domingo, 17 de outubro de 2010

Atitude de Taça!

Ao longo dos últimos anos o Benfica tem apresentado resultados negativos na Taça de Portugal, muitas vezes por uma atitude displicente e que em nada glorifica o nome do nosso clube. Ontem, os jogadores provaram que têm arcaboiço psicológico para enfrentar olhos nos olhos sem sobranceria um adversário que no papel e em campo se demonstrou frágil e inferior. E quando há seriedade, há goleada.

Jesus tinha deixado o aviso que não gostava muito da palavra "descanso" e não colocou todas as reservas nesta partida, longe disso. Saviola, Aimar, Luisão, Javi Garcia e Gaitán foram, portanto, titulares, e a eles se juntaram Júlio César na baliza, rendendo Roberto, Sidnei no lugar do internacional David Luiz, Airton a defesa direito, Peixoto na esquerda, Salvio no lugar... no lugar que ainda não tem "dono" como tinha no ano passado e Kardec na frente.Não foi por falta de atitude nossa que o Arouca entrou melhor. Simplesmente tiveram mérito e causaram lances de perigo no primeiro quarto de hora da partida. Depois disso foi Benfica, Benfica e Benfica. O jogo teve pouca história com o Benfica a jogar e a querer ganhar, algo que conseguiu mais que merecidamente. Kardec provou que é um substituto à altura de Cardozo, não vale a pena andar com rodriguinhos, Cardozo é melhor, mas Kardec, mesmo tendo jogado contra uma equipa do segundo escalão, mostrou pormenores e "pormaiores" interessantíssimos, confirmando aquilo que tinha mostrado na pré-época. Gaitán é um miúdo com imensa fantasia nos pés e estes jogos são óptimos para demonstra-lo. Há ali talento em bruto... e erros imbecis à bruta. Passes, muitos deles disparatados, mas que infelizmente deixam os adeptos com aquele frase parva na cabeça: "Ai se ela passa...". Pois, mas não passa, nem passará. Esse tipo de jogadas caracterizavam o Carlos Martins pré-Jesus, e hoje todos preferimos o Carlos Martins de Jesus. Aimar, contra o Arouca ou contra o Barcelona, é classe dos pés à cabeça, e exibe-a como ele sabe, que diferença para o Aimar que chegou aqui em Julho de 2008.

No entanto, há mais dois jogadores que merecem destaque, um pela negativa e outro pela positiva: começando pelo caso-problema, existiu um jogador que conseguiu complicar tudo o que era simples, que não foi capaz sequer de fazer um passe em condições para os colegas, que invariavelmente tinham de se deslocar para onde a bola ia, e que não demonstrou a tal atitude que precisamos nestes jogos de Taça. Sempre que me lembro que saiu um jogador com menos potencial que ele mas que era um exemplo de profissionalismo ao contrário deste atleta... enfim. Quanto ao destaque ela positiva, deu para ver que, apesar dos anos passarem, e de estar naturalmente mais lento e mais pesado, há uma classe nomeadamente na leitura de jogo que apenas mais um ou dois colegas no plantel têm. Há dois lances que mostram precisamente isso, um pouco depois de entrar em que deixa uma bola fácil para Weldon marcar, e outra em que, com apenas um toque e com a ajuda de outro colega, desbarata uma defesa inteira. O futebol simples é belo e eficaz. Merecia mais minutos pois pode ainda resolver jogos e alguns colegas de sector estão em subrendimento.

Vitória merecida e o Benfica segue em frente rumo à "terra prometida" de Jesus, o Jamor, sítio perfeito para passar um domingo de Maio. E conhecendo a paixão de Jesus pela Taça, eu arrisco dizer que com alguma sorte no sorteio, o Benfica tem tudo para estar lá nesse local mágico este ano.

P.S. Fábio Faria e Jara não jogaram porque...

P.S.2 - Parabéns ao Velho Capitão, Mário Wilson, que completa hoje 81 anos.

13 comentários:

Constantino disse...

Imagino que esse destaque negativo seja o Sidnei. Se for (sendo a saida mencionada a do Miguel Vitor) eu corroboro completamente desta opinião. É inadmissivel a estampa fisica que o brasileiro ostenta. Ele que nunca foi um jogador muito energetico, está neste momento com o tempo de reacção de um alcoolizado. è um jogador com imenso potencial mas que me parece acomodado a suplente e nem se dá ao trabalho de lutar pela titularidade. Fosse ele português e nesta altura de certeza que andava a rodar pelo fatima.

Anónimo disse...

E para não variar lá se deram uns estalos no Barnabé tratador da águia (abutre)

JNF disse...

?!

Que comentário é esse? Que se passou?

RC disse...

Deve ter sido por falta de tomar os medicamentos... o médico deve ter avisado a pessoa do comentário que não podia ficar sem os tomar, porque dava nisto...

Anónimo disse...

e o luis filipe?? ninguém fala desse ás do futebol? espalha asneiras cada vez que toca na bola...

dosul disse...

JNF,

ao intervalo houve ali confusão com o barnabé atrás da baliza do topo norte.

VHugo disse...

Mas a atitude só apareceu depois do minuto 20!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/10/continuam-as-farpas-para-desestabilizar.html

Pedro disse...

JNF não é uma questão de a bola passar ou não, a questão é saber se a decisão tomada foi a melhor e muitas vezes é mas, infelizmente, a bola não passa. E daí essa frase "ai se ela passa". Isso acontece com Gaitan ou com Aimar ou com qqr um. Os passes nem sempre entram mas se a decisão for a mais correcta então estamos no bom caminho!!!!

Red INNdiaNN disse...

Grande Benfas, atitude e crer. Quanto ao Barnabé, este exemplo só vem mostrar que existe uma imensa falta de organização e de visão por parte dos stewards. Em relação à Sport tv e o seu estado ditactorial...esse está a acabar, ou então ficam com as calças na mão!!!

JNF disse...

dosul(1) e Pedro(2):

1 - Sim, que houve confusão e isso eu percebi. Até li hoje uma notícia n' A Bola de ontem, mas o que realmente passou, alguém sabe?

2 - É verdade o que dizes, mas a diferença está no facto de Aimar tomar a decisão mais correcta mais (muito mais!) vezes que Gaitán e de executa-la melhor que o compatriota. Gaitan joga bonito, mas não joga inteligente.

Pedrada disse...

Fábio Faria e Jara não jogaram... porque JJ é que é o treinador.

sloml disse...

O que se passou com o Bernabé foi o seguinte: o senhor queria, no intervalo do jogo, ir tirar umas fotos com crianças e a águia no relvado. E... uns stewards não deixaram, tendo mesmo havido confronto físico, com a águia inclusive a cair no chão. O Bernabé ficou com umas escoriações num braço e prometeu que ia apresentar queixa contra os referidos stewards.

Bimbosfera disse...

Portaram-se bem!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com