quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Actualidade...


Nelson Oliveira - hoje, terá mais uma oportunidade para se mostrar, desta vez num jogo na Luz. O entorno poderá ajudar a uma melhor exibição do que as proporcionadas em Portimão, Figueira da Foz e Guimarães.
Para mim, o problema do Nelson tem residido na sua incapacidade de adaptar o seu jogo ao futebol sénior. A sua incapacidade de pensar mais rápido o jogo, segurar e passar a bola com maior velocidade e se convencer que não irá conseguir "enfrentar" 3 ou 4 jogadores como aconteceu na Colômbia.
Espero que hoje demonstre maior maturidade e pragmatismo no seu jogo.

Enzo Pérez - não esperava de forma nenhuma este fim. Cheguei a escrever neste espaço que o objectivo mais realista de LFV seria proporcionar ao Benfica o melhor negócio possível com o jogador. Felizmente, LFV aguentou, pressionou o empresário para fazer com que Enzo Pérez voltasse a Portugal e conseguiu.
O trabalho da direcção com este jogador foi exemplar. Não cedeu às pressões do empresário e do antigo clube do jogador e multou o jogador de forma exemplar. Resta a Enzo Pérez, abordar os treinos como se de jogos se tratassem para voltar às opções de Jesus.
Não tenham dúvidas que é um excelente jogador. Por algum motivo, os dois flanqueadores utilizados no primeiro jogo oficial foram Enzo Pérez e Nico Gaitan. Enzo é craque!

André Almeida - vão ser muitos os que vão torcer para um bom jogo deste rapaz e ainda mais, por uma exibição pobre da sua parte. Há muitos anos que os benfiquistas precisam de encontrar o seu patinho feio na equipa para descarregar as suas frustrações.
Pois bem, este jogador foi lançado no futebol sénior num momento em que o Belenenses estava sem dinheiro e teve que apostar na formação. De todos esses jogadores, Freddy e André Pires foram outros que tiveram essa oportunidade, foi o único que vingou na nossa primeira liga.
No jogo na Luz há dois anos, foi o único jogador que verdadeiramente assumiu o jogo e fez um belo jogo. Passados dois anos, é internacional sub-21 e tem sido opção regular de Rui Jorge. Também foi opção no Leiria durante esta primeira metade da época, clube que se encontra a disputar a permanência na nossa liga. Como sabemos, em clubes com estes objectivos é complicado apostar em jogadores jovens.
É certo que a sua abordagem a alguns lances ainda é alvo de alguma preocupação, mas deixem-no crescer!
O mesmo que acontece com jogadores como Matic e Emerson, tem futebol nos pés e sabem o que lá andam a fazer, algunss desleixos em algumas situações serão corrigidos com o tempo.
Em relação a Jardel, não se pode dizer o mesmo. Como o escrevi, demonstra fragilidades no seu jogo que dificilmente serão corrigidas.
Por fim, os benfiquistas tem que perceber que a constante troca de suplentes é que tem "morto" a saúde financeira do clube. Qual é a necessidade de trocar o Matic por outro jogador? Ficamos com outro jogador que não sabemos o que irá dar e na maioria dos casos, não irá demonstrar um nível muito superior ao jogador que vem substituir. O fundamental é encontrar suplentes com vontade de trabalhar e que não criem problemas no grupo, claro que tem de ser jogadores de um nível razoável/bom. Para mim, Emerson, Matic e André Almeida são jogadores deste tipo.

David Simão - precisa de jogar, e Jesus já demonstrou ter outras opções para o seu lugar. Reconsidero e aceito este empréstimo, a uma das boas equipas do nosso campeonato, a Académica. Espero que faça uns bons 6 meses e regresse.

9 comentários:

Rederx disse...

Acho este o jogo ideal para a estreia de André Almeida. Pelo que já vi, não é um Maxi, mas não complica.

É o jogo certo para ele e vai surpreender.

Depois adicionem o meu blogue sff:
www.sentirbenficavencer.blogspot.com

Cumprimentos
Rederx

Pedro disse...

"O fundamental é encontrar suplentes com vontade de trabalhar e que não criem problemas no grupo, claro que tem de ser jogadores de um nível razoável/bom. Para mim, Emerson, Matic e André Almeida são jogadores deste tipo"

E Jardel tb. Jardel é um suplente que não levanta ondas, que não refila, q sabe o seu lugar no plantel, treina com intensidade e joga com respeito e dignidade pela camisola que enverga. E, muito importante, não compromete.

Realço o que disseste sobre a troca de suplentes. Concordo inteiramente ctg. Trazer por trazer mais vale ficar com os q temos. Ou trazemos alguem claramente melhor que Matic ou deixem lá ficar o míudo. Idem para todos os outros.

xirico disse...

Sem duvida que o empréstimo do David Simão é benéfico,se ele for titular.Com o Adrien em boa forma não estou a ver isso acontecer.Ou será que eles são compatíveis e nesse caso quem sairá do meio campo da Académica?

Bcool973 disse...

Para mim, o problema do Nelson Oliveira é que sempre esteve habituado a fazer um jogo com base na sua capacidade física, aguentando o primeiro choque com os defesas e saíndo em progressão para as lateriais ou em profundidade através da sua capacidade de aceleração. Hoje em dia, perante adversários mais experientes, mesmo que menos fortes fisicamente, e mais fortes fisicamente, após o contacto com os defesas fica desequilibrado perdendo a capacidade para se lhes adiantar. Precisa de crescer fisicamente, como fizeram o Figo, Ronaldo e Nani, ou no caso Benfica o Angelito, antes dele, para que possa pôr em prática toda a sua capacidade técnica e velocidade de execução que lhe permitem fazer a diferença

Bcool973 disse...

Quanto a Matic não critico a sua presença no plantel, acho que não tem as características do trinco e posicionalmente não se sabe colocar, o exemplo da pressão que tens no post seguinte é a prova que não é trinco, pois ao estender a pressão até junto da defesa contrária cria um espaço enorme nas suas costas desprotegendo centrais e laterais, pois o Witsel não está a jogar ao lado dele, está mais à frente. Acho que o Matic é uma solução razoável como alternativa ao Witsel, nunca como alternativa ao Javi

Bcool973 disse...

Emerson é mau. é mau como suplente, é pior como titular. Não tem técnica - má recepção de bola, incapaz de fazer uma finta e de fazer um passe com qualidade. em termos de velocidade temmau arranque, pouco pique e em termos de velocidade máxima é lento. O pé direito é uma nódoa. A cruzar é sofrível. Só sabe defender em antecipação e não em contenção tendo o infeliz hábito de abrir a cueca quando os outros vão cruzar. Não sabe onde é a linha, são fequentes as vezes que sai para fora quando recebe a bola junto á linha.
De positivo tem que tem evoluído na forma como se envolve no ataque, já não atrapalhando o ala e fazendo o overlapping ao contrário do início de época, tem uma boa condição física, é umm bom profissional e não levanta problemas no balneário.
Sinceramente será que estes pontos positivos chegam para dar a titularidade a um jogador do Benfica? se a resposta fôr sim então o nível de mediocridade que estamos a aceitar é ao nível do rojas e sinceramente acho que já não estamos nesse nível de exigência

Bcool973 disse...

Do André Almeida apenas tenho a expectativa de ver como se enquadra na equipa, sendo certo que não é um lateral, rais parta o Jesus com as suas adaptações, pois tem características semelhantes ao Amorim, que apesar de banido da equipa, num arrastar de uma situação inexplicável e inaceitável, fazia falata ao Benfica. Gostava de ver o André Almeida a trinco em vez de o Matic

JNF disse...

Adicionado.

PB disse...

Pedro, acho que o Jardel compromete a equipa em muitos momentos. Sobretudo com a bola nos pés, coisa que, no meu entender, não pode acontecer a um jogador de equipa grande. Não pode ter medo de ter a bola e não pode falhar.

Cumps!