segunda-feira, 17 de março de 2008

Não está assim tão mau que não possa piorar...

O Benfica apresentava-se na Madeira ainda desfalcado (mas não tanto como o Marítimo) com o objectivo de recuperar o segundo posto da tabela, perdido na sexta-feira para o Vitória SC. Chalana surpreendeu tudo e todos com um onze, no mínimo, sui generis: deixou Rui Costa no banco, possivelmente por falta de condição física devido ao confronto com o Getafe, utilizou apenas um ponta-de-lança (Óscar Cardozo) e colocou nas faixas quatro jogadores de características defensivas, Léo e Nélson como laterais, Sepsi e Luís Filipe como extremos. Perante o resultado podemos dizer que o mister não acertou na aposta.

O Benfica voltou a mostrar as suas duas versões: na primeira parte, a de Mr. Jekyll, conseguindo trocar a bola a toda a largura do campo, tendo o jogo aparentemente dominado. Assim sendo, e apesar das diversas oportunidades do Marítimo, não foi de estranhar que após um bom cruzamento de Sepsi, Cardozo tenha inaugurado, de cabeça, o marcador, fazendo o seu 19º golo este ano, ficando a apenas um dos que prometera aquando da sua aquisição. Até final da primeira parte, a toada manteve-se e o Benfica chegou aos balneários como justo vencedor.



Na segunda parte, eis Mr.Hyde, a face negra deste Benfica. Uma equip com medo de jogar à bola, tentando manter a magra vantagem de apenas um golo e confiar na sorte de não sofrer, algo que é difícil quando se tem Edcarlos a central. A passividade e monotonia deste jogo só foi quebrada com a entrada de Rui Costa que permitiu uma maior movimentação e liberdade para os dois sul-americanos mais avançados, Rodríguez e Cardozo. Porém esse ânimo e essa tentativa de chegar ao segundo golo esbarraram no contra-ataque maritimista, que produziu um rápido lance na esquerda por Ytalo, jovem da equipa B, que fez gato-sapato de Edcarlos, o pior central dos últimos 10 anos. O empate era perfeitamente justo tal a monotonia do Benfica no segundo tempo.



Até final destaque ainda para as entradas de Maxi Pereira e de Nuno Gomes que renderam os desgastados Sepsi e Petit respectivamente, mas tais substituições não tiveram quaisquer efeitos no jogo. Nota ainda para um livre perigoso de Tacuara que embateu nas malhas laterais da baliza de Marcos e para a braçadeira de capitão do Benfica que acabou no braço de Léo, sinal de confiança e, quem sabe, um pouco de "graxa" para ver se a renovação se dá.

Ficha de jogo

Bwin Liga - 23ª jornada
Estádio dos Barreiros, Funchal
Assistência: Cerca de 10 000 espectadores
Árbitro: Bruno Paixão (AF Setúbal)

CS Marítimo

Marcos; Ricardo Esteves (Briguel, 50 min), Gregory, van der Linden e Evaldo; Bruno (cap.), Olberdam, Marcinho, Mossoró e Fábio Felício (Djalma, 62 min); Baba (Ytalo, 73 min)
Suplentes não utilizados: Grassi, Anderson, João Luiz e João Guilherme
Treinador: Sebastião Lazaroni

SL Benfica

Quim; Nélson, Katsouranis, Edcarlos e Léo; Petit (cap.) (Nuno Gomes, 80 min), Binya, Luís Filipe (Rui Costa, 60 min), Cristian Rodriguez e Sepsi (Maxi Pereira, 72 min); Cardozo
Suplentes não utilizados: Butt, Wagner, André Carvalhas e Makukula
Treinador: Fernando Chalana

Discplina: cartão amarelo a Bruno (82 min); Binya (70 min), Katsouranis (72 min) e Maxi Pereira (86 min)

Marcador: 0-1 por Cardozo (26 min); 1-1 por Ytalo (75 min)

Melhor em campo: Léo (SL Benfica)

4 comentários:

Anónimo disse...

para mim o melhor em campo do Benfica foi o Sepsi ou o Cardozo, embora o Leo tb estivesse bem...

DiaboVermelho disse...

é só rir este benfica!
Como é possivel permitirem o golo do empate daquela forma?

Anónimo disse...

e o benfica tinha um banco de luxo em Getafe...Sheu Eusébio Rui Aguas e Chalana...

Francisco disse...

Não percebo os comentários sobre a graxa. Eu não entendo é porque é que ninguém fala do ED Carlos, como é possível um jogador internacional ser batido por um jogador da equipa B de uma equipa B.
Isto é que é lamentável. Mas enfim, ningu´´em percebe o que se passa com a equipa médica do Benfica. ´Ninguém levou para lá um nutricionista equilibrado que não os deixasse comer aquilo que querem em Inglaterra até o norwich um lube da liga B tem um nutricionista, um psicologo e vários méicos e preparadores fisicos. Aqui é isto que é uma vergonha, não sabem comer, nem preparar ou fazer correr e aquecimento como deve ser