terça-feira, 3 de agosto de 2010

Um _ _ _ ensaio

Não sei se a palavra que melhor completa o título do post é "bom" ou "mau". Sinceramente não faço a mais pequena ideia. Se por um lado defrontámos uma equipa fortíssima da melhor liga do Mundo, que possui um conjunto de jogadores que misturam técnica com velocidade, perícia, força e altura, por outro lado perdemos e, pior que isso, revelámos uma incapacidade gritante em "esticar" jogo, dar-lhe profundidade, algo que Di Maria fazia tão bem e que neste 4x3x3 de Jesus parece impossível, pelo menos com Jara, Aimar e Martins. Coentrão e Amorim não chegam para, sozinhos, cumprirem tal tarefa.

E há ainda dois jogadores que mostraram, uma vez mais, não terem qualidade para jogar no Benfica: Luís Filipe e, aquela "excelente oportunidade de negócio" chamada Felipe Menezes. Se o primeiro tem dificuldades em praticamente todas as situações defensivas, o segundo é de uma lentidão de processos admirável. Nem Zahovic ou Chano, já no final das suas carreiras, conseguiam ser tão lentos.

No pólo oposto estão Airton, simplesmente magnífico, ele que merece sem a mais pequena dúvida a titularidade já neste fim-de-semana, e Coentrão, que parece que nem parou para férias, tal o elevado ritmo que apresenta. Cardozo também está bastante bem, assim como Jara e Saviola, apesar de os dois argentinos estarem a definir mal algumas jogadas.

O jogo valeu essencialmente pela primeira parte, apesar de ter comentado com um amigo meu ao intervalo que mesmo assim, para o famoso rolo compressor, aquilo não era nada de especial. Mas também era o Tottenham e não o Villa, ou o Feyenoord, naquele que foi, como relembrou muito bem Jesus em conferência de imprensa, o terceiro jogo em cinco dias. E no segundo tempo, com uma equipa que raramente joga junta, não houve história. Valeu pelos bons apontamentos de Peixoto, Kardec e Júlio César. Com a Supertaça a disputar-se este sábado, e vendo as indicações que Benfica e Porto deram, somos favoritos. Claramente favoritos. Vamos a eles!

P.S. Força, Nuno!

P.S.2. Tanta gente muito bem lembrada no minuto de silêncio e esqueceram-se de António Feio?

7 comentários:

JorgeVeríssimo disse...

O António Feio foi lembrado no último jogo. Foi feito um minuto de silêncio em memória dele.

JVG disse...

Concordo com o descrito no post, embora tenha outro ponto de vista sobre alguns aspectos.
Primeiro, penso que este jogo apenas serviu para que jj observasse o comportamento dos jogadores que em princípio ficarão no banco, diante de uma equipa de dimensão europeia.
Depois, temos que dar mais tempo ao Jara para se entrosar por completo com Saviola. Tenho para mim, que esta dupla vai ser terrível para os adversários.
Sábado, será o 4º jogo em 9 dias.
É natural que haja desgaste. Mas mesmo assim, acho que ganharemos o jogo.
Saudações.

djeiti disse...

Nao concordo na analise ao Menezes, aliás, quanto a mim, ele e o Weldon foram os únicos nao titulares a esforçar-se minimamente. E tem-no feito em toda a pre-epoca. Para 3ª escolha naquelas posiçoes que faz estamos muito bem servidos com ele. Para alem de que nao levanta ondas nem recebe muito por nao ser 1a opção.
Quem nao tem qualidade nenhuma para este Benfica é o Moreira, o Luis Filipe e o Sidnei.
O Cesar Peixoto é uma especie de Menezes. para titular nao serve, mas para jogar meia duzia de jogos de vez em quando nao ta mal.

custa-me que as 2 principais lacunas nao tenham sido atempadamente colmatadas...extremo esquerdo e lateral direito (que dor me dá ver o Amorim a estragar-se ali).

Tal como disse o 1º comentador, "O António Feio foi lembrado no último jogo. Foi feito um minuto de silêncio em memória dele."

JD disse...

O Sidnei é um bom jogador. Tem só 22 anos e à mais de 2 anos q não joga com regularidade.

Ontem jogou com o David Luis a atacar q nem uma maluca e depois com o Roderick ao lado. Dá para avaliar?

JD

Constantino disse...

Eu já du desconto ao Luis Filipe, e ja só falo do que faz bem, porque falar do que faz mal é exaustivo. Agora o Menezes... logo quando foi contratado eu disse que me parecia que era só mais um para cumprir com a permissa de "contratar por atacado". Na altura toda a gente me chamou nomes, que só sabia dizer mal e que nunca estava nada bem para mim. A verdade é que quando aparecem estes brasileiros para o SLB eu pergunto a um conhecido meu, brasileiro e seguidor do Brasileirão o que ele acha. Normalmente o filho da mãe acerta (ja mandou umas argoladas, especialmente no Sidnei que me disse "vocês tão sendo enrolado" e no fim o homem orienta-se). Quando falei no Menezes, ha um ano ele disse-me só: é bobagem dizer que vai ser craque. Lento até no futebol sul americano. Não é à toa que só é titular do goias ha 2 meses.
A verdade é que o bom do Paulo Murillo não se enganou. Foram mais 3,5 milhões pelo ralo abaixo. Mas não digam a ninguem que eu escrevi isto porque nos tempos que correm ou és cegamente a favor do que a direcção faz ou és anti benfiquista. Meio termo não existe.

So mais uma coisinha: agora, nãos e esqueçam de emprestar o Menezes ao amigo machado de guimarães ou envia-lo para o Brasil. Para mim Menezes é para ir directamente para o Rio Ave. Não sou vilacondense mas prezo equipas que se recusam a ir com o polvo. E nós este ano já lhes falhamos com o Roderick.

Anónimo disse...

Concordo com o JVG nem mais

Bimbosfera disse...

Se calhar o post mais recente do «negativismo» é por causa deste, e sim, o tom parece um pouco negativo. Um dia com mais calma e afastamento lês isto e dás conta.

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com