quarta-feira, 2 de junho de 2010

Quim, Moreira (e eu)

Segundo o que se lê por aí, seja em blogues ou em jornais desportivos, tudo indica que o Benfica vai ser dizimado pelos grandes europeus. Vão contratar todo o nosso plantel, excepto o Luís Filipe, se tudo correr como previsto. Cardozo, Saviola, Nuno Gomes, Aimar, Di Maria, Coentrão, Luisão, Javi Garcia, Ramires, David Luiz, Maxi Pereira, Miguel Vítor, Peixoto e, vejam bem, até Jorge Jesus e... Rui Costa são dados como possíveis transferidos para outras bandas. Desde que não levem a águia Vitória da porta principal, por mim...

Quanto a Quim e Moreira a situação é diferente. No início da época, Moreira ia ser titular e Quim dispensado, depois Quim passou a ser o titular e Moreira era o suplente, Moreira deu um frango e passou a terceiro guarda-redes enquanto Quim cimentava a o "número 1", Quim comprometeu aqui e ali, Moreira foi um excelente profissional, Quim não inspirava segurança, vão sair os dois, só renova Quim, só renova Moreira, renovam ambos, o que se faz com Júlio César? A novela vai durar, muito provavelmente, até 30 de Junho. Mas eu sei o que faria a ambos.

Quim sempre foi um bom profissional enquanto esteve no Benfica. Chegou em 2004 para ser o suplente de Moreira mas Trapattoni deu-lhe a titularidade no final da primeira volta. Com Koeman passou pela fase mais complicada da sua carreira, sendo inexplicavelmente afastado após 6 jogos consecutivos sem sofrer golos em que jogou lesionado, em detrimento de um brasileiro de qualidade duvidosa. Teve alguns atritos com o treinador holandês e ambos ficaram mal na fotografia. Com Fernando Santos foi titular indiscutível, tendo feito uma época de altos e baixos, apesar de os "baixos" raramente terem sido altamente prejudiciais para o Benfica. Na péssima época de 2007/2008, que culminou num triste quarto lugar, Quim fez, curiosamente, a sua melhor época, com defesas simplesmente impossíveis (lembro-me de uma, no Bessa, frente ao Leixões), sendo também indiscutível para Santos, Camacho e Chalana. Com Quique teve altos e baixos, começou como titular, caiu para suplente após um monumental frango contra o Setúbal poucos dias depois de levar 5 do Olympiakos, regressou para a final da Taça da Liga onde num jogo de grandes emoções defendeu três penalties e voltou a segunda opção após novo jogo mal conseguido com o Trofense.

O percurso de Moreira no Benfica também está marcado por altos e baixos, lesões, confiança e desconfiança (nomeadamente de Luisão), defesas monumentais e uma estranha relação com a massa adepta. Começou muito novo como substituto do malogrado Robert Enke e desde cedo conquistou o exigente terceiro anel. Manteve-se titular indiscutível até porque a concorrência era nula (Bossio e Thorton), tendo rubricado exibições simplesmente geniais como as célebres frente ao Rosenborg e Sporting em 2004. Com a chegada de Quim, alternou com este, sendo aposta inicial de Trap mas passando a suplente após um Belenenses 4-1 Benfica, onde por sinal foi o melhor elemento de uma equipa que tinha na defesa João Pereira, Fyssas, Argel e Amoreirinha. Com Koeman foi aposta inicial, mas eis que aparecem e sucedem-se as múltiplas e graves lesões nos joelhos. Fica de fora do resto da época e também não joga nas duas seguintes por opção de Fernando Santos/Camacho/Chalana. Com Quique ao comando, alternou com Quim, apesar de me parecer que o espanhol até preferia o "1" ao "12".

Penso que o Benfica precisa de um guarda-redes superior aos três que já tem. Hoje em dia, é difícil contratar um com grande classe e a preço acessível, apesar de algumas das melhores escolas (italiana e nórdica) terem alguns jogadores interessantes que até podem estar ao alcance do Benfica. E entre Quim e Moreira só ficava com um. Qual deles?

Moreira. Por todas as razões. Não considero Quim um mau profissional e não interpreto os seus sorrisos quando sofremos um golo como uma maneira de gozar com o Benfica ou com os adeptos, nem achei que aquele indicador à frente da boca fosse uma provocação aos benfiquistas, até porque o próprio Quim foi muitas vezes injustiçado pelos adeptos que o assobiaram e vaiaram quando sofria golos. Mas os seus 34 anos, que lhe permitirão jogar mais uma ou duas épocas ao nível que sabe e pode (com os erros de júnior que ainda comete), o facto de não aceitar muito bem a condição de suplente (como aconteceu com Koeman) e o facto de não ser da formação (algo importante para as listas da UEFA), fazem com que, na minha opinião, seja o guarda-redes a dispensar. Foi campeão pelo Benfica por duas ocasiões, venceu uma Supertaça e duas Taças da Liga, não se veste como muitos azeiteiros que por aí andam, manteve sempre um low profile e uma atitude anti-vedeta que não cativaram alguns adeptos, mas que a meu ver são importantes num jogador, e talvez por isso não tenha caído nas boas graças dos adeptos. Acho que a sair um guarda-redes, deveria ser ele, mas isso não significa que o devemos tratar como lixo. Aliás, este tipo de questões devem ser tratadas dentro do Benfica e apenas dentro do Benfica, evitando ao máximo a exposição mediática, como ter, por exemplo o treinador a falar do assunto em directo num programa televisivo. Não digo que Jesus não tenha falado sobre o assunto com Quim, acredito veementemente que o tenha feito, mas não deve trazer a público estas notícias.
Porquê Moreira? Porque é mais jovem, aceita a condição de suplente sem levantar ondas, é da formação e é melhor que Quim. Sim, melhor que Quim. Tecnicamente é superior em praticamente todos os aspectos do jogo, aliás, tenho grandes dificuldades em entender quem diz o contrário. É melhor nas bolas paradas, é melhor a sair da baliza tanto pelo ar como no chão, entre os postes é equivalente a Quim. Em termos de personalidade parece semelhante ao seu colega de posto. Por tudo isto, ficava com Moreira.

17 comentários:

Anónimo disse...

Faltou-te referir um dado da história destes dois. Moreira perdeu a titularidade porque Luisão não confiava nele. As broncas em pleno jogo que o Moreira levava do Luisão intimidavam-no, e nenhum GR pode ser intimidado pelos defesas. Todos os treinadores perceberam isso.

Depois claro, com as lesões as coisas ficaram mais complicadas.

Mas concordo contigo. Obrigado Quim! Não és excepcional, mas soubeste honrar a camisola e nunca vieste para os jornais fazer filmes.

Moreira fica, mas fica...a fazer numero. Se era para "explodir" já devia ter "explodido".

Precisamos de GR URGENTEMENTE!! Conseguem imaginar a Champions com os actuais???

JD

Glorioso disse...

Grande post ... O Quim já não é novo e por essa razão ir para o banco não lhe fazia nada bem. Mas por outro lado vamos estar a dispensar um jogador que foi campeão titular em todos os jogos.

É a tal coisa "É um pau de dois bicos" mas acredito na nossa direcção.

sloml disse...

Não concordo muito com a tua parte final. O Quim é melhor guarda-redes, embora também tenha mais 6 anos em cima. E é mais forte numa questão essencial: o aspecto psicológico. Ainda assim, acredito que o Moreira, se tivesse a confiança total de colegas e treinadores, poderia melhorar a questão psicológica e tornar-se melhor guarda-redes. De qualquer forma, fique quem ficar, precisamos de um guardião de topo.

JNF disse...

Já tinha lido essa tua opinião sobre os atributos técnicos de Quim e Moreira, sloml, numa caixa de comentários de outro blogue que não me lembro qual, sinceramente. Mas de qualquer das formas, mesmo em termos psicológicos, não acho que seja assim tão grande a diferença. Eu explico-me: Moreira costuma facilitar nos regressos (Poltava, Trofa, etc), mas Quim também não é melhor nesse aspecto. Parece tremer vem uma bola pelo ar.

Mr. Shankly disse...

"É a tal coisa "É um pau de dois bicos" mas acredito na nossa direcção."

Ou como diria o grande Jaime Pacheco, "Uma faca de dois legumes".

Mr. Shankly disse...

"É a tal coisa "É um pau de dois bicos" mas acredito na nossa direcção."

Ou como diria o grande Jaime Pacheco, "Uma faca de dois legumes".

Coluna D'Águias Gloriosas disse...

JNF,

não tenho muito tempo...

o Moreira é como o Nuno Gomes...

são fracos, muito fracos mesmo a nível mental...

e falham nos momentos decisivos...

não podem por isso ser titulares do Benfica...

e o Jorge Jesus demonstrou isso este ano...

o Nuno Gomes e o Moreira para o ano vão ver muitos jogos na bancada se Deus quiser...

para o Benfica voltar a ter sucesso como teve este ano...

saudações gloriosas

antoniomaia disse...

são ambos fraquinhos.
é necessário um bom guarda redes... a propósito, o rapaz brasileiro do juniores parece-me com futuro.
com o meu conhecimento, dispensava os três, ficava com o junior e adquiria mais dois melhores que os existentes.

Manuel Oliveira disse...

Concordo! Precisamos dum GR de classe extra, dos dois só pode ficar um porque ainda temos J.César que pode melhorar bastante, então que fique o Moreira por todas as razões, mais novo, mais carisma perante a maioria dos adeptos (eu incluído) que lhe perdoarão uma eventual falha quando tiver que jogar, ser da formação, aceitar o banco sem birras, etc.

JNF disse...

Se o Moreira e o Nuno Gomes são fracos mentalmente, o que são Quim e Cardozo? Não vamos por aí.

O GLORIOSO disse...

Caro JNF considerando o bom post que esccreveu apesar de não concordar com as conclusões, o que se salienta que esta historia do Quim e do Moreira já chateia.
Tudo isto se resume a uma verdade inquestionavel que talvez desde a saida de saudoso Enke (e mesmo assim sem ser concensual) nunca mais tivemos um GR de nível superior, que nem sequer deixa-se duvidas ao seu valor. É o problema de um clube que teve Costa Pereira, Zé Gato, o eterno Bento e uma lenda Preud´homme.
Esta questão faz-me lembrar uma saudosa discusão nos fins dos anos 80, principios dos 90 entre Silvino e Neno. Lembra-se? O 3º anel dividia-se e curiosamente era o que há mais anos estava no clube Silvino (sempre foi o meu preferido) o mais criticado. O Silvino foi 5 anos seguidos titular mas em 90 com Erikson depois de alguns frangos principalmente de 2 com os corruptos na Luz (2-2), o Neno agarra o lugar e nas epocas seguintes alternavam as epocas na titularidade até S. Michel chegar e o Silvino partir.
A questão Moreira/ Quim é parecida, mas revela que precisamos de facto de um GR de nivel internacional. O problema é contratar um GR desse tipo pois há poucos e são carissimos. Nos ultimos anos temos cometidos erros aflitivos com Morettos ou Julio Cesar e até Butt que não tem a minima condições principalmente capacidade psicologica para serem titulares de um clube como o Glorioso. Assim é obvio que Quim que não sendo genial ou coisa parecida dá conta do recado e é de longo o melhor Gr quer português, quer do campeonato. Assim como já se viu se para ser campeão nacional um Gr como o Quim ou até o Moreira chega e sobra. Mas como disse o nosso Jesus e muito bem para qualquer âmbição europeia é curto. Por isso é preciso um GR de classe e categoria e sinceramente dos nomes referidos obviamente tirando o AKinfeev (o meu sonho)e numa opinião particular o Ochoa não há nenhum melhor que o Quim (então o parvo da equipa do sr. Prof. é dos piores).
Creio por outro lado que o Quim amigo é há muitos anos o melhor GR português. De longe pese gostar muito do Moreira que para mim passou ao lado de uma carreira grandiosa para mim por instabilidade psicologica (nunca conseguio "viver" bem com a concorrencia de um GR da mesma categoria, ou melhor), quer por lesões graves. Quim merece renovar claramente e lutar com outro GR pela baliza, apesar de ir sair como creio que vai acontecer. Como também Moreira merece renovar e ser emprestado para jogar, para saber ou não se pode voltar ao que era e talvez depois voltar para a sua baliza. O meu dispensado era mesmo o Julio Cesar (por muito que o pintem não tem categoria é GR tipico de Belenenses, Rio Aves, Olhanenses, etc).
No entanto a decisão do nosso Jesus terá sempre o meu apoio.

JNF disse...

É curiosa essa comparação Silvino/Neno/Moreira/Quim e o que aconteceu com a chegada de MPH e também eu anseio pela vinda de um grande GR. Tenho grandes reservas quanto a Ochoa, sinceramente.

sloml disse...

O Jorge Jesus não gosta do Ochoa. Conhece-o bem e considera que ele também não é bom a sair dos postes nos cruzamentos.

JNF disse...

Também não gosto do "melhor guarda-redes do Mundo, quem sabe do México". Inconstante e cabeça de vento, mesmo fora de campo.

MS disse...

Essa do Nuno Gomes nao ser mentalmente forte tem piada, tendo em conta as suas prestacoes em fases finais na seleccao, por exemplo, onde tinha o Fernando Mamede, perdao, o Pauleta, a sua frente.

Anónimo disse...

eh pá mas que teimosia com o Moreira... só por ser formado no benfica não significa que seja bom guarda redes. Metam uma coisa na cabeça, o Moreira é bom moço e apenas isso. Um guarda redes tem de ser mais forte...ele não o é, é suplente e fica caladinho que nem um rato. Mais, se ele fosse bom já estava noutro clube. e mais ainda...e derradeira prova que ele é fraco é o facto de andar a ser sondado para os lagartos...

Anónimo disse...

Pois eu preferia o Quim, por todas as razões. Sentimentalismos não enchem barriga. Quim é regular e discreto, o que não agrada a muitos, mas oxalá não venhamos a ter saudades dele.
Moreira, por mais que se goste do rapaz, está a léguas de Quim, ainda para mais dos mais experientes e com mais anos de casa (como o próprio Moreira).
Quim foi totalista e o menos batido da liga, cumpriu o seu papel e raramente comprometeu, e por vezes salvou pontos (JJ ao dizer que ele não dá pontos foi injusto e mostrou não ter memória nem gratidão).
Se calhar, se falasse com sotaque e desse frangalhões de todo o tamanho, como Moretto ou Júlio César, era idolatrado e ainda lhe ofereciam aumentos de ordenado...
Assim, é escorraçado em directo na tv. É o que dá sacrificar-se, aturar treinadores idiotas que passaram pelo SLB e continuar a mostrar que é o melhor guarda-redes português...
Abraço,
Zé Amaral