quarta-feira, 17 de março de 2010

«Abençoada suspensão de Javi Garcia»

Foi o que pensei quando vi Airton jogar. Acabado de fazer 20 anos, Airton parecia já um senhor-jogador, um patrão de um meio-campo que parecia conhecer há uma década. Seguro, com bom toque de bola, rápido, conseguiu em dois jogos sofrer 8 faltas, se não estou em erro, e cometer apenas 2, o que num médio-defensivo é digno de registo. Há males que vêm por bem, e a suspensão de Javi Garcia, que parecia ser um grave problema, constituiu um passo importante rumo ao título, pois além de o espanhol poder descansar, ganhámos um jogador. E que jogador!

Com apenas 19 anos era titular no Flamengo que conseguiu ser campeão ao cabo de quase duas décadas. Agressivo, por vezes em excesso, se Airton souber moderar a impetuosidade que lhe é apontada no Brasil, acredito que poderemos estar na presença de um futuro craque de craveira mundial.

7 comentários:

Éter disse...

Eu dava-lhe a titularidade no Algarve, sem medo nenhum.

Jotas disse...

Também me parece um miúdo cheio de talento e enorme margem de progressão, mas Javi é Javi e é um senhor jogador.

Tasmaniapt disse...

gostava de os ver em dupla Airton-Javi.....
Saudações gloriosas :D

teenagewasteland disse...

Se fosse o trapattoni o nosso treinador ja os tinhas visto. E à frente deles r amorim e ramires lol

Kitnoce disse...

Este Airton...francamente, muito bom ! Gostei da sua maneira de jogar, simples. Falhou poucos passes, deixou sempre a bola em condições aos colegas. Muito boa primeira impressão...deixar crescer mas qualidade parece não faltar !

António Pista disse...

Eu acredito e vocês?

http://aguia-de-ouro.blogspot.com

sloml disse...

Subscrevo inteiramente.