sábado, 6 de novembro de 2010

Hoje como há um ano

Há quase doze meses, mais precisamente na noite de 20 de Dezembro de 2009, parti para o Estádio da Luz com poucas esperanças, muito provavelmente por racionalizar tudo o que se estava a passar no futebol português, tanto dentro das quatro linhas como fora. O Benfica acabara de empatar com o Olhanense tendo perdido por expulsão Di Maria, por acumulação de amarelos Fábio Coentrão, e por lesão Aimar e Ramires. O empate em Olhão foi sem dúvida um dos piores momentos daquela época, pelo menos vistos à altura, o Benfica tinha empatado com o chamado "Porto C" a menos de uma semana de defrontar o "Porto A". Péssimo jogo em Olhão salvo por um golo já em período de compensação do capitão Nuno Gomes, Benfica a piorar a qualidade de jogo aos poucos, Porto a subir, arbitragens a mostrar já umas tendências esquisitas... ia ser trágico. O empate já era muito bom, pensava eu, como pensavam os meus amigos. Racionalmente, não acreditava que poderia estar feliz no final daquela noite.

Mas se há coisa que o futebol me ensinou é que a racionalidade não existe neste desporto. Há método, há trabalho, há dedicação, mas não há racionalidade. E foi por isso que nessa noite o Benfica venceu. Porque foi melhor, mais metódico, mais trabalhador e mais dedicado. Com o "temível" Hulk no bolso de Peixoto durante 90 minutos, com Martins acabadinho de regressar de uma arreliadora lesão, com Urreta a estrear-se na Liga, o Benfica venceu o Porto porque foi muito superior. Hoje, como há um ano, as minhas esperanças num bom resultado do Benfica são escassas. Hoje, como há um ano, sei que isso não é nada. Basta sermos melhores se tudo correr normalmente. Então sejamos. Sejamos Benfica.

3 comentários:

pedro disse...

boas
1- O benfica tem que ganhar ate 31 de dezembro todos os jogos,é muito importante.


2- Em janeiro comprar um medio esquerdo e um medio central para compensar o javi, quanto ao medio esquerdo podia ser o reys ,ja que temos 25 por cento.

3- SE BENFICA NAO SE REFORÇAR NAO É CAMPEAO.

4-(ultimo)acho uma piada aos portistas,quanto maior,maior a queda, nao se deve cuspir para o ar, principalmente o vilas boas,jorge jesus fez isso e se queimou.

VHugo disse...

Grande molha levei nesse jogo À saída! Mas valeu a pena!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/11/1-de-4.html

FireHead disse...

Pois é, tínhamos o Urreta... que jeito ele poder-nos-ia dar a esta hora. E até mesmo o Schaffer, no lugar do Peixoto...
Não me canso de lamentar, enfim. Quanto ao jogo de amanhã, é possível... e eu acredito.