quarta-feira, 29 de junho de 2011

A esperança "Bruno César"


A rubrica "Olho na Águia" aqui no Eterno foi estreada justamente com Bruno César, e desde logo mostrei o meu entusiasmo pela contratação do antigo jogador do Corinthians. Ver Aimar dar a sua opinião sobre o brasileiro apesar de ter tão pouco tempo de treino junto dele, apenas veio confirmar todas as expectativas que deposito neste jogador. Será uma das grandes figuras do Benfica a curto/médio prazo não tenho dúvidas, e felizmente para ele, tem a oportunidade de ter como mestre Pablo Aimar, de poder treinar e futuramente jogar com ele, o que certamente contribuirá para o seu crescimento enquanto jogador. Bruno César será o sucessor natural de El Mago, embora possa desempenhar outras funções, e terá a sorte de aprender com o melhor exemplo possível. Até por isso a renovação de Aimar devia ser considerada uma prioridade a partir deste momento. Quem melhor para enquadrar os mais jovens no clube, do que ele? Para além do que as suas qualidades futebolísticas continuam intactas, basta observar a forma como ainda se dá ao treino e a alegria que deposita no que faz. Bruno César não podia ter tido na sua carreira, melhor sorte.

14 comentários:

Anónimo disse...

Tenho as expectativas baixas em relação ao Bruno César. Pareceu-me muito colado ao estereótipo do futebol brasileiro... oxalá me engane!

TheConQueR disse...

Nunca mais começam os jogos =(

Far(away) disse...

Podes crer TheConQueR, tanto tempo sem Benfica «atrufia» um gajo.

Anónimo, rapidamente verás que o futebol de Bruno César é muito ao estilo europeu, processos simples, boa qualidade de passe, visão de jogo e poder de finalização.

Toneca disse...

é preciso ter mto cuidado com as observações de pré-época, quem tem bom toque de bola, não quer dizer que seja jogador, exemplos disso Balboa, Karyaka e mais meia dúzia de gajos que dão toques na praia!

espero estar enganado, mas o Bruno César faz-me lembrar jogadores como Paulo Nunes e Roger, espero bem enganar-me mas....

Kitnoce disse...

Dia 12 estarei em Nyon para ver o Benfica, matar saudades...yeah...

Far(away) disse...

Nada a ver Toneca, nada a ver. Quem conhece Bruno César bem, sabe o jogador que o Benfica tem em mãos.

Ricardo disse...

Que o Bruno César tem muita qualidade, é inegável. Mas espero que não se comece um processo de endeusamento antes do homem começar a competição a sério.

Far-lhe-ia bem uma progressiva adaptação, com o Aimar a titular. Primeiro, porque o César precisa de se adaptar ao jogo europeu, que dá muito menos espaços do que os que tinha no Brasil e depois porque a posição do César no Brasil era híbrida: ou jogava na ala em 442 ou aproximava-se do avançado. Aqui, só o vejo a 10, mas para isso terá de sentar no banquinho e ir observando, para além do treino específico do Jesus diariamente.

Se o metem de início logo nos primeiros jogos, queima-se e acaba odiado.

Já agora: convinha que se pusesse numa forma física decente.

Mr. Shankly disse...

Por acaso partilho as reservas de outros comentadores. Mas vamos ver, espero estar errado.

Vermelhusco disse...

Far também me lembro de ouvir os mesmos comentários sobre o Roger.
Ver para crer se a ponte aérea não é de volta para o Brasil.

Far(away) disse...

Depois falamos amigos, depois falamos.

Anónimo disse...

E quem joga a 8?
Quem faz o papel do Ramires??
Vamos deixar o Javi Garcia sozinho a defender no meio campo?
Sinto muito mais falta do Ramires do que do di Maria.
Cumprimentos
rm

Far(away) disse...

Em princípio, Enzo Pérez.

H disse...

Eu concordo com a visão do Ricardo. Bruno César é entrar aos poucos na equipa, fazer a sucessão natural de Aimar, rendendo este último quando este já esgotou em campo.

Tal como devia ser com o Carole, isto admitindo que o Coentrao fica mais um epoca.

Alias isto é o que devia ser feito em todas as posições. Gajo experiente, Gajo novo...

p.s. Não vejo o central contratado e fico preocupado! Porque não queria ver o Jardel a titular isto porque não tou a ver o Jesus a puxar alguém da formação pra fazer dupla com o Luisão.

Pedro disse...

E, por acaso, Roger jogou mal????

O problema de Roger foi ser um jogador do Bibi e quando este passou a ser ex-amigo do Vieira, foi corrido do SLB. Simples.

Jogar, Roger jogou à brava.