quinta-feira, 17 de setembro de 2009

O outro plantel - Os Emprestados (I)

São, pelas minhas contas, 28 os jogadores que o Benfica tem a rodar em clubes portugueses ou estrangeiros, de primeira ou segunda divisão. Destes 28 - praticamente um plantel - a idade e qualidade variam muito. Possivelmente, poucos serão os que ainda possam vir a dar um contributo importante para o nosso clube. É a pensar neste outro plantel que inicio uma série de cinco posts sobre "Os Emprestados".

Sepsi Contratado como promessa para a lateral esquerda da defesa, Sepsi chegou ao Benfica na janela de transferências de 2008, com José Antonio Camacho. Tapado por Léo, não conseguiu convencer na sua primeira passagem na Luz, sendo emprestado ao Racing Santander, em Espanha. Neste [curto] regresso de pré-época, não convenceu Jesus. Na minha opinião, Sepsi nunca será um grande jogador. Mediano, como há tantos por aí. Não vale a pena manter o romeno, nem para suplente, porque para isso há muito bom jogador português, até para defesa-esquerdo, que pode fazer esse lugar.

Leandro Um jogador que desconheço perfeitamente. Contratado ao Coritiba este Verão, foi imediatamente emprestado ao Vitória Sport Clube, onde ainda não se conseguiu impor (e para ser sincero, penso que não vai conseguir, dada a qualidade do plantel vimarenense). Participou no campeonato Sudamericano sub-20, mas nem sei se foi titular. A não ser que tenha um desenvolvimento semelhante ao de David Luiz, penso que terá dificuldade em ficar na Luz.

Leandro Pimenta Tenho grandes esperanças relativamente a este jogador. No campo, apresenta uma maturidade táctica (até pareço o Freitas Lobo...) fora do normal para um júnior. Não é propriamente rápido, mas a sua visão de jogo, o passe, a colocação, são de um profissional. Vai longe se jogar com alguma regularidade no Beira-Mar, clube que o tem por empréstimo.

Makukula Não tão mau como a maior parte dos benfiquista o julga, nem tão bom como o próprio pensa que é (dizem que se acha o maior). Pessoalmente, não acredito que tenha qualidade para ser titular, como é obvio, mas não escondo que acho-o um suplente muito razoável. Tem força, bom jogo aéreo, mais técnica e velocidade que, por exemplo Cardozo, mas teve o azar de chegar ao Benfica numa fase conturbada do clube. Deveria ter uma segunda oportunidade, que Jesus não deu. Penso que poderia ser muito útil ao clube.

Walter Moraes Quem? Pois, também não faço ideia quem seja. Lembro-me da sua contratação, mas nunca chegou a calçar as luvas, e penso que, já com 22 anos, se ainda não deu minimamente nas vistas, também não será agora que o conseguirá fazer. Claro que um guarda-redes pode evoluir até mais tarde que um jogador de campo, mas na Olhanense foi sempre 3ª opção e, actualmente no 12 Octubre, do Paraguai, não é titular. Deve ter sido contratado com base nos seus 2,03 metros de altura.

David Simão O seu talento é inegável. Muito bem constituído fisicamente para um jogador da sua posição (médio-ofensivo, 1,83 metros, 80 kilos), David Simão deu sempre nas vistas enquanto jogava nas camadas jovens do Benfica. Foi titular em grande parte da época 2008/2009, ano do título de juniores, mas acabou por sair do onze na fase final por opção técnica de João Alves. No entanto, como sabemos, muitas vezes o talento anda a par da preguiça, ou de alguma falta de empenho ou profissionalismo. David foi alvo dessas críticas. Se são ou não verdadeiras... não sei. Dos 6 jogos do Fátima, participou nos 3 da Liga, no da Taça, onde até marcou, e não foi opção para a Taça da Liga. Estes dados evidenciam a importância do jovem na equipa.

5 comentários:

João Soares disse...

Leandro Pimentaa mim faz-me lembrar o Tiago (actualmente na Juventus) a jogar...Tem aquele estilo, que parece muito molengão, mas tem uma técnica fenomenal...Também tenho muitas esperanças nele!!!!!!
Quanto ao Leandro, defesa-central emprestado ao Vitória, temos de ter calma, o rapaz chegou ao clube na semana anterior ao jogo contra o BENFICA, mas já foi titular a semana passada e até marcou um golo!!!!!!
Só não concordo na tua afirmação sobre o Makukula ter mais técnica que o Cardozo, isso não concordo nada de nada!!!!!!

Bruno Venâncio disse...

Excelente exercício que vale muito a pena fazer, para separar o trigo do joio. Destes 6 que aqui postaste, apenas mandava embora só com bilhete de ida o Sepsi. Tenho uma opinião semelhante à tua no que respeita ao Makukula e os outros 4 nunca os vi jogar, portanto até ver não tenho opinião formada.

Bruno Venâncio disse...

Oh João, quem marcou o golo a semana passada foi o Gustavo Lazzaretti...

Hattori Hanzo disse...

Concordo contigo em parte: os dois jovens portugueses são incógnitas ainda, não se sabe se evoluirão ou não; Makukula poderia servir em alguns jogos, mas já foi queimado e a maioria dos adeptos não o acha sequer um jogador útil; de Sepsi gostei dele quando chegou, acho que é um jogador até evoluído tacticamente, mas as duas pré-épocas foram muito más e presumo que não volte, até porque me parece que ele próprio não quererá fazer; quanto aos dois brasileiros foram daqueles (muitos) negócios que o Benfica fez nos últimos anos que não se compreendem para além de esbanjar dinheiro, duvido que alguma vez representem o Benfica e tenho muitas dúvidas na sua qualidade.

João Soares disse...

Tem razão Sr. Bruno Venâncio, não sei porquê, mas fiquei com a ideia que tinha sido o Leandro!!!!!!!!!!!!!!!