domingo, 7 de março de 2010

Óscar Cardozo: quem te viu e quem te vê!

Chegou no Verão de 2007, num mercado de transferências marcado por muitas movimentações para os lados da Luz. Vinha de rotulado de craque, dizia-se que tinha um pé esquerdo fabuloso e os 9 milhões que tinha custado obrigavam-no a mostrar serviço. Quem era, afinal de contas, este avançado paraguaio?

Chegou, viu e... não venceu. Pelo menos no imediato. Os golos iam surgindo, mas parecia um corpo estranho no meio de uma equipa desequilibrada, fruto da destruição de um plantel, com as saídas de Simão, Miccoli, Manuel Fernandes e Karagounis. Com um Di Maria ainda muito imaturo, Maxi à procura de saber onde jogava, Petit e Katsouranis em baixo rendimento, David Luiz lesionado, Léo sem ser o jogador de outras épocas, Cardozo foi dos melhores, numa época em que os melhores foram apenas "menos maus". Lento, muito lento, parado, só queria a bola no pé esquerdo. O pé direito, coitado, só servia para andar. Cabeça? Sim, quer dizer, se ninguém o estivesse a marcar podia resultar, de outra maneira era difícil. Lembram-se do falhanço em San Siro?

Era um Cardozo amorfo quando jogava fora da área. Da pequena área, talvez. Mas nós sabíamos que, quando a bola vinha redondinha para o pé esquerdo, estava lá dentro. Aquele amigável frente ao Cluj mostrou isso mesmo. Havia ali jogador! Mas como trabalha-lo no meio dos cacos? Cardozo era claramente jogador de um toque só, o último. Empurrar a bola para a baliza.

Hoje a situação é bem diferente: aquele 1,93m não ajuda muito à mobilidade, excepto Van Basten não me lembro de nenhum jogador muito alto com grande técnica, mas Cardozo é hoje um jogador diferente para bem melhor. Há coisas inalteráveis, como a falta de velocidade, mas o jogo aéreo foi substancialmente melhorado. Já marcou vários golos de cabeça esta época. Já consegue vir buscar mais jogo fora da área. Consegue fazer passes de ruptura para a velocidade dos extremos. O pé direito, dizem, já foi visto a trabalhar, imaginem, só! E o mais curioso disto tudo é que Cardozo conseguiu faze-lo sem deixar de ser o goleador temido, prova disso é o número de tentos esta temporada, que é a sua melhor de sempre. Ao contrário de Nuno Gomes, tal como os números provam, Cardozo tornou-se mais jogador sem perda de rendimento em frente à baliza. Mantém o killer-instinct. E isso agradece-se. Parabéns, Tacuara.

11 comentários:

dezazucr disse...

Ibrahimovic, CRonaldo, Berbatov, Crouch :)

JNF disse...

Crouch? Bah... só porque marca de pontapé de bicicleta e faz o robot? Berbatov não gosto. Ronaldo não é assim tão alto... Ibra sim.

Vermelhusco disse...

O Ibrahimovic foi bem lembrado. O Crouch e um flop que so tem hipoteses de jogar numa equipa inglesa. Se fosse portugues nao tinha passado da 2a divisao B.

Gostei muito deste artigo e as imagens apresentadas estao fantasticas. Nao sei que tipo de tratamento fizeste as imagens mas parrecem fotografias antigas. Gostei especialmente da segunda.
Podias disponibilizar essa imagem numa resolucao maior?

Bugz disse...

van Hooijdonk. Penso que poderá ser um bom exemplo.

JNF disse...

Vermelhusco(1) e Bugz(2):

1 - sou um nabo em termos informáticos. A primeira imagem é do Sigmund, aqui do blog, e já fora publicada em 2007 aquando da chegada de Cardozo ao SLB. A segunda retirei do fórum Ser Benfiquista, é o festejo do golo de Cardozo no Everton - Benfica.

2 - Hmm... sim, o ViDonk era de facto bom, mas não era a agilidade em pessoa. Mas era ágil, ok, tens razão.

Éter disse...

Jesus fez do Cardozo um avançado de topo, e sinceramente preocupa-me muito mais a sua saída do que as de Di María, Ramires, David Luiz ou Javi. O Tacuara é fundamental!

Quanto a jogadores muito altos com pouca técnica, Ibra tem 1,95m e há poucos no Mundo com a técnica dele. Há um vídeo dele a dar toques com uma pastilha elástica que é de um gajo ficar estupefacto.

JD disse...

Alto e com técnica...Tore Andre Flo. E o Ibra, claro!

Ou o Gullit, que tinha 1,90. Ou era mais baixo?

JNF disse...

Gullit sim, Flo...

Pedro disse...

Excelente post!!!

Valter disse...

A nível de jogadores altos e com técnica: Ibrahimovic, Adriano.

E agora o momento all-bran: Brian Dean. :)

Anónimo disse...

nwankwo kanu e kanoute