segunda-feira, 6 de junho de 2011

Olho na Águia: Nemanja Matić


Matić é um futebolista sérvio de 22 anos, que na temporada passada evoluiu no Vitesse da Holanda, por empréstimo do Chelsea, e chega ao Benfica, envolvido na transferência de David Luiz para o clube londrino. Começou por dar os primeiros passos no FK Koloubara no seu país em 2004, e apesar de apenas ter realizado 16 jogos em três épocas, chamou a atenção do clube eslovaco MFK Košice e por aí permaneceu 2 temporadas, jogando regularmente, prova disso os 67 jogos disputados, sendo que marcou 4 golos durante esse período.

Após vencer a taça da Eslováquia pelo Košice ao FC Artmedia, qualificando o clube para as competições europeias, no caso a UEFA Europa League, Matić teve um período à experiência no Middlesbrough, onde não permaneceu muito tempo, pois foi chamado à sua selecção para um jogo com a Dinamarca e posteriormente não retornou ao clube inglês. Mas o seu destino seria mesmo a terra de sua Majestade, e depois de muita especulação, assinou com o Chelsea em Agosto de 2009, sendo muito poucas vezes utilizado (2 jogos), acabando por ser emprestado na temporada passada ao Vitesse, com vista a ter minutos nas pernas, o que aconteceu, como mostra as 27 partidas disputadas na equipa holandesa.

Matić é um médio centro, mas que pode ocupar a posição de médio defensivo ou de médio interior, no Vitesse desempenhou essas duas funções, e chegou mesmo a actuar algumas vezes, mais adiantado no terreno. É um jogador que pelo seu físico 194 cm/83 kg, tem características muito particulares. Imponente fisicamente, tem dificuldades no pique de velocidade, é um futebolista não muito rápido, demora a arrancar, mas que quando o faz, pela sua passada larga, consegue ocupar bem os espaços no campo.

Com um sentido posicional razoável, sabe o que tem que fazer a nível táctico, o que aliado à sua boa capacidade técnica, faz com que seja bastante assertivo nos momentos com bola, nas transições defesa - ataque. Sem bola a coisa funciona de forma diferente, pois é sobretudo um jogador mais posicional do que de procurar o esférico. O seu jogo aéreo é forte, consegue ser muito útil no auxílio à sua defesa nas bolas paradas, e é perigoso a nível ofensivo. Sabe na maior parte das vezes, utilizar bem o seu corpo, embora a sua técnica de cabeceamento no que toca ao remate possa ser mais aprimorada, não faz a diferença na cara do golo como poderia fazer, face às suas qualidades e características físicas.

Lançando um olhar em jeito mais conclusivo, tenho muita dificuldade em perceber como pode encaixar o sérvio no esquema de Jesus. Como médio defensivo, não tem a intensidade necessária para pressionar o adversário, não está no seu ADN andar em constantes correrias na tentativa de recuperar a bola, como muitas vezes vemos Javi fazer. Em termos de marcação, sofre as dificuldades normais, perante jogadores mais rápidos, pelo que não vejo como possa ser um "6" no 4-1-3-2. Como médio mais interior, poderá ser mais útil, mas ainda assim, e perante a sua forma de jogar, será difícil constituir-se como uma opção válida para essa posição. Onde podia render?

Num sistema de duplo pivot, sendo o segundo médio, não tendo tantas preocupações defensivas, podendo ter mais liberdade seja com bola, seja sem ela, oferecendo ao médio mais defensivo uma protecção maior, um pouco à semelhança do que César Peixoto fez no dragão para a taça de Portugal, quando fomos vencer por 2-0. O problema é que raramente o Benfica joga dessa forma, os tempos de Quique já lá vão. Posso estar a ser muito pessimista, mas não acredito muito no sucesso do sérvio no Benfica, sobretudo olhando à nossa forma de jogar, muito mais do que pela sua qualidade como jogador.

Veredicto: Chumbado.

18 comentários:

Filipe disse...

Penso que o JJ vai mudar de táctica, talvez para o 4-3-3 que tentou implementar no inicio desta época passada.

Alexandre disse...

Boas!

Mais uma óptima análise. Nunca o vi jogar, mas pelas informações que recolhi tenho alguma expectativa. Passaram-me a informação que tem qualidade suficiente para se impor facilmente no plantel, ainda que o seu estilo de jogo possa gerar relação amor/ódio dos adeptos.

A minha maior dúvida em relação a ele é o espaço que terá no plantel. Não acreditando que o Jesus abdique do Peixoto (há que considerar que o Carole é novo e o Peixoto muitíssimo útil) e estando pressionado para lançar um ou dois miúdos (David Simão e/ou Miguel Rosa), não vejo bem onde pode encaixar.

Em termos posicionais deram-me a ideia que ele poderá crescer na posição 10 (que, na verdade, é a 8). Essa será a sua posição de origem. Um médio centro ofensivo. Que te parece? É verdade que esses jogadores normalmente não têm quase 2 metros, mas ele é sérvio.

Abraço,
Alexandre

Anónimo disse...

Temos que ver que o jogador tem uma belíssima técnica e passa muito bem a bola tanto passe curto como longo, no que diz ao estilo de jogo do Benfica parece-me que o JJ esta época vai alterar a táctica, é apenas um pressentimento.

Far(away) disse...

Filipe, não acredito que JJ mude de táctica sinceramente. Ainda assim, vamos supor num 4-3-3 este jogador funcionaria melhor.

Alexandre, não vejo como ele possa ter qualquer chance de funcionar como médio ofensivo no Benfica, com Aimar, Bruno César, Martins ou mesmo o Gaitán...

Mentiroso disse...

Só conheço Matic do youtube e a conclusão óbvia a que cheguei não difere da que aqui é retratada. Chumbado é também o meu veredicto.

Estamos repetidamente, ano após ano, a incorrer no mesmo erro. Tomemos como exemplo o caso da saída precipitada de Airton, um jogador muito jovem, titular indiscutível do campeão brasileiro da temporada anterior e que na sua primeira época no Benfica nunca comprometeu. Agora é relegado para dar entrada a este Matic, que não é de forma alguma alternativa a Javi Garcia, embora o plantel esteja a ser construído nessa base e com esse objectivo.

Matic no Benfica para jogar em que posição?

Quem vai substituir Javi nos seus impedimentos?

LD disse...

Far,

Pela descrição que fizeste fez-me lembrar um bocadinho Yebda. Estamos perante um jogador do mesmo estilo?

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Se o Slb jogar em 4-3-3 o Matic pode vir a dar jeito como médio interior esquerdo (já que o Guardado parece afastado) e com o David Simão como alternativa, mas se for para manter a táctica da época passada este nem chega a vestir a camisola...

Far(away) disse...

Mentiroso, concordo em absoluto contigo. Se a ideia for dispensar o Airton, para meter o Matic, ficamos claramente a perder.

LD, um pouco, mas o Yebda consegue ser mais rápido com bola e consegue pressionar mais o adversário quando não tem a bola.

Anónimo disse...

ou seja, é uma fusao de miguel veloso com oscar cardozo.
como é que este manco vem para o Benfica? é inacreditavel o pessimo negocio da venda do david luiz como está provado.
pra ja este jogador nao vale 5 milhoes nem pouco mais ou menos e depois nem de graça ele serviria para o Enorme.
mas depois para nao dar o braço a torcer os responsaveis por estes bons negocios para o clube que compra jogadores ao Maior, vao dispensar o airton para dar vaga a este matic, pois senao o fizessem estariam se a carimbar como incompetentes.
este jogador vai ser um que vai acabar a ser emprestado em janeiro de 2012 ou na epoca 2012/13 porque nao tem qualquer qualidade pra jogar no Benfica e isto ate um cego ve.
a nivel desportivo é uma alarvidade emprestar o airton que é bem melhor que este matic, so pra dar lugar no plantel a um jogador que nao serve minimamente para o Benfica, apenas vai ter que ficar por causa da incompetencia dos negociadores que aceitaram incluir este jogador para poder ver assim sair um central titular no mercado de janeiro juntamente com uns trocos.
mas o pior aqui é que passado uns dias deste negocio ser feito, uma entidade de avaliaçao de jogadores dá o preço deste matic como sendo de 2 milhoes de euros.
entao que raio de negociadores sao estes? ou sao burros, nao conhecem os jogadores e sao enganados com facilidade(incompetentes) ou entao anda aí alguma marosca.
o prejudicado é o clube.
competencia e profissionalismo, devia ser o lema destes negociadores e pelo que se ve, nao é.

Anónimo disse...

brutal seria a vinda do Nemanja... Vidic.

Edu disse...

Com essa do Yebda é que me baralhaste, Far. Pela descrição não fiquei com essa ideia.

O Yebda é um jogador de características mais defensivas, um poço de força mas limitado tecnicamente. O seu grande problema é que muitas das bolas que recuperava, perdia-as logo a seguir. O passe curto era limitado.

Já o Matic, e apenas me focando na tua opinião, pareceu-me um jogador mais técnico e que sabe sair a jogar. No entanto, aparentemente apresenta limitações defensivas.

Realmente também não percebo se realmente é uma aposta do Jesus ou se foi um jogador que veio, à semelhança do Rodrigo mas agora será emprestado.

Teremos que aguardar. Belo texto e boa analise. :)

Benfica é Nosso disse...

Temos de dar tempo e ver como as coisas correm.

http://www.facebook.com/pages/Benfica-%C3%A9-Nosso/208641479174404?sk=wall

Junta-te ao grupo para salvar o Benfica da miséria !

Anónimo disse...

a alternativa viável ao 4 1 3 2 seria o 4 2 3 1, é a melhor forma para os jogos nacionais como para internacionais, a equipa estaria bem sólida e equilibrada.
mas pra isto é preciso jogadores que não o Cardozo no ataque.
não se esqueçam que este sistema em ataque é facilmente um 4 3 3 ou mesmo um 4 2 4, logo apesar de ser uma tactica de apenas 1 ponta de lança não faltariam golos, era só ve los entrar.

GR: Artur
DE: Ansaldi (ou Monreal) (seria Coentrão senão saisse)
DC: Luisão e Garay (ou Dédé ou um que entre de caras na equipa e seja titular insicutivel)
DD: Maxi
Duplo pivot: Javi Garcia como médio defensivo e Rubén Amorim (ou outro com caracteristicas parecidas) como médio de apoio, equilibrador da equipa e para o começo da transição ofensiva.
MC(Ofensivo, organizador de jogo): Aimar
MAE: Nolito (ou Gaitan, ou Urreta)
MAD: Salvio (ou Enzo Perez, ou Nolito, ou Urreta e se o jogo justificasse um medio mais interior ou mais defensivo o Rubén Amorim ou o Danilo fariam bem o lugar)
PL: Bryan Ruiz (ou Lisandro Lopez ou outro com caracteristicas identicas)

como veem haveriam bastantes soluções válidas para o onze e muitas outras para o banco.

Anónimo disse...

esqueci me de incluir o Guardado como Médio Ala Esquerdo com o Nolito, Gaitan e Urreta.

Far(away) disse...

Edu, são jogadores que posicionalmente podem ocupar os mesmos espaços, com a diferença natural de um ser mais apropriado para a esquerda e outro para direita se pensarmos neles como interiores. Como médio defensivo, penso que nem um, nem outro têm as características ideais para o lugar.

Concordo quando dizes que é o Yebda é mais limitado tecnicamente que o Matic, mas em tudo o resto, acho que é melhor, e como sabes, não acho o argelino grande espingarda.

Ricardo disse...

O Jesus deve estar a preparar a mudança para o 433.

Percebo o que dizes no post mas discordo. Acho que Matic vai ser uma das boas surpresas deste ano. Especialmente se mudarmos para o 433.

Anónimo disse...

bem que me cheirou a chumbado


berbejeeeeeeee

Anónimo disse...

Não conheço o Matic, nem a maior parte dos jogadores que tanto se fala para o Glorioso, mas sei que o YEBDA é fraquissimo, que o AIRTON é fraco, que o Peixoto não tem lugar no Benfica e talvez nem nos distritais, que o Roberto tem de sair, que o Julio Cesar é tão fraco quanto o Roberto, que o Jardel é uma contratação falhada, que a vir o DéDÉ apesar de excelente jogador é uma pessíma aposta, dado que é um jogador lento, de marcação e impulsão, para isso está lá o Luisão, com a saída do David Luiz temos de comprar um central rápido que possibilite o Benfica jogar mais à frente no campo.
No meio-campo o Nolito aos 24 anos estava no Barcelona B, o Fernandez que comprámos o ano passado não me parece jogador, o Saviola a jogar como no ano passado mais vale sair, o Kardec é impressionante, tem tdo para ser bom mas não joga nada. O Cardozo esgotou o seu tempo de Benfica, deveria sair.
Em suma, o Benfica que tem uma equipa qualitativamente bem mais fraca que o Porto, tanto técnica, táctica e fisicamente, não me parece estar a reforçar-se da forma mais adequada, para além de que, o preparador fisico do Benfica, às ordens de Jorge Jesus, rebenta com a equipa a 10 jornadas do fim, foi assim no ano do título e também no ano passado.
A continuar assim, com a equipa a começar mal as épocas, a brilhar a meio e a rebentar antes do fim, é muito dificil ser campeão, quando ainda por cima, se muda meio plantel.
O Porto e muita custa dizer isto, tem melhor equipa e melhor treinador, com realce para o preparador fisico, o Porto correu a época inteira sem quebras fisicas, a unica quebra na equipa deles foi a lesão do Falcão, mais uma trapalhada à Benfica e à Vieira.
O Benfica instituição tem de ser superior às pessoas, quando se falha tem de se assumir os erros, o Luis Filipe Vieira não percebe nada de Futebol, passa a vida a tirar o tapete ao Rui Costa a quem impos o treinador Jorge Jesus e, está sempre aconselhado pelo Domingos Soares Oliveira, o qual ganha 25 mil euros/mês no glorioso e, que não quer gastar dinheiro, é do Sporting e de desportos só percebe de Golfe.
Por isso meus amigos e, caros sofredores não se augura nada de novo ou de muito diferente, a não ser expectativa, paixão e emoção.