segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Sob a batuta do Maestro!

O Benfica está cada vez melhor!
E os benfiquistas sentem-no.... A cada passe, a cada corte, a cada intercepção.
Está cada vez mais afinado, mecanizado, trabalha com alma e alegria, e os golos vêm atrás, trazendo as saborosas vitórias consigo.

Perante 35 mil pessoas, o Benfica não entrou bem, e deu mesmo um quarto de hora de avanço aos figuirenses, mas o forte pontapé do reforço Cristian "Cebola" Rodriguez, pôs a chorar a Naval, e colocou o SLB na rota da vitória, que seria conseguida de forma clara e segura, tendo pelo meio momentos de empolgamento e classe, com "Mono" Pereira, qual formiguinha trabalhadora, sempre em prol da equipa, Di María a fazer de cigarra nesta fábula, a cantar para a plateia com aquele pé esquerdo que faz magia, "Cebola", possante e raçudo, e com uma técnica e remate apurados, todos afinados sob a batuta do Maestro, o Senhor Rui Costa, o Senhor Benfica!

Ganharam ânimo os comandados de Camacho com o belo golo do ex-PSG, e chegaram ao 2º, através duma jogada fabulosa colectiva dos encarnados, que culminou num golão do camisa 10, depois dum excelente passe de Luis Filipe...
Até ao intervalo, não tiramos o pé do acelarador, e o resultado só não se avolumou por acaso.
Para a segunda parte entrada de leão, muito pressionante a todo o terreno e sufocando os comandados de Chaló, tendo chegado 3-0 final, por Nuno Gomes (já é Bestial outra vez?), depois de um passe fantástico de Rui Costa a desmarcar Rodriguez pela esquerda, que cruzou atrasado pelo ar para a cabeça do 21, que finalizou com classe!

Tudo corria bem, até ao minuto 75, quando o azar bateu à nossa porta...O incansável Petit, o nosso Pitbull lesionou-se, e já se sabe que ele não é de manhas. Já se adivinhava, paragem para 2 meses, 3 dias antes de San Siro!
Porca miséria! Só mesmo uma lesão podia estragar a noite...A noite de Rodriguez, de Di Maria, mas fundamentalmente do nosso Maestro, o Divino Rui...O Rui que personifica o Benfica em si...
Lindo, aquele momento de sintonia e empatia com o povo encarnado que cantava "E salta Rui, e salta Rui", e ele saltou mesmo...À Benfiquista :)

De realçar ainda a estreia do brasileiro Edcarlos, sem podermos tirar grandes conclusões, pois para a defesa a noite foi tranquila, até porque se alguém falhar está lá o Super-Quim! A rever...

Agora, é sentir o regresso da Champions, e logo com um histórico Milan - Benfica!
Eu cá estou confiante, mesmo sem David Luiz, Zoro, Petit e o Xerifão.

Vamos lá Benfica...Hay que Salir a Ganar!

1 comentário:

You'll never walk alone disse...

Um golo é sempre importante,mas não é somente um que faria agora o Nuno Gomes voltar a ser bestial (porém também não é pelos falhados que passa a ser besta).