que precisamos - não basta a arte.

saudações cordiais.

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL disse...

http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

Anónimo disse...

Isto é simples:

Aimar = Nuno Assis

Di Maria = Carlitos (do Basileia)

Quique= Cardoso (treinador do Setubal)

o resto é apenas pura ilusão.

ps: tenho quase a certeza que no final de época nenhum destes sai, quem vai sair vai ser o cardozo e garanto que então adeus tb ao proximo campeonato.

utopia disse...

Meus caros Quique falhou em toda a linha!

Eu já fui um acérrimo defensor de Quique - ENGANEI-ME! Paciência, errare humanum estus (ou qualquer coisa do género - não fui ao dicionário para confirmar, fica a ideia lol...!)

Quem é o senhor que se segue?
Qual é a próxima camioneta de jogadores?
Quem é o próximo Eusébio?
Mantorras o coxo vai continuar? Vamos continuar a viver de mentiras?
Afinal Fernando Santos tinha como principal problema um a questão de imagem! Não é verdade?
Se calhar um agajo tipo Cajuda não nos interessa - é feio! Mas se calhar tem o amor e a garra ao clube que todos nós precisamos! Nos queremos é guerreiros à frente da nossa equipa!
Já pensei em Jesus, dizem que é sportinguista, pois não sei!
Manuel José tem a experiência de uma vida e quer terminar a carreira na mó de cima!

Não é uma nova camioneta d ejogadores que resolve o problema... É UMA MUDANÇA RADICAL DE ATITUDE QUE RESOLVE O PROBLEMA:
AMOR AO CLUBE, AMOR AO FUTEBOL, DESPREZO PELA DERROTA, ARRGÃNCIA CONTROLADA, VONTADE FÉRREA DE VENCER, CORAGEM E DETERMINAÇÃO!!!!

EU SÓ QUERO O BENFICA LUTADOR, LUTADOR, LUTADOR E CAMPEÃO!

saudações cordiais.

necas disse...

Está na altura de pão e circo. A proxima epoca é que é. Vem mais um autocarro de jogadores e treinadores e daqui a 5 anos estamos na mesma. O projecto de LFV pariu um rato em termos desportivos, embora reconheça mérito na gestão.
O problema maior do Benfica é a banalização da irresponsabilidade e incompetência. Toda a gente vê isto. Realmente o clube bateu no fundo e não se vislumbram figuras sérias para dirigir o barco, com outra filosofia e outras competências.
Custa-me reconhecer que o Porto será a breve tempo, o clube com mais campeonatos nacionais.
Apostem na mudança ou na continuidade.

... disse...

quique esteve mal?????

leo deu TRES entrevistas a insultar quique. TRES.

quique nao e de ferro, algum dia tinha que responder a esse traidor de meia tigela chamado leozinho.