sábado, 2 de junho de 2012

Preparar 2012/2013 - Médios direitos

O Benfica terminou a época com apenas um médio direito (que nem médio direito é), Bruno César. Contratado para ser o "substituto" de Pablo Aimar, o jogador que no Brasil representou o Corinthians acabou por ser encostado à direita por falta de opções para o local. Urreta não foi aproveitado, Enzo Pérez foi de férias para a terra dele após birra incompreensível e assim Zanaki ficou com a vaga, livre de concorrência.

Bruno César - demorou até convencer, mas conseguiu impôr-se e foi, a meu ver, um dos melhores jogadores esta época. Chegou semi-incógnito e com barriguinha, o suficiente para ser chumbado aos olhos dos adeptos ainda antes de tocar na bola. Mas assim que começou a jogar e a marcar, convenceu. Tecnicamente forte, muito bom a executar, e a aparecer nos momentos decisivos, Bruno César subiu a pulso, ganhou o lugar e foi conquistando a opinião mesmo dos adeptos mais cépticos. Alia aos atributos técnicos a velocidade e ainda a capacidade de luta, nunca dando um lance por perdido. Surpreendeu-me pela positiva.

6 comentários:

PB disse...

Vi 20 min dum treino na BTV. 1o ou 2o treina da época do Benfica. Ele ficou da equipa do Aimar. Vi-o tocar e trocar de bola 3,4x nesse bocadinho e tirei logo as minhas conclusões. É fantástico. E ainda tem muito mais para dar.

Anónimo disse...

Estamos ja a considerar a Saida de Gaitan?

JNF disse...

Condiero o Gaitán médio esquerdo. Melhor dizendo, ele é mais um "10", mas no Benfica jogou a maior parte do tempo na esquerda.

Anónimo disse...

Anda assim, Gaitan fez grande parte da epoca a medio Direito. Devia ser incluído como tal. Seja como for, precisamos de alternativas.

B Cool disse...

Não concordo contigo JNF, acho que o Gaitán jogou a maior parte do tempo a médio direito. Então e o Djaló ?

JNF disse...

Ao longo das duas épocas em que cá esteve, Gaitán fez muito mais jogo à esquerda que à direita, daí não estar aqui incluído. Djaló, a meu ver, é avançado.