sábado, 4 de setembro de 2010

Nojentos



Soube hoje pelo jornal Record que a Federação Portuguesa de Futebol não se fez representar no funeral do senhor José Torres. Não sendo uma surpresa total, não deixa de ser chocante. Esqueceram-se, provavelmente, que a antiga glória do Benfica foi internacional português tendo marcado presença e golos não só no Mundial 66, mas também em muitos outros jogos pela selecção de todos nós (mas não minha sff). Mais, foi ainda seleccionador nacional. Tristeza por viver num país onde já nem os mortos conseguem reconhecimento. Quando Madaíl ou Amândio morrerem, irei aos respectivos funerais. E levarei um piaçaba para ajuda-los a ir para baixo.

O clube adiado do outro lado da segunda circular também não merece respeito porque nem ao respeito se dá. Na final da Supertaça de Futsal, que decorre no exacto momento em que escrevo, os adeptos do Sporting vaiaram e entoaram cânticos insultuosos contra o Benfica no minuto de silêncio em memória de José Torres. Espero, sinceramente, que o Benfica tome medidas sérias, exigindo-se, no mínimo, um pedido de desculpas formal por parte do clube de Alvalade, ou até mesmo a hipótese de não enviar bilhetes para o derby da 5ª jornada.

4 comentários:

DeVante disse...

E novidades? Tens?

Que esperar de filhos da puta?

Respeito? Responsabilidade? Educação?

Acorda! É o sistema e a malta submissa que esforça para mostrar serviço (na forma de anti-benfiquismo) ao dono.

De mim só levam o desprezo!

Carrega Benfica, rumo ao 33º!!!

patriarca disse...

Mas de certeza se fosse um dos porcos ou dos osgas que estava lá os Mafiosos da federação em Peso, A culpa não é deles é dos Benfiquistas que ACEITAMOS TUDO de mão beijada e nada fazemos para mudar isto, Já no Entroncamento foi VERGONHOSO o que se passou com as craques dos VERMES SportingOsgas no minuto que deveria ser de silêncio. Aberração o que se está a passar e ninguém faz nada.

In RICORD
04SET10
Ofensas leoninas interrompem homenagem a Torres
Cânticos ofensivos para com o rival Benfica18:
sábado, 4 setembro de 2010
Os momentos que antecederam o apito inicial da Supertaça de Futsal ficaram marcados por momentos menos bonitos protagonizados pelas claques do Sporting. Quando decorria um minuto de silêncio em homenagem a José Torres, vários elementos das claques leoninas entoaram cânticos ofensivos para com o rival de Lisboa.

O público presente no Pavilhão Municipal do Entroncamento, que recebe o jogo decisivo entre Sporting e Belenenses, começou por reagir com aplausos à homenagem, mas poucos segundos depois, alguns elementos das claques "verde e brancas" entoaram cânticos ofensivos para com o Benfica, quebrando o momento de pesar em memória do "Bom Gigante", como era conhecido.

... E NINGUÉM FAZ NADA A ESTAS BESTAS NOJENTAS ???!!!

Águia Preocupada disse...

Perder tempo com essa gentalha é desperdicio.
Deixá-los ser felizes! Se gostam de mostrar serviço ao corrupto mor de contumil e arredores, em troca de um possível 2º lugar na liga, mostra bem a pequenez de ambição dos coitados!

Calabotices disse...

VERGONHA COMPLETA! O piloto-automático não soube ir ao funeral de um dos melhores futebolistas de sempre! Onde está Madail? Onde está Laurentino?
O arenque estará bom?