sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Prata + Prata = Ouro ?


A judoca Telma Monteiro e o especialista em triplo-salto Nelson Évora, ambos atletas do Benfica, venceram, nas suas modalidades, a medalha de prata, nos campeonatos do Mundo que decorreram nestes últimos dias.

Telma Monteiro, em Roterdão, passou facilmente os oitavos e quartos de final, tendo defrontado uma judoca azeri nas meias-finais, num combate épico. Na final, frente à francesa Ribout, foi penalizada duas vezes, por dois falsos ataques, sendo que um deles, o segundo, foi mal assinalado, enquanto a adversária também foi admoestada por apenas um vez, devido a falta de ataques.

Já Nelson Évora, nos Campeonatos do Mundo em Berlim, qualificou-se facilmente patra a final, que chegou a liderar, mas foi ultrapassado por Philip Idowu, atleta da Grã-Bretanha, que acabou por conquistar o ouro, ele que tinha sido batido por Évora nos Jogos Olímpicos em Pequim.

Actuação muito positiva dos atletas portugueses, nomeadamente dos do Benfica, os únicos que voltaram com medalhas. Referência ainda para a sportinguista Naíde Gomes, que voltou a desiludir no salto em comprimento, mostrando novamente que o problema não está na capacidade física, mas sim psicológica e ainda nota para Marisa Barros, do Açoreana Seguros, sexta classificada na maratona feminina, com um tempo que daria para vencer 6 das 12 maratonas dos Campeonatos do Mundo. Notável, especialmente para quem se dedica à modalidade há apenas dois anos.

4 comentários:

Jotas disse...

são realmente de ouros estes grandes atletas.

Jotas disse...

são realmente de ouros estes grandes atletas.

Rui Magalhães disse...

Até aqui nos podemos queixar dos árbitros pois foram eles que decidiram o combate da Telma.
Ao levar dois amarelos, fruto da muita pressão do público francês presente na Holanda, contra apenas um amarelo dado à francesa(que me parecia um bocado gajo,lol)perdeu assim o combate.Acho que o juiz deveria admoestar também na parte final a atleta francesa com outro amarela, levando assim a decisão para um justo prolongamento.
De referir a bela hungara que ficou em terceira, essa não toma testosterona,eheh.
Quanto ao Nélson o Idowu nao deu hipotese desta vez, pois esteve fortissimo, e o Nélson só com o recorde nacional o venceria.
Esperemos que o consiga futuramente, o quererá dizer que se aproximou dos 18 metros.

http://desportodesofa.blogspot.com/

Weldon disse...

Linkem-nos vivaobenfica.wordpress.com

Obrigado!!