terça-feira, 3 de agosto de 2010

Que Hóquei em Patins para 2010/2011?

Esta é certamente uma pergunta que muitos benfiquistas farão: que Hóquei em Patins para 2010/2011? O que esperar de um grupo pouco mais que "normal", de um treinador... nem sei que adjectivo usar, sinceramente, e de uma estrutura liderada por Ramalhete, que já mostrou que não tem unhas para tocar esta guitarra?

2009/2010 ficou marcado por vários episódios tristes: desde a derrota na secretaria e que projectou o Benfica para um desastroso quinto lugar no final do campeonato (com o mesmo número de golos do último classificado!), passando pelos comentários vergonhosos provavelmente proferidos entre alguns jogadores e membros da equipa técnica num fórum do clube, tendo ainda o desentendimento entre Sénica (treinador) e Ramalhete (director da modalidade). Para os que se queixavam que o final da era Dantas tinha sido um desastre, devo dizer que foi um excelente desastre dentro do cataclismo que poderia ter ocorrido se Carlos Dantas tivesse saído mais cedo. É este o mal de às vezes não percebermos que o mal não é assim tão... mau. Pelo menos alguns agora perceberam isso.

No entanto, ao fim de oito anos, tal como aconteceu no futebol, eis o regresso aos títulos, com uma Taça de Portugal. Talvez uma surpresa, mesmo com uma equipa emocionalmente feita em cacos e sem o Porto em prova, a vitória foi possível. E ainda houve o sabor agridoce da Taça CERS, prova conquistada pela última vez em 1991, que ficou marcada pela grande vitória sobre o 5º classificado espanhol, o Vilanova, já depois de termos derrotado o Bassano de Itália, e pela organização portuguesa da final four desta mesma prova em Torres Novas (algo incrível, uma vez que a Federação de Patinagem de Portugal resolveu roubar a organização do evento ao Benfica, na Luz). Nesta final a quatro, o Benfica teve sorte no sorteio, ao receber o Pati Blanes, mas baqueou de forma incrível frente aos espanhóis, ficando impedido de jogar a final com o Liceo da Coruña, que venceu o Igualada na outra meia-final. E os galegos acabaram por arrebatar o troféu.



Relativamente à nova época não sei quais são as grandes novidades. Sénica fica, Ramalhete não, segundo o que percebi. Chega Luís Viana vindo do Juventude Viana, jogador de qualidade inquestionável e internacional português, garantia de muitos golos marcados, algo que precisamos. Mais que isto não sei, nem consigo entender como é que João Coutinho consegue manter Sénica e despedir Donner ou André Lima. Algo se passa e eu gostava de saber o que é.

Quanto ao destino e futuro desta modalidade, tudo depende do Benfica. Acredito veementemente que se o Benfica desistir, o hóquei em patins como o conhecemos, o dos relatos nos anos 70, e também nos 90 e início desta década, o dos jogos transmitidos em horário nobre na RTP1 ou nas tardes do Desporto 2, vai acabar. Aliás, o próprio Porto já disse que se o Benfica sair, também sai. E assim será o fim. O Hóquei em patins, como o conhecemos, é um desporto jogador num país (Portugal), numa região (Catalunha) e numa cidade (San José, na Argentina), pouco mais que isto. Que futuro?

5 comentários:

Tasmaniapt disse...

Caso acabe tenho pena porque gosto bastante de Hoquei e claro do Benfica!!

E embora não me lembre dos relatos da década de 70 lembro-me bem dos da década de 90 e dos do canal 2 e realmente a emoção era a 10000000%!
Até ao vivo é um jogo onde a emoção está sempre ao rubro!!

João Soares disse...

Aqui está uma modalidade onde se tem de "encarar o touro de frente e agarrar-lhe com força nos cornos"...
Espero que a entrada do Paulo Almeida, mude os ideais que se entranharam na secção e que esta modalidade nos volte a dar muitas e muitas alegrias!!!

Bruno Machado disse...

Continuando o meu comentario sobre as modalidades do SLB relativamente ao Hoquei o que esperar para 2010/2011 bem apesar de axar k temos 10% de hipotese (devido a todo o polvo que controla a modalidade) de lutar pelo titulo.

Temos que ser realistas o FCP tem uma base de muitos anos, tem o melhor ou dos melhores GR do mundo e tem para mim o melhor jogador do mundo (predro gil) vai ser bastante complicado conseguir ganhar o campeonato.

Para piorar continuamos com esta amostra de treinador que é a pessoa mais desumano que algum dia vi no slb ( sim para mim é pior que o vale e azevedo, quem tiver um pouco de tempo e paciencia pode passar num forum benfiquista e na secção das camadas jovens do hoquei e ler as historias que esse senhor fez aos miudos ) portanto para mim as hipoteses sao praticamente nulas de ganharmos o campeonato , no entanto..... a esperança e a ultima a morrer logo :)

Quanto ao plantel com a contractaçao do Luis Viana penso que é um optimo reforço para o ataque que pode fazer uma boa dupla com o Ricardo Pereira ou entao com o Joao Rodrigues e Diogo Rafael.

Com a confirmaçao da contrataçao do Cacau (espero que nao se confirme porque nao faz falta nenhuma) penso que ficamos com avançado a mais a ver quem é que sai.

Para a defesa se for confirmada a contratação do Abalos penso que ficamos mais forte e com um jogador de selecção argentina , logo racuço e dakeques que gosta de dar pau quando e preciso .

No entanto para mim falta um desiquilibrador nato, falta um Pedro Gil portanto.

Penso que a nivel interno a taça de portugal e a supertaça podem ser aquelas que temos maiores possibilidades de conquistar visto serem provas em que a regularidade nao conta.

Para a Europa depende das equipas que entrem mas temos td para ser uma das fortes candidatas a conquistar se encontrarmos a motivação necessaria e a concentraçao que foi o que faltou o ano passado.

Bom penso que ta td dito , força rapazes acreditem que são capazes , rumo ao Titulo :)

Anónimo disse...

Enquanto este treinador lá estiver, o resultado vai, inevitavelmente, ser o mesmo. O Paulo Almeida não vem trazer nada de novo, daquilo que conheço dele bom jogador mas pouco mais e vamos ver até que ponto vai aguentar a pressão diária de lidar com o0 senica. Vai ser mais do mesmo, ou seja se ficarmos em 5º lugar, será muito bom. Luis Viana ( na minha opinião ) mais um embuste para o hóquei benfiquista.

Anónimo disse...

Quando uma casa está feita em cacos que era o que se passava com os seniores de hóquei do benfica, é normal que se leve algum tempo a reconstruir tudo, neste momento com a qualidade do trabalho que está a ser feito e com os reforços anunciados, será possível pensar numa competitividade diferente e mais regularidade, a não ser que seja impedida de acontecer como no ano passado, a partir do momento em que o porto perdeu na candelária, foi uma imundice a forma como o benfica foi prejudicado, inclusivamente por arbitros de lisboa como sr. paulo romão e depois joaquim pinto do porto e josé monteiro do minho, uma vergonha, estes arbitros deviam d ser vetados pelo benfica.