terça-feira, 24 de agosto de 2010

Sem papas na língua

Se há algo que por vezes sou na vida, é inconveniente. Esse é um defeito.

O ser frontal, andar direito na vida e não fazer favores, são virtudes que já me fizeram perder oportunidades na vida. Não me arrependo.

Não me vergo, não sou beija-mãos, nem tenho por hábito ser subserviente.

Vem isto a propósito da crónica do José Marinho no Mágico SLB.

Pergunta:

José Marinho, é para eu falar o que sei do Movimento Benfica Vencer Vencer e escrever um texto com uma bolinha vermelha em cima?


Abraço Papoila Calmante

P.S. o facto de eu assinar com um pseudónimo, não significa que não dê a cara. Dei quando foi organizado no Estádio da Luz, a manifestação a pedir eleições antecipadas em 2008 antes do jogo com o Porto, por isso, há muita gente que sabe quem eu sou. Sabem desde o tempo das Ag's em que lutei com outros, contra o Vale e Azevedo. Sofri um pouco as investidas das suas tropas Pretorianas no lombo, mas nunca me demoveram de dizer o que penso e lutar pelos meus ideais de Liberdade. Está no código genético da minha Família Paterna, ao ponto de ter tido um Avô que foi um dos primeiros clientes do Tarrafal.

Por isso, não me assustam as ameaças que têm surgido neste Blog.

37 comentários:

Filipe disse...

Papoila, em vez de jogares à defesa devias reconhecer que falaste de algo que não sabias. Meteste os pés pelas mão com as companhias e a quem pertenciam.

Acho bem que se critique, mas convém não criticar sem certezas. Dou o benefício da dúvida pois não duvido do teu benfiquismo, nem do benfiquismo do JNF, mas devias ter tido mais cautela. Fragilizaste e muito este blogue.

JNF disse...

JNF?

Para onde e que eu sou aqui chamado? E por que rayao das o beneficio da duvida se nao tens duvidas :-S ?

Anónimo disse...

Boa noite,

Então meu caro. Que se passa? Quem o ameaçou?

Admira-me a sua preocupação. Será sinal de que o que afirmou é mentira?

Será que aquilo pelo que o seu Avô lutou não lhe ensinou nada?

É que quando se criam verdades é bem que estejamos preparados para as defender nos locais apropriados.

O bom nome das pessoas não se põe em causa assim por duas coroas.

A Internet é uma arma poderosa. Ao afirmar o que afirmou não estava à espera que os visados não se defendessem ou estava?

Acredite que estou desejoso pelo desenlace. Se tiver razão fez um grande favor ao Benfica. Se for uma verdade criada então terá que se responsabilizar pelo que escreve.

Todos nós estamos interessados em saber o que se passa na realidade.

Durma bem, afinal oq ue escreveu é verdade, certo?

Anónimo disse...

Amigo Papoila, a mesma consideraçao que tenho pelo CC é a mesma que tenho por ti.
Voces sao duas pessoas, das poucas, que sei que defenderiam o Benfica ate à morte...

Grande abraço e nao desistas!!!

ps: Nao faltes na 6ª

D....

MS disse...

Dar o beneficio da duvida e bonito, mas nao comprava um carro em segunda mao ao presidente do Benfica.

De qualquer forma, no negocio de Roberto houve, pelo preco pornografico por um GR com 22 jogos na primeira liga na sua carreira, uma de duas: ou muita incompetencia ou muita vigarice, nao ha volta a dar. Qualquer uma delas incompativel com a minha ideia de lideranca no Benfica.

www.thebutterflyislate.blogspot.com

Anónimo disse...

Caros Senhores,

De facto perco agora um tempo imenso nestas coisas, dos Blogs, nem é muito do meu feitio. É altura das férias, por isso tenho tido tempo, agora voltei ao activo, vou deixar de ter tempo, há trabalho para fazer.

Aquilo que foi publicado aqui, veio de Espanha, eu simplesmente transmiti uma série de situações suspeitas e meras coincidências.

Está escrito no texto, houve o cuidado de deixar isso bem explícito.

Fiz por Benfiquismo, porque pareceu-me fazer sentido, não com o intuito a ou b.

Uma coisa é certa, definitivamente a BenficaSAD, não é o meu mundo. Nem será, porque a única coisa realmente importante é o Benfica, o Sport Lisboa e Benfica.

De facto nem me devia preocupar, deveria encolher os ombros e deixar andar. Mas não sou assim e publiquei.

Abraço
Papoila Calmante

Filipe disse...

JNF, o teu nome veio à baila simplesmente porque és um dos membros do blogue, e nenhum deles merece reparos quanto ao benfiquismo. Não quis dizer que tivesses algo a ver com o post.

O benefício da dúvida refere-se à possibilidade de que haja uma agenda escondida por trás disto tudo. Se fosse noutro blogue nem teria dúvidas. Quanto a mim o papoila limitou-se a transmitir algo que o inquietava, embora eu ache que o devia ter colocado noutros moldes, e não nesta altura. Como ele diz no final «aquilo que não passa no momento duma simples suspeição.»

É algo que seria interessante discutir mas não nesta altura em que a calma não impera e muita gente está a reagir de forma demasiado emotiva. Neste momento só acrescenta ao ruído. Não sei se toparam mas até já foram citados pelos blogues do Record.

Anónimo disse...

Sinceramente o anónimo do dia 24 de agosto das 23:44 deve ser um membro ferrenho do mágico slb, querem saber a minha opiniao?? eu acho que o movimento benfica vencer vencer é uma palhaçada autêntica onde os principais objectivos são a destabilização do actua presidente muito pelo seu ódio e pela sede de poder dentro do clube.

Anónimo disse...

Acho bem ser frontal e dizer o que se pensa, e nesse sentido questiono "Sabes qual a diferença entre Coragem e Valentia?" O corajoso tem medo, mas enfrenta...o valente (alheado das consequências) só enfrenta! ...resumindo; um é inteligente e o outro nem por isso. Em qual te enquadras? :-D

Anónimo disse...

"Sinceramente o anónimo do dia 24 de agosto das 23:44 deve ser um membro ferrenho do mágico slb, querem saber a minha opiniao?? eu acho que o movimento benfica vencer vencer é uma palhaçada autêntica onde os principais objectivos são a destabilização do actua presidente muito pelo seu ódio e pela sede de poder dentro do clube."

É verdade, é isso mesmo. Olhe sou o Fernando Tavares.

E também acho que o movimento vencer, vencer "foi" uma palhaçada.

E se os objectivos são a destabilização do presidente que dizer do que foi escrito pelo calmante. Foi um post cheio de elogios e nada difamatório em relação ao LFV.

Muito bom. Ri-me imenso.

JS disse...

Papoila Calmante,

O facto de vir de Espanha não me parece que ganhe uma credibilidade diferente do que vir da 2ª circular.

Não há mais indicações que possas dar? Acho que ficava bem sustentar melhor... já agora, são apenas receios ou semi-certezas (ou mesmos certezas absolutas)?

Sobre o Movimento Benfica, por acaso, se sabes de pormenores que possam interessar, porque não um post com bolinha vermelha?

Abraço

José Marinho disse...

Meu caro Papoila Calmante, incentivo-o, então a escrever o texto com uma bolinha vermelha sobre o Movimento e, pelos vistos, sobre mim, porque é em reacção a um texto meu, que o meu caro, claramente não compreendeu, que surge esta sua bravata disfarçada de ameaça. Antes porém, gostaria de lhe lhe relembrar, que não consigo imaginar o que tenha de tão grave para elucidar os benfiquistas sobre o Movimento, dado que, no Mágico SLB, acabou por assumir que a sua participação se cingiu à cerimónia de apresentação do Movimento e ao jantar de encerramento do Movimento. Gostaria, efectivamente, que nos elucidasse o que de tão grave se passou, até para meu esclarecimento total. Se quiser, também está à vontade para recorrer ao conteúdo de algumas das nossas conversas sobre a actualidade do Benfica e sobre o diagnóstico que fizemos da situação. Faça tudo isso, cá estarei, posteriormente, para o confirmar ou para o desmentir. Gostaria apenas de lhe lançar um desafio, considerando que tenho esse direito: eu dou a cara pelo que escrevo. Gostaria que o meu caro, quando escrever o tal texto, com bolinha vermelha, também o pudesse fazer.
Eu continuo a dizer-lhe que tenho estima pessoal por si, mas também reforço que essa estima tenderá a desaparecer se insistir na incompreensão do que escrevi e em ameaças veladas sobre algo que presume que sabe, mas que seguramente desconhece.

Abraço, José Marinho

Quanto a si, caro JNF, informe-se primeiro sobre as pessoas sobre quais pretende insinuar que jogam em dois tabuleiros antes mesmo de se atrever a perorar sobre pessoas que não conhece. É que o meu problema e que pelos vistos desagrada a outras pessoas, é que não jogo em tabuleiro nenhum. Ou melhor dizendo, o meu tabuleiro é o estádio da Luz, onde me desloco para apoiar o clube de que sou adepto incondicional há 44 anos. Se quer defender o Papoila Saltitante, faça-o e não sou eu que vou opor-me a isso, porque reforço que tenho estima pessoal por ele. Apenas discordei do timing em que ele escreveu o seu post. É assim tão crítico discordar? O que penso sobre o presidente do Benfica continua a ser muito próximo do que pensa o Papoila Saltitante, mas só porque discordo do timing e porque me afasto completamente destes ajustes de contas, por isso, já jogo em dois tabuleiros. Meu caro, o respeito por nós próprios, começa pelo respeito que temos pelos outros. Modere-se e se quiser leia de novo o meu texto, e tente encontrar nele, uma única frase que seja especialmente dirigida ao carácter e ao benfiquismo do Papoila Saltitante.

José Marinho disse...

Quanto a si, caro JNF, informe-se primeiro sobre as pessoas sobre quais pretende insinuar que jogam em dois tabuleiros antes mesmo de se atrever a perorar sobre pessoas que não conhece. É que o meu problema e que pelos vistos desagrada a outras pessoas, é que não jogo em tabuleiro nenhum. Ou melhor dizendo, o meu tabuleiro é o estádio da Luz, onde me desloco para apoiar o clube de que sou adepto incondicional há 44 anos. Se quer defender o Papoila Saltitante, faça-o e não sou eu que vou opor-me a isso, porque reforço que tenho estima pessoal por ele. Apenas discordei do timing em que ele escreveu o seu post. É assim tão crítico discordar? O que penso sobre o presidente do Benfica continua a ser muito próximo do que pensa o Papoila Saltitante, mas só porque discordo do timing e porque me afasto completamente destes ajustes de contas, por isso, já jogo em dois tabuleiros. Meu caro, o respeito por nós próprios, começa pelo respeito que temos pelos outros. Modere-se e se quiser leia de novo o meu texto, e tente encontrar nele, uma única frase que seja especialmente dirigida ao carácter e ao benfiquismo do Papoila Saltitante.

JNF disse...

"Para muitos benfiquistas este “vamos” tem muito que se lhe diga. Porque se recusam a aceitar a entrada de José Veiga na maravilhosa família benfiquista, considerando-o um convertido de quem é melhor desconfiar. Pois bem, mesmo assim, o antigo director-geral continua a recusar o pagamento de quotas noutro clube que não seja o Benfica e isso tranquiliza-me. Mesmo que por motivos de saúde fosse obrigado a frequentar as piscinas do Sporting ou que fosse uma vítima da inoportunidade de um amigo que não cedesse à tentação de lhe pagar as quotas no FC Porto."

"Também não saí porque estivesse a fugir do actual presidente do Benfica, que prometeu a várias pessoas no clube e na SAD que ia «fazer-me a folha». Não me perdoa a participação no livro de José Veiga e sei que tudo fará para me prejudicar no futuro. Uma coisa é certa. Se este é o preço que tenho de pagar pela minha amizade com José Veiga, pois então, estou a disposto a pagá-lo. As minhas amizades sou eu que as escolho. Só não consigo explicar aos meus filhos como é possível gostar tanto de um clube e ter um presidente do mesmo clube atrás de mim com um desejo tão sádico de vingança."

JNF disse...

"Aliás, mais do que ser contra Vieira, eu sou contra o vieirismo no Benfica. Aquelas pessoas que estão sempre do lado da situação. Hoje estão com Vieira, amanhã estarão com outra pessoa qualquer.
"


O Benfica precisa, mais do que nunca, de massa crítica. Não precisa de oportunistas, que esperam apenas por uma oportunidade que a generosa imprensa desportiva ciclicamente lhes dá de nos exibir a sua vaidade e existência. O Benfica chegou a este ponto de não ter uma hipótese credível de escolha entre uma direcção que dirige mal e uma oposição que se opõe, apenas por maneirismo e feitio. Mais do que os cem jogadores contratados por Filipe Vieira, os seis treinadores em quatro épocas, os anúncios pomposos e cada vez mais ridículos que desta vez é que vai ser e a gritante transformação do Benfica em cemitério de jogadores, treinadores e directores-desportivos, mais do que tudo isso, o que causa verdadeira urticária, é o actual estado de coisas do lado das alternativas. Sinto o Benfica inane, em que são mais as vozes da reacção do que a própria reacção. Incomoda-me esta anestesia geral que afecta os benfiquistas, incapazes de se revoltar contra um presidente que acha que pode continuar a passear pelos intervalos da chuva sem se molhar e uma oposição que leva demasiado a sério a sua ridícula importância.

"Um destes dias ouvi António Simões. Antiga glória do Benfica, pessoa educada e de boa composição intelectual. Nas ondas da rádio, Simões não foi naquela maré anódina de comentários de ex-jogadores que apenas dizem o que o actual presidente do clube tolera. Não. O que disse Simões de tão profundo? Que não percebia como é que Filipe Vieira ainda não tinha assumido as suas responsabilidades na lástima a que chegou o futebol do clube. E, de facto, é preciso que se note, que não é o único a não perceber. Um homem contrata e descontrata, constroi e descontroi, faz o que quer e lhe apetece com total impunidade e qual é a sua reacção perante o desastre? É a de fazer de conta que faz sempre parte de um filme distante. No Benfica actual, entre mortos e feridos, alguém há-de escapar. O que me impressiona é que os benfiquistas não se apercebam que é sempre o mesmo a escapar. Ileso e sempre pronto para outra. Enquanto isso, a oposição é um vegetal e o Benfica um clube adiado."

"Este é o Benfica que Luís Filipe Vieira anda a prometer à seis anos consecutivos. Sem sucesso. As diferenças entre o Benfica prometido e o Benfica real devia fazer os benfiquistas pensar."

JNF disse...

"Aliás, mais do que ser contra Vieira, eu sou contra o vieirismo no Benfica. Aquelas pessoas que estão sempre do lado da situação. Hoje estão com Vieira, amanhã estarão com outra pessoa qualquer.
"


O Benfica precisa, mais do que nunca, de massa crítica. Não precisa de oportunistas, que esperam apenas por uma oportunidade que a generosa imprensa desportiva ciclicamente lhes dá de nos exibir a sua vaidade e existência. O Benfica chegou a este ponto de não ter uma hipótese credível de escolha entre uma direcção que dirige mal e uma oposição que se opõe, apenas por maneirismo e feitio. Mais do que os cem jogadores contratados por Filipe Vieira, os seis treinadores em quatro épocas, os anúncios pomposos e cada vez mais ridículos que desta vez é que vai ser e a gritante transformação do Benfica em cemitério de jogadores, treinadores e directores-desportivos, mais do que tudo isso, o que causa verdadeira urticária, é o actual estado de coisas do lado das alternativas. Sinto o Benfica inane, em que são mais as vozes da reacção do que a própria reacção. Incomoda-me esta anestesia geral que afecta os benfiquistas, incapazes de se revoltar contra um presidente que acha que pode continuar a passear pelos intervalos da chuva sem se molhar e uma oposição que leva demasiado a sério a sua ridícula importância.

"Um destes dias ouvi António Simões. Antiga glória do Benfica, pessoa educada e de boa composição intelectual. Nas ondas da rádio, Simões não foi naquela maré anódina de comentários de ex-jogadores que apenas dizem o que o actual presidente do clube tolera. Não. O que disse Simões de tão profundo? Que não percebia como é que Filipe Vieira ainda não tinha assumido as suas responsabilidades na lástima a que chegou o futebol do clube. E, de facto, é preciso que se note, que não é o único a não perceber. Um homem contrata e descontrata, constroi e descontroi, faz o que quer e lhe apetece com total impunidade e qual é a sua reacção perante o desastre? É a de fazer de conta que faz sempre parte de um filme distante. No Benfica actual, entre mortos e feridos, alguém há-de escapar. O que me impressiona é que os benfiquistas não se apercebam que é sempre o mesmo a escapar. Ileso e sempre pronto para outra. Enquanto isso, a oposição é um vegetal e o Benfica um clube adiado."

"Este é o Benfica que Luís Filipe Vieira anda a prometer à seis anos consecutivos. Sem sucesso. As diferenças entre o Benfica prometido e o Benfica real devia fazer os benfiquistas pensar."

JNF disse...

"Um ponto a favor de Rui Costa, ainda com a sua imagem demasiado amarrada à forma como se deixou deslumbrar pela possibilidade de arriscar uma ida a Manchester para contratar Eriksson, sem que o treinador sueco conseguisse dar-lhe a garantia de que podia ser o novo treinador do Benfica. Ao lado de Luis Filipe Vieira, o novo director-desportivo sujeitou-se ao voluntarismo do presidente do clube que, de facto, tem essa inigualável capacidade de abrir demasiado o flanco e regularmente até demasiado a boca.

Esta decisão marca também a separação de ideias entre Rui Costa e o presidente do Benfica. Quando Filipe Vieira recorreu a Camacho, fê-lo porque precisava, mais do que um treinador, de um amigo que pudesse oferecer o corpo às balas que a época traria e permitisse a Vieira esconder-se atrás dele. Foi o que aconteceu e Vieira demonstrou o seu amadorismo na gestão desportiva. Agora, Rui Costa confia em si próprio, no seu trabalho, arriscando mesmo o seu prestígio e traz um treinador de última geração em Espanha. Não foi contratar um pára-choques, pelo contrário, percebe-se que está disponível ele para defender o treinador e não o contrário, defender-se com o treinador. É a grande diferença com que os benfiquistas podem contar para a próxima época, entre Rui Costa e Luís Filipe Vieira.


De todo o modo, convém notar que Rui Costa fez bem em esperar pelo presidente do Benfica para fazer a apresentação do novo treinador. Porque demonstra respeito pelas hierarquias e foge, talvez deliberadamente, à estratégia de Filipe Vieira de auto-desresponsabilização de tudo o que vier a passar-se na próxima época. Especialmente se o Benfica adiar uma vez mais o regresso às vitórias. Acho que Rui Costa não podia deixar que isso acontecesse e assim todos ficam a perceber que o presidente do Benfica continua a ser Filipe Vieira e não Rui Costa. E no futuro, aconteça o que acontecer, ele, Filipe Vieira terá sempre de assumir as suas responsabilidades. Se o Benfica perder, é mais uma vez o seu projecto que perde, se o Benfica ganhar, ninguém pode esquecer que será uma vitória de Filipe Vieira, para juntar a outras do seu longo mandato no clube."

JNF disse...

Se o sr. Jose Marinho bem se lembra, estes meus comentarios a italico foram escritos por si neste mesmo blog. Digamos que para quem nao esta nem contra o presidente e que agora vem afirmaristo, esta muitomal de memoria. Ate porque estes escritos nao remontam a 100 ou 200 posts. Apenas a 9.

José Marinho disse...

Meu caro JNF, deve ter-lhe propositadamente escapado a parte do comentário no Mágico SLB em que lhe respondi. Em vez de publicar todo este relambório, bastaria que tivesse publicado o seguinte: "Caro JNF, a última coisa que pretendo é que estabeleçam uma colagem minha ao actual presidente do Benfica. O que penso sobre Luis Filipe Vieira não mudou e penso que o post é muito explicito. Se tem dúvidas, pode recuperar todos os meus textos, por altura das anteriores eleições, que está lá tudo, não mudou nada. Todavia, a minha antipatia por Vieira não significa que tenha de estar de acordo com tudo o que se escreve e sobretudo, se eu considerar, que a altura em que se escreve, pode prejudicar o Benfica. Tão somente isso, porque se tenho liberdade para criticar o presidente do clube, quando entendo, também reservo para mim o direito a não concordar com o que se possa escrever sobre ele, sobretudo numa altura desportivamente sensível para o Benfica. Só isto".
Está a ver. Bastaria replicar esta resposta, para se poupar ao desgaste de duas coisas. De perder tempo a relembrar fastidiosamente os leitores deste blogue de passagens de outros textos por mim escritos e teria, certamente, poupado tempo na sua insane tentativa de descobrir uma contradição entre o que escrevi há alguns meses e o que escrevo agora. Não mudou nada. Aliás, se pretendesse seriedade na discussão, também teria acrescentado que lhe respondi no Mágico, à sua pergunta sobre o que penso do presidente do Benfica. E respondi-lhe que penso exactamente o que pensava antes. Nada de contradição, nada de adúltero em relação às minhas ideias, mas mesmo assim, achou oportuno trazer de volta o que escrevi anteriormente e que mantenho, na sua globalidade. O que o meu caro prefere não discutir é, afinal, o essencial do meu último post e que é o timing e o conteúdo do que foi publicado neste blogue. Mas isso não lhe dá jeito. É melhor desconversar.
Meu caro, continue a sua saga de tentar descredibilizar-me, apontando inexistentes contradições no meu pensamento. Porque, para as descobrir, vai necessitar de um trabalho longo, árduo e improfícuo. Se não estiver disponível para perder tanto tempo inútil, eu posso ir direito à conclusão. Não existem, escusa de perder o seu tempo e de me fazer perder o meu.

Anónimo disse...

José Marinho, há pessoa com quem eu perco tempo, até ao momento que as deixo de considerar. Você é das mais profundas desilusões que tive, naquilo que é a luta honesta pelo Benfiquismo.

Vergonha é aquilo que eu sinto por ter privado consigo, e não vou incorrer no mesmo erro.

JNF disse...

Para mim, um boi preto e um boi preto, apesar de em Portugal, num dia, um boi e preto e no dia seguinte ja e branco. As suas palavras ja estavam publicadas, nem sei por que rayao se incomodou tanto. A nao ser que...

Fica ao criterio dos leitores. E nao se preocupe que eu nao lhe dou essa importancia que o senhor pensa que tem. Repare, 9 posts aqui para, em 7 deles, atacar directamente o presidente, indo a assuntos do clube ate a sua vida pessoa, e agora, noutro blog, resolve atacar um blogger deste espaco. Nao venha e com falsos moralismos, nao pega. E fica-lhe mal.

JNF disse...

Ja agora, nao sei por que razao as pessoas do MBVV, movimento que critiquei em tempo util, o desprezam tanto e lhe chamam de desilusao, mas alguma coisa devera ser, nao?

A proposito do titulo "Jogar nos dois tabuleiros", fica bem expresso, no seu post e nos meus comentarios, que a expressao nao poderia sermais correcta.

José Marinho disse...

E já agora, apenas uma última anotação, meu caro JNF. Devia ler bem o meu último post. Mas é ler, não é passar os olhos e tirar conclusões completamente cegas e despropositadas. Leia as partes em que objectivamente me refiro a Luis Filipe Vieira e compare-as ao que aqui replicou. Faça esse exercício e tente descobrir as diferenças. Não há. Além do mais, nada nem ninguém me retirará o direito de ser crítico em relação a algo com que não concorde. Uma coisa é não gostar, pessoalmente, do presidente do Benfica. Está escrito e reafirmado. Outra coisa é não gostar do Benfica. E esse é o grande problema, tanto dos vieiristas como dos anti-vieiristas, é que afunilam a discussão em torno de Vieira. Eu afunilo a discussão em torno do Benfica. É a grande diferença que, antes os vieiristas não compreenderam e agora, pelos vistos, os anti-vieiristas igualmente desprezam. Mas como disse, no meu post, não é a minha guerra. E, se reparar, nada é novo no que escrevo...Provando que também sei recuperar alguns dos textos que escrevi anteriormente, relembro o que escrevi, no Mágico, em Junho de 2009, pouco antes das eleições:
«Eu critico Luís Filipe Vieira? Critico. Como presidente do Benfica e não como empresário e cidadão. Porque tem uma presidência assente num modelo de governo desportivo completamente esgotado. E porque o Benfica precisa de títulos, não precisa da lenga-lenga da recuperação financeira. E principalmente porque o actual deserto desportivo do Benfica já atingiu fortemente essa ideia de reforço da recuperação económico-financeira. Mas é só isto que devo criticar. Tudo o resto vai muito para além do chinelo e muito para além do que deve ser a discussão sobre o Benfica». Percebe agora, que não existe contradição nenhuma entre o que sempre defendi e o que agora escrevi?

JNF disse...

Afunila a conversa no Benfica... tanto que no tempo que ca passou foi para falar malexclusivamente de Vieira. E o mesmo aplico ao MBVV: ideias? Zero. Nem se preocuparam em passa-las. E se lesse mesmo em vez de passar os olhos, nao me chamaria de anti-vieirista, um disparate autentico. Basta ler o que EU escrevi sobre Vieira desdeo dia em que entrei para aqui.

José Marinho disse...

Meu caro JNF, não são pessoas do Movimento, são pessoas que estiveram em alguns jantares e que apoiaram o Movimento. O Movimento era muito mais do que jantares e ressentimentos. O Movimento foi uma possibilidade de alternativa ao poder vigente, com o qual não concordávamos e muitos de nós, continuam a não concordar. Agora, atirar poeira para os olhos das pessoas é que não. Em primeiro lugar, reforço, que não ataquei um blogger deste sítio. Critiquei o timing e o teor do texto. E se o autor do texto quiser mesmo saber, tem o meu número de telefone, que sempre esteve disponível para o atender, eu próprio o elucidarei sobre o motivo pelo qual escrevi o meu texto e o motivo pelo qual fui crítico. Agora, integrantes do Movimento, não tem nenhum a passar neste blogue. E, claro, anónimos que se valem exactamente desse anonimato para me dizerem que sou uma desilusão, não vale, porque se privou comigo e não tem sequer a decência de me dizer que sou uma desilusão e recorre ao anonimato para o declarar, meu caro, a desilusão não é dele, é minha, porque o meu contacto com esse anónimo foi perda de tempo para ambos. Eu assumo o que escrevo, eu dou a cara. Desiluda-se igualmente se pensa que distrai as pessoas com o seu argumento de que sou uma desilusão para as pessoas do Movimento. Porque as pessoas do Movimento, do núcleo duro do Movimento, não andam aqui. E com essas, continuo a discutir o Benfica, assim como com todos os outros que fizeram o favor de se juntar a nós numa tentativa de implementar um novo governo no clube. E desde que não sejam anónimos ressentidos, vou continuar a estar disponível para os ouvir e para discutir com eles um dos assuntos que mais gosto de discutir...o Benfica.
E nos seus comentários não fica nada bem expresso. A única coisa que fica expresso é que não leu bem o post e que agora se entretém a fazer a defesa de uma pessoa que nem sequer foi atacada. Pelo menos, por mim.

José Marinho disse...

Meu caro, se o Movimento não passou algumas das ideias que tinha para o Benfica, foi porque o presidente do Benfica não deu tempo a que as passássemos. Mas elas existiam e faziam parte do modelo de governação que pretendiamos propor aos benfiquistas. Que o meu caro as desconheça, é natural, porque elas não conheceram a luz do dia, que escreva que elas não existissem, só revela o seu desconhecimento sobre o assunto. Se calhar, seria melhor documentar-se primeiro. E tem como o fazer.

JNF disse...

Fabuloso. Sabe quem e o autor do texto e "manda bocas" pelo blog quando, ainda por cima, tem o contacto do blogger. E olhe que ja nao e a primeira, segunda ou terceira pessoa que me diz que o senhor foi uma desilusao. Porque... talvez um dia saberemos. E nao tenha tantas certezas do que diz ai no seu comentario. Olhe, eu nao as teria, p. ex.. Dou este bate-boca encerrado pelo menos por minha parte.

JNF disse...

Ja agora envie-mas, terei todo o gosto em le-las.

Anónimo disse...

Ai que as comadres estão zangadas.

Exemplo perfeito da mente de algumas pessoas.

Enquanto o Sr Marinho criticava abertamente o LFV era:

Bravo, clap clap, O Sr Marinho é um benfiquista a sério.

Agora só porque mostra repugnância por quererem fazer acreditar que LFV compra Robertos e viaja muito para Madrid para proveito próprio:

Sr Marinho desiludiu-me, é mais um vira casacas e tal.

Olhe Sr Marinho aguente-se. Estes fizeram o mesmo a VVilarinho, Luis Nazaré, Bagaão Félix e outros tantos. Enquanto viam neles críticos e possíveis "ancoras" onde se sustentarem para destituir LFV eram os maiores. Agora...veja o que dizem sobre eles.

JNF disse...

E isso,anomino, brilhante poder de decucao.

Anónimo disse...

Ó Sr Marinho. Não conheceu ninguém de Setubal?

Lembre-se e pode ser que se recorde quem é o anónimo que tanto desilude.

Anónimo disse...

obrigado JNF. Sherlock é o meu middle name.

José Marinho disse...

Apenas para terminar. Essa do já não é a primeira, a segunda ou a terceira pessoa que lhe diz que sou uma desilusão, já é velha. Porque isso só conta para alguma coisa, quando acontecer uma de duas coisas: ou essas pessoas assumem-se e dizem-me que sou uma desilusão, o que eu faria se estivesse no lugar delas. Ou então, o meu caro diz quem são e eu posso defender-me, porque até se pode dar o caso da sua revelação ser uma grande noticia e um enorme alívio para mim. Não se confirmando nenhuma destas premissas, até podia escrever que tinham sido centenas de pessoas, que teria o mesmo valor, ou seja, zero. Fica ao nível do mexerico, do rumor e do baixo nível.
Aliás, se quiser tanto saber o que pensam algumas pessoas que me conhecem e com quem já tive o prazer de contactar, escusa de ir mais longe. Pode sempre consultar um dos administradores do blogue, exactamente o que teve a gentileza de me convidar a escrever para este blogue. E para que não seja acusado de fazer o mesmo que o meu caro, digo-lhe que é o administrador que usa o nickname de Sir. Pessoa com quem tive enorme prazer em contactar e pessoa que gostaria imenso de conhecer pessoalmente. Porque é benfiquista, porque é sensato, porque me tratou com respeito e porque soube construir comigo uma relação de respeito mútuo e que muito prezo.
E assim que tiver tempo, terei todo o gosto em elucidá-lo, por email, de algumas das propostas que tinhamos para apresentar aos benfiqustas.
Relativamente à sua alegação de que podia ter telefonado ao Papoila Saltitante, até teria feito o que recomenda, se soubesse a sua identidade antes de escrever o meu post. Por acaso, até pensava ser outra pessoa. Mas não muda nada o teor do texto, talvez apenas não o tivesse escrito.
Obrigado.

JNF disse...

E velha, e... mas e verdade. E se pensa que me esta a dar grandes novidades com o seu comentario, nao esta.

Anónimo disse...

José Marinho,

Esta conversa não leva a nada, aquilo com que me deparei aqui, só me merece um reparo. Preste mais atenção aos seus, não posso, não devo nem quero fazer aquela crónica a que me propus, pela simples razão que também eu sou Pai, e ao ter que ter uma atitude frontal, iria ofender a pessoa José Marinho, que realmente não se revelou no fim, aquilo que eu esperava. Mas tem família e no seu âmago, não será uma pessoa maquiavélica ou que me cause repúdio. Agiu mal, só isso.

Faça um favor, eu não tenho vontade de dialogar consigo como o JNF vem fazendo, por razões que não vou invocar.
Dei por terminado essa hipótese, porque embora goste muito do Benfica, estabeleço prioridades. Primeiro a Família, depois os Amigos, depois o emprego e sempre o Benfica, mas nos intervalos e só para exemplificar, ainda não fui ver o Benfica ao vivo esta época.

Siga a sua vida o seu rumo, e esqueça o tempo em que privámos, porque se eu o vir e perdoe-me a frontalidade, quero dizer-lhe isto com todo o respeito. Como compreenderá não o vou cumprimentar.

No entanto desejo-lhe felicidades para si e Família.

Papoila Calmante

Anónimo disse...

Ao Sr Anonimo das 23:54 eu respondo, sim o Ze Marinho conheceu e conhece uma pessoa de Setúbal, o Papoila Calmante conheceu e conhece a mesma pessoa que o Ze, mas o anónimo que aqui escreveu nao sei se é de Setubal ou de Chabregas, mas sei qual é aquele que voce tenta "incriminar".
Esse que voce tentar "incriminar" como escrevendo como anónimo nao escreveu aqui no Bloge, mas sabe do que se passa entre o Ze, o Papoila e o Movimento.
Por isso senhor anonimo das 23:54 nao tente arranjar mais guerras onde elas nao existem

Cumprimentos

David Rosado

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.