segunda-feira, 22 de junho de 2009

Juniores


Fui no passado sábado, tal como muitos outros benfiquistas, assistir ao SL Benfica x fóculporto a contar para o campeonato nacional de juniores. Se o resultado não foi o desejado (empate a uma bola), abre ainda algumas perspectivas para a conquista do campeonato, frente ao Sporting, na última jornada, em Alvalade.

Para ser sincero, fiquei bastante desiludido com a exibição encarnada. Esperava muito mais. É óbvio que fomos melhores que o Porto durante toda a partida, mas a qualidade do futebol jogado ficou muito aquém das minhas expectativas. Há alguns bons jogadores, ou melhor, há alguns jogadores que com muito trabalho e alguma sorte podem subir à equipa principal do Benfica nos próximos anos, mas a nossa equipa revelou-se, em muitos momentos do jogo, demasiado individualista. Perante isto, e repito, foi apenas um jogo que assisti nesta época, eis a minha avaliação dos jovens jogadores:

Pedro Miranda (GR) - Não teve muito trabalho, visto que o FCP não fez muito pela vida. Alguma falta de segurança a sair a alguns cruzamentos, mas quando foi chamado a intervir, cumpriu. Mesmo assim, não me pareceu um fora de série, pelo que não acredito que consiga ficar no plantel principal a curto ou médio prazo.

Abel Pereira (DD) - Alto para defesa lateral direito, mas algo atabalhoado com os pés. Não conseguiu subir com perigo em nenhuma ocasião, e a defender cumpriu, sem dar nas vistas. Pode ser que me engane, mas também não deverá conseguir integrar o plantel.

João Pereira (DC) - Capitão de equipa, este canhoto esteve bastante em jogo. Seguro a defender, forte no jogo aéreo, cumpriu as indicações do mister João Alves em subir no terreno quando o resultado ainda estava a zeros. Erro táctico. Mas do ponto de vista individual, parece ser bom jogador. Com alguma sorte, poderá integrar o plantel.

Roderick Miranda (DC) - Autor do grande golo da tarde, este defesa central faz lembrar, pelo menos fisicamente o Mozer. Muito algo, mais esguio, impõe respeito com o seu jogo aéreo. Mais dotado tecnicamente que, por exemplo, o Miguel Vítor. Era po-lo a rodar numa equipa com fortes aspirações na Vitalis, porque parece ter futuro, independentemente do golo marcado. Parece ser bom jogador.

Mário Rui (DE) - Muita raça e muita vontade, falta de discernimento. Fisicamente parece o Jorge Ribeiro ou o Adalto. Não muito rápido, mas compensava com a entrega. Teve azar com a lesão. Não creio que vá conseguir ser jogador profissional de alto nível.

Leandro Pimenta (MC) - Craque. Ainda não o é, mas pode vir a ser. A grande diferença entre Pimenta e os estantes é que não procura o brilhantismo pessoal. Foi o único jogador que fez um jogo de "adulto". Sem se agarrar demasiado à bola, sem entrar em correrias loucas, foi extremamente eficaz. Sabe conduzir bem a bola. Este, com trabalho, vai lá, de certeza.

Danilo Pereira (MC) - Não o conhecia, mas surpreendeu-me bastante. A sua altura é uma mais valia e consegue controlar bem a bola. Faz uma boa dupla com Pimenta no meio-campo mais defensivo. Pode vir a ser um jogador regular, nunca um craque.

Domingos Silveira (MD) - Comprem-lhe uma bola e ele que jogue sozinho. Demasiado individualista, raras vezes passou a bola. Aquilo não é um circo. Faz repensar a política de contratação de estrangeiros nas camadas jovens. Não gostei nem um pouco. Bem substituído.

Lassana Camara (MO) - Fisicamente fraco, mas surpreendentemente importante no jogo aéreo (não sei como ganhou tantas bolas daquela maneira). Pensei que fosse mais rápido e nunca levou grande perigo à baliza do FCP. Pode ser que me engane, mas este não terá grande sucesso.

Ishmael Yartey (ME) - Se o registo foi feito a tempo e horas, é bom jogador. Relativamente rápido, forte no um para um, tem um bom pé esquerdo (daí ser conhecido por Giggs do Gana). As jogadas de maior perigo passaram quase sempre pelos seus pés. Poderá ser emprestado na próxima época e integrar o plantel principal dentro de 2 anos, com mais jogos nas pernas.

Nélson Oliveira (AV) - Será este o ponta-de-lança que nos faz tanta falta? Ainda com mais um ano de júnior para cumprir, o Nélson parece ser bom jogador. Muito alto, bom pé direito, remata com força e em jeito. Parece-me bom jogador a ponto de vir a integrar o plantel principal já na próxima época (ou na que vem, quem sabe...)

Ivanir Rodrigues (DE) - Substituiu o lesionado Mário Rui. Foi expulso após duas faltas (uma a parar um contra-ataque e outra que deu em penalty). Não me parece ter grande futuro.

David Simão (ME) - Já tinha ouvido que era bom de bola, mas que a cabeça era uma desgraça. Confirmou-se. Os pormenores técnicos são excelentes (a bola na barra foi uma maravilha, pena que não tivesse entrado). Dinamizou o jogo da equipa na segunda parte, mas a atitude irreflectida mandou-o para o balneário mais cedo.

Adriano Silva (AV) - Era o Urreta mascarado?


5 comentários:

Éter disse...

O Roderick tem pinta de central e o Yartey só não será grande jogador se não tiver cabeça.

JNF disse...

Já agora, alguém sabe do que é feito do Artur Lourenço? Foi dispensado? Onde está a jogar?

Diogo disse...

O Mário Rui tem um excelente futuro, pelo menos é a análise que faço nos jogos que já vi.

sigmund disse...

Discordo da análise feita ao Mário Rui («Não creio que vá conseguir ser jogador profissional de alto nível»).

Gostei bastante da exibição, acho que é bom jogador e, se não estagnar a sua evolução, poderá seguir as pisadas de Miguel Vítor.

JNF disse...

Repito, Sigmund, vi apenas um jogo. A principal ideia com que fiquei do Mário Rui é que tem uma enorme agressividade e vontade de jogar. No entanto, parece faltar-lhe alguma velocidade, e isso, no futebol de hoje, é fundamental.