sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

César Peixoto

César Peixoto e o Benfica chegaram a acordo para a rescisão de contrato. O médio/lateral esquerdo português abandona assim as águias após duas épocas e meia ao serviço do clube. Estando longe de ser o craque que prometera em início de carreira, César Peixoto era um jogador regular e com uma capacidade técnica invejável. Trabalhador, dava o que podia e conseguia em campo. Sem a velocidade de outrora, compensava pelo bom posicionamento e pela capacidade em segurar jogo, algo importantíssimo e tantas vezes negligenciado pelos adeptos. Ainda me recordo da sua entrada em Eindhoven, frente ao PSV, que veio estabilizar uma equipa inconstante e insegura.

Apesar de não gostar de jogar a lateral, era aí que eu gostava mais de o ver actuar. Em forma e com ritmo de jogo, era melhor que Emerson. E não se pense que digo isto porque é agora que se vai embora ou para xingar o brasileiro. Podem procurar na barra de pesquisa se não acreditarem. Também é com jogadores low profile como Peixoto de que se fazem os campeões. Obrigado e boa sorte.

6 comentários:

L. disse...

sim, boa sorte. mas convem nao esquedcer que foi o cesar peixoto que se por a ele proprio nesta situacao, dizendo nao admitir continuar a jogar como lateral. e nesse momento para mim ele foi finito.

Edu disse...

Tenho uma opinião contrária. Acho que o Peixoto nas alas já não faz bem o lugar. É verdade que no centro não é nem nunca foi o seu "habitat natural" e onde se formou como jogador.

Mas, pela sua técnica, capacidade posicional e leitura de jogo em contraste com falta de velocidade e lentidão a executar, parece-me que se daria sempre melhor a equilibrar o meio campo, ora como médio centro ora como interior.

A lateral é que não gosto mesmo de o ver.

Mas são opiniões, percebo o teu ponto de vista.

Abraço

Francisco disse...

Os seus melhores jogos foram a médio, ao lado de Javi. PSV como disseste e bem, e lembro-me também do 2-0 no ladrão.


A lateral era fraco. Vê-lo em Gelsenkirchen por exemplo... Acho que era um dos melhores executantes de bolas paradas do plantel, a par de Aimar. Tinha bons pés.Pena os joelhos....

FMH disse...

Concordo em quase tudo o que dizes, menos na parte em que dizes que o Peixoto é melhor que o Emerson. Além de mais o Peixoto já nem 90 minutos aguenta.

Este ano ainda podia ter sido aproveitado, lembro-me o ano passado do brilhante jogo que fez no dragão, secou o Belluschi e ainda deu uma ajuda ao Fábio a tapar o lado esquerdo. Era o patinho feito, mas tal como Cardozo, para quem sabe ver realmente o futebol, era um jogador importante.

John Wakefield disse...

Caro JNF, discordo apenas quando dizes que ele era possuidor duma capacidade técnica invejável...
Mas era de facto muito útil. Tacticamente era um jogador com um posicionamento adequado e que, apesar de não conferir um estilo vistoso ao jogo do Benfica, imprimia alguma experiência e maturidade.
Não creio que fosse muito regular, tinha fases boas e más. Mas posso destacar o grande jogo contra o PSV e FCP (taça de Portugal - 1º mão) para além do Benfica 1 Porto 0, de 2009-2010, aonde com inúmeras baixas, Peixoto limpou tudo e foi um dos melhores em campo.

MS disse...

Peixoto veio para o Benfica numa altura em que procuravamos claramente um lateral esquerdo. Veio para ser leateral esquerdo; nao veio para ser medio ou extremo esquerdo. A partir do momento que se recusa a jogar na posicao para a qual foi contratado, nao faz sentido mante-lo.
Elogio o seu comportamento no clube ate essa recusa (tirando uma ou outra ida ao cinema de Havaianas e unhas do spes pintadas) e as declaracoes na saida.

Boa sorte