domingo, 18 de março de 2012

É preciso sofrer tantos golos em casa?


Benfica 3-1 Feirense
Benfica 2-1 V. Guimarães
Benfica 4-1 Académica
Benfica 4-1 Paços de Ferreira
Benfica 2-1 Olhanense
Benfica 1-0 Sporting
Benfica 5-1 Rio Ave
Benfica 4-1 V. Setúbal
Benfica 3-1 Gil Vicente
Benfica 4-1 Nacional
Benfica 2-3 FC Porto
Benfica 3-1 Beira-Mar

Estou muito satisfeito por ver que temos 11 vitórias em 12 jogos realizados na Luz até agora. No entanto, a média de golos sofridos por jogo em casa é superior a um. E dos 12 encontros realizados na Luz, apenas o Sporting ficou em branco. Qual a necessidade de sofrer tantos golos sabendo que temos uma das melhores defesas da Europa?

14 comentários:

Anónimo disse...

temos uma das melhores defesas da europa? estão a contar com o emerson para essa caracterização... não faz sentido dizer que temos uma das melhores defesas da europa quando num post antes dizes que o gajo não vale nada (que não vale)

John Wakefield disse...

De facto, existe qualquer coisa que não bate bem... Ou sofremos um golo porque entramos mal no jogo, ou porque decidimos relaxar e consentimos o golo de honra ao adversário. Há qualquer coisa que está a falhar. Tem valido o nosso ataque que é o melhor do campeonato visto que temos mais golos apontados.

PMM disse...

Caro JNF isto parece o querer implicar a toda a força. Quer dizer em casa para todas as competições só a equipa do Proença nos derrotou para o campeonato ganhamos todos os outros jogos mas aí que sofremos muitos golos.
Bella Gutman dizia que não se importava sofrer 4 golos desde que marca-se 5, estou com ele o que quero é ganhar e se for por 1-0 tem o mesmo valor se for 5-4 os pontos são os mesmos.
Com Jesus temos um aproveitamento dos jogos em casa fantástico, nos ultimos 3 anos ir á Luz para os Rios Aves, ou Navais já não é motivo de esperança é motivo para recear uma goleada. Lembro-me com Quique era o Deus nos acuda (acho que só á Lagartagem ganhamos por mais de 1 golo) onde qualquer Penafiel nos punha em sentido (estava na 2ª B e só perdeu nos penaltis), com Camacho os empates eram o prato do casa (até com o ultimo). Com Jesus isso acabou as proprias equipas têm consciência disso. Quantas goleadas temos nos ultimos 3 anos? Quantas equipas aqui foram trocidadas quando antes conseguiam bons jogos? Isso é que é importante. Sofrer ou não golos é secundário, o importante é ganhar.

JNF disse...

Anónimo(1) e PMM(2):

1 - um jogador não faz uma defesa. Para o seu nível, o United, o City e o Real também têm jogadores muito maus no sector defensivo (Evans, Kompany e Arbeloa) e não deixam de ter das melhores defesas.

2 - É isso mesmo, é vontade de implicar. Está tudo bem, está sempre tudo bem e estará sempre tudo bem.

EFS disse...

O sofrer golos não pode ser visto unicamente como uma questão da defesa. É uma questão da forma como a equipa defende e como e onde perde/recupera a bola. E depois há logicamente o mérito dos adversários. E depois há os golos esquisitos (como o 3.º do Porto e o do Nacional, apenas para referir exemplos recentes).
A questão é que o Benfica é muito ofensivo em casa e por isso também se expõe mais a contra-ataques (temos mais golos sofridos em casa que fora). Mas tb basta ver o nosso score: 11 vitórias e 1 derrota em 12 jogos; 37 marcados e 13 sofridos. E conforme a lista publicada no post indica, na generalidade dos jogos sofremos 1 golo e marcamos 3 ou mais - e aqui entra tb a "gestão" de esforço e do resultado. E neste ponto, o que me parece é que este Benfica não sabe fazer gestão de posse de bola. Somos bons (algumas vezes muito bons) no jogo rápido, mas na posse de bola (e não considero o passar a bola para o lado constantemente, na defesa, como a forma de fazer isso) não somos muito bons. E até teremos alguns jogadores com capacidade para o fazer bem.

GuachosVermelhos disse...

Eu acho que a culpa é do Roberto!

NN_SLB disse...

JNF, Kompany mau? Evans mau? Arbeloa mau?

Não sei o que é pior, compara-los ao Emerson, ou dizer que são maus dax, Kompany é dos melhores centrais a jogar em Inglaterra , Evans é uma futura promessa que pode vir a ser bom jogador, e Arbeloa, vai só a selecção campeã do mundo, é inferior ao Ramos sim, agora mau é outra coisa!

Emerson deu um golo ao Beira Mar esta sexta , é um nabo, não tem técnica, não tem garra, não tem inteligência, o que lhe vale é mais o físico, Só o Jesus é que não ve --'

NN_SLB disse...

Melhor secalhar é dizerem que o Evans é mau, mas no entanto vêem no M.Vitor um futuro do crl.

RockDaLinha disse...

Os unicos que ainda recuperam são o Aimar e o Witsel. E quem defende é o Luisão, Maxi, Garay e Javi. A quantidade de jogadores que o Benfica tem no 11 que nem se quer metem o pé é uma das razões para sofrer tantos golos.

JNF disse...

EFS, Guachos e NN_SLB:

1 - Isso vai ao encontro do que disse há uns dias: este Benfica, na minha opinião, defende mal. Sobretudo nas transições, porque defende com poucos jogadores e permite enormes clareiras que são facilmente aproveitáveis.

2 - Roberto não era parte da solução de certeza. Não se pode apagar da cabeça os frangos que deu e os lances em que comprometeu. Não servia e ponto final, nem há grande discussão quanto a isso, acho eu. Basta ver a quantidade de vezes que Artur este ano já nos safou e quantas vezes foi mal batido. Depois compara-se com Roberto e vemos que Artur é melhor.

3 - São fracos tendo como termo de comparação as defesas em que estão inseridos. E mesmo a nível individual, não merecem o hype que se gerou em torno de alguns (Kompany e Evans então é gritante). Quanto ao MV, não é seguramente a oitava maravilha do mundo, mas para o Benfica é um central muito regular e eficaz como provou durante a época com Quique e que merece sem dúvida o papel de terceiro central do plantel.

jose garcia disse...

completamente de acordo com o EFS

Bcool973 disse...

Acho que não temos assim uma defesa tão boa como a pintam ...
Maxi é muito ofensivo e fica muito espaço nas suas costas ... Emerson é mau, ponto final, muito pior que Kompany, que no City é melhor que Lescott ou a outra abécula que por lá têm, Arbeloa no Real é o Emerson lá do sítio, com a diferença de estar a jogar adaptado, o Evans fora de Inglaterra é fraco, mas para as competições inglesas dá para o gasto e com os mentores que tem pode evoluir pois é jovem e o terceiro central (o Emerson acho que já tem 26 e é titular).
Javi não chega para tapar os buracos dos dois lados e quando joga o Matic em vez do Javi, então ainda maiores buracos temos defensivamente.
Se jogarem Bruno César e Gaitán, não há pressão sobre os adversários quando se perde a bola e facilmente são feitos lançamentos para as costas dos laterais.
E não fosse Artur (excepto o jogo com o Porto) e tínhamos mais golos sofridos, nem quero imaginar quantos teríamos sofrido com o Roberto na baliza.
Acima de tudo acho que a cultura de ataque sem grande preocupação defensiva que o Jesus imprime à equipa é responsável pelo 3-1 de média que temos em casa

Anónimo disse...

Temos o quê? Kompany muito mau? Estamos conversados.

JNF disse...

Não, o Companhia é fantástico. Um central de top. Ridículo.