sábado, 25 de junho de 2011

Carlos Pereira destemido...

 

Não é já a primeira vez, a propósito do caso "Kleber", que o presidente do Clube Sport Marítimo se atira ao Porto, dizendo o que muita gente pensa, mas não tem coragem de afirmar, como podemos observar acima. Desta vez e por causa do arquivamento do processo relativo à queixa dos insulares contra o Porto, alegando aliciamento sobre o jogador, Carlos Pereira não foi de meias palavras :

"Houve branqueamento. A Comissão Disciplinar agiu como o sabão numa máquina de lavar. Como diz o anúncio publicitário de uma marca de sabão, 'branco mais branco não há' e foi isso mesmo que eles fizeram".

Obviamente que o Foculporto depois da eleicção de Fernando Gomes para a Liga de Clubes, tem as costas bem largas, e esta Comissão Disciplinar em nada tem a ver com aquela comandada recentemente por Ricardo Costa. Não foi por acaso que o presidente do Foculporto tudo fez para deitar abaixo a anterior Comissão Disciplinar, porque sabia que não tinha controle sobre ela. De mansinho, surgiu Fernando Gomes, que aparentemente tinha saído em conflicto com o Porto da SAD portista, apresentando a sua candidatura à Liga de Clubes com o Foculporto estrategicamente afastado de qualquer apoio a este. Todo um cenário construído por quem sabemos, com vista a reaver o controle sobre os destinos da Liga de Clubes. O que fez o Benfica? Apoiou numa atitude completamente incompreensível o Nandinho das facturas em vez de se abster como mandava a prudência perante o enredo montado por Pinto da Costa. Vieira que fez da luta contra o «sistema» uma das suas bandeiras, tinha acabado de contribuir para o crescimento dessa máfia bem organizada e com propósitos claros.

Alguém viu Pinto da Costa tecer uma única crítica à Liga de Clubes na época transacta? Porque será tamanho silêncio ensurdecedor depois de toda a tempestade criada no ano em que o Benfica foi campeão? Os frutos da jogada bem planeada de Pinto da Costa, continuam a manifestar-se e desta vez é o Marítimo que prova o gostinho da sujidade do futebol português. Espantou a alguma alma neste país o arquivamento deste processo? Resta a Carlos Pereira esperar pela decisão da FIFA, mas desde já o presidente do Marítimo é das poucas pessoas em Portugal que não tem medo de colocar os pontos no is.

18 comentários:

João Oiveira disse...

O problema está em agora o Marítimo se conseguir manter na primeira Liga. Depois do que Carlos Pereira fez esta época vamos assistir a um sistema a empurrar o Marítimo para a Orangina. E é por esta forma de actuar que maior parte dos clubes lhes presta vassalagem.

Anónimo disse...

patriarca disse:


Porque será que os outros clubes ficam calados perante tamanha ACÇÃO CORRUPTA por parte das Gentes do Porco e a ele ligadas. Porque não agem ???!!
Depois disto qual é a legitimidade da comissão disciplinar para julgar seja o que for cá no burgo ???!!!
NENHUMA, Pois Favorecem o Porco, branqueiam tudo o que ao Porco diz respeito e aos outros Clubes e em especial o Benfica ???!!

Vai ser uma época linda, lá isso vai, com esta cambada de Corruptos Branqueadores.

Anónimo disse...

Triste realidade !

Far !
Importaste que publiquemos aqui :
http://www.facebook.com/pages/Football-Corruption-of-Porto/109286612483409

Merci


Ela.

Far(away) disse...

Existissem mais presidentes de clubes como Carlos Pereira e o polvo teria mais dificuldades em movimentar-se.

CP disse...

Concordo plenamente com o comentário. Durante a época 2010/2011, fruto das divergências com o clube do "papa do norte", o Marítimo começou a saber de que ingredientes se fazem certos resultados futebolísticos. Foram vários os jogos em que teve razões de queixa. Na próxima época, vai continuar a "comer" pela medida grande e não me admiraria que fosse empurrado para a Liga Orangina. É de enaltecer a frontalidade de Carlos Pereira, adoptando uma postura que outros deviam ter. Na eleição de Gomes para liderar a Liga, LFV foi na cantiga. E quando se ventila o nome de um tal Paulo Costa para liderar a arbitragem e o de Baía como possível substituto de Madail, é caso para alguns dirigentes de clubes abrirem os olhos e começarem a agir, porque o que se coloca no Youtube em termos de corrupção nada resolve e apenas serve como mera diversão de quem corrompe e de uma certa comunicação social "cobardolas". Os Costas, os Duartes, os Paixões, os Silvanos, os Martins dos Santos, os Calheiros, os Isidoros, os Pratas, enfim, um imenso rol de "artistas" do apito que estiveram na base de muitas conquistas, foram substituídos por outros e o baile mandado continua. Aguardemos pela nova época e veremos quantos dirigentes é que têm "balls" para vir a terreiro para denunciar tentativas de de suborno, aliciamento de jogadores e casos de arbitragem. Carrega Benfica!

Far(away) disse...

Eu digo-te já a resposta a isso. Quantos? Carlos Pereira e mais nenhum.

Krak disse...

Antevejo tempos difíceis para o Maritimo...

John Wakefield disse...

1- O sr Fernando Gomes não aparece numa das escutas do Apito Dourado? Acho que é naquela que envolve o FCP-Estrela. Ele estava a pedir convites para umas deusas, não era?
Como é que estas pessoas chegam à presidência da Liga? Não deveriam ter um passado afastado de qualquer suspeita?
Eu não tenho problemas em reconhecer que o fcp é neste momento mais forte, mas se numa época, o Benfica for mais forte, terá problemas sérios para alcançar a conquista do campeonato.

2- Já repararam que em todas as competições nacionais (exceptuando a supertaça onde foram até prejudicados) o fcp teve 1a ajudinha.

No campeonato foram bem melhores mas tiveram muitos penalties forçados e o Benfica chegou a ser muito prejudicado no início.

Na taça de Portugal, foram os sorteios sinistros, o golo mal anulado ao Moreirense, a expulsão a pedido do Coentrão no Dragão, a expulsão por amostrar a C. Rodríguez na Luz, o golo de Hulk em fora de jogo e pronto confesso que tivemos no fim 1 penaltie inexistente a nosso favor mas ao contrário dos erros anteriores, não teve qualquer influencia no desfecho da eliminatória.

Na taça da Liga, o fcp tem logo no primeiro jogo, 1 penaltie forçado contra o Nacional e depois nos minutos finais, o Nacional (já a ganhar por 2-1) tem 1 penaltie clamoroso a seu favor e claro aí já houve vista grossa.
E depois quem não se lembra do jogo em Barcelos, onde Beto derruba o avançado do Gil Vicente que leva amarelo por simulação. Expulsão para o GR e penaltie por marcar a favor do Gil.

Por isso, e embora reconhecendo mais uma vez a superioridade indiscutível do fcp em toda a época, espero que pelo menos as arbitragens sejam mais imparciais porque as do ano passado simplesmente não o foram. E já agora o que andam a fazer o Xistra e o Elmano na Primeira Liga?

Far(away) disse...

Acho que o Elmano abandonou a arbitragem, mas outro o substituirá...

Far(away) disse...

Podes publicar numa boa, Ela.

Anónimo disse...

O guardanapo madeirense, assim como o presidente do nacional primeiro que expliquem aos contribuintes como usam o dinheiro do governo regional para pagar jogadores e sustentar os respectivos clubes, enquanto os demais clubes vivem das receitas de tv, público e patrocínios sem apoios do nenhuns de governo nenhum( no fundo, quem sustenta marítimo e nacional somos nós todos, que contribuimos um pouco, pois o dinheiro do gov regional da madeira sai dos nossos bolsos também ).

Consta que os 2 clubes madeirenses da 1ª liga recebem uma verba anual do jardim de mais ou menos 3 milhões de euros cada.O Santa Clara dos açores recebia do governo regional cerca de 1,2 milhões de euros quando na 1ª liga.

A partir daí, depois de tudo em pratos limpos, devidamente assinado pelo sotor juiz e lavrado em tribunal e cartório notarial, pode o guardanapo madeirense aparecer na tv armado em paladino da verdade e da justiça.

Anónimo disse...

Perfeito o comentário acima.

O Carlos Pereira e seu clube patrocinado pelo Jardim deviam competir de igual para igual, já que em todos os outros clubes, as fontes de renda são a tv, os patrocínios e os bilhetes vendidos.

Ele Carlos Pereira tem também estas 3 fontes de renda, MAIS uma VERBA ANUAL do Jardim, isto é concorrência desleal.

Clubes como o Leiria, a Académica e outros na mesma situação do marítimo ( em minúsculas mesmo ) não tem um Jardim à mão, portanto competem com o marítimo (e o nacional ) em desvantagem e deviam DENUNCIAR e INDIGNAREM-SE contra isto.

Sorte dos 3 grandes...e se calhar do Braga e Guimarães, que com excelentes prestações nos últimos anos, conseguem colocar gente nos estádios, obter melhores patrocínios e também verbas extra da UEFA.

Mas sobre este assunto da VERBA do Jardim, nem uma vírgula nos jornais, não é Carlos Pereira?

Far(away) disse...

Mas o que tem isso de ilegal? Se as equipas da Madeira e dos Açores recebem subsídios dos respectivos governos tudo isso é feito dentro da lei. O que isso tem a ver com o post que escrevi?

Zero.

Master Groove disse...

clap...clap...clap!!!

Anónimo disse...

Tanto tempo e tanta net gastou-se (e ainda gasta-se) a falar de branqueamentos, de trafulhices, fruta, cafezinho, disso, daquilo e o que ganhou o Benfica?

2 campeonatos e 3 taças da liga.
É pouco, muito pouco.

Estou farto dessa conversa de comadres solteironas!!!!

Devia a direcção do Benfica tratar de contratar certo, observar bem e equilibrar o plantel ao invés de estar 24 horas por dia a ver o que se passa na casa dos outros.

Os anos passam e os gajos continuam a ganhar tudo dentro e fora de portas e nossos dirigentes sempre com o mesmo paleio, vira o disco e toca o mesmo.

Tantas coisas muito mais importantes para resolver antes do início da época e ainda vamos estar preocupados com um assunto que não diz respeito ao Benfica?Tenham dó!!!

Far(away) disse...

Você é que devia ter dó. Uma coisa não invalida a outra.

Se há coisa que tem sido feita neste blog, é mostrar onde o Benfica tem falhado, e o que pode fazer para melhorar, seja a nível directivo, seja a nível técnico.

helderrocha disse...

Para haver competição igual para todos, primeiro o porto tinha de esqueçar os amigos fora do relvado para conseguir ganhar! como é possivel a tamanha descrepancia na forma como os arbitros marcam faltas e dão amarelos ao benfica, e depois quando é contra o benfica ja são outras regras.

Depois como é que o porto teria conseguido uma época tão gloriosa se lhe tivessem sido desfavoraveis todos os lances de penalti que teve! assim de repente foram tres vitorias por 1-0 com golo de penalti do porto! alguns duvidosos outros claros, mas tivesse msido negados quase todos como foram ao benfica, e assim sim teria-se visto quem era o melhor!

quem está ao lado do porto sabe que tem a proteção, quem esta contra, é candidato a descido, quem está neutro, vai-se safando com mais ou menos dificuldade

talvez com a entrada do fair play financeiro comecem a entrar menos dinheiro no porto e ai as coisas começem a ficar mais complicadas

John Wakefield disse...

Apenas 1 reparo em relação ao sr Fernando Gomes. Não é ele quem pede os convites para umas deusas, mas sim o tal Augusto Araújo, todavia ambos estiveram em contacto e falaram em bilhetes para umas deusas aquando do célebre jogo do fcp-estrela! Se é ou não inocente, se é apenas uma coincidência ou uma manobra lamentável, não o sei dizer com segurança. Mas uma coisa é certa, qualquer presidente deve estar sempre acima de qualquer suspeita. E o sr Fernando Gomes, até pode reunir todos os restantes requisitos exigidos, mas não reúne este que é imprescindível.
Mesmo assim, tenho ainda a esperança de que ele possa fazer um trabalho decente. Mas também mentiria se não tivesse também as minhas dúvidas.