sexta-feira, 18 de junho de 2010

Aos heróis nascidos entre 1982 e 1992

Os anos negros do Benfica ficarão marcados para sempre na história do clube. O Benfica tem, entre 1994 e 2004 a parte mais escura da sua história, com apenas uma Taça de Portugal conquistada, tanto quanto o Beira-Mar em igual período, menos que Porto, Sporting e até Boavista.

É igualmente curioso que, mesmo nessa geração que refiro no título do post, não houve grande perda de simpatizantes e adeptos do nosso clube. Mesmo com uma infância e adolescência carregadas de memórias e recordações traumáticas, mesmo com o facto de serem gozados todas as segundas-feiras nas escolas, o "ser benfiquista" falou mais alto e resistiram a tudo isso. Em Lisboa, no sul, no norte, especialmente na cidade do Porto, onde ser benfiquista não é, de todo, fácil.

Por isso, a todos os heróis nascidos entre 1982 e 1992:

- parabéns por terem suportado ladrões como João Vale e Azevedo e Manuel Damásio, que minaram, arrasaram e cuspiram no símbolo da águia;

- parabéns por terem aguentado o "Porto-Papão", o que conquistou cinco campeonatos seguidos e esteve à beira de conquistar um sexto precisamente por nossa causa, por uma vitória em Alvalade aos 89';

- parabéns por terem resistido ao verem aquele "Super-Sporting" com Jardel e João Vieira Pinto, que ameaçava seguir o bom registo conseguido pelo Porto anos antes;

- parabéns por terem resistido à suprema humilhação de passar a ser chamado de 4º clube português, atrás dos dois rivais de sempre mas também do Boavista;

- parabéns por terem suportado todos os golos de Jardel e as suas noites de glória, muitas delas conseguidas às nossas custas;

- parabéns por suportarem os "heróis de ocasião", Gaúcho, Toedtli, Tanque Silva e tantos outros que causaram noites de pesadelos intermináveis;

- parabéns por terem resistido à suprma humilhação de perder, perante toda a Europa, com o Celta de Vigo por esclarecedores 7-0;

- parabéns por suportar derrotas humilhantes em casa com o Alverca (0-2), Leiria (0-2), Salgueiros (3-4), Gondomar (0-1), Porto (0-5);

- parabéns por terem aguentado o pior jogo em casa, aquele célebre 0-3 com o Boavista na Luz, na estreia dos craques Harkness e Gary Charles, numa exibição absolutamente tenebrosa de Paulo Madeira;

- parabéns por terem percebido que, com a vitória do Sporting em 2000, o Porto afinal de contas não era imbatível;

- parabéns por suportar a pior época de sempre, um ridículo e miserável sexto lugar, atrás do Braga e da União de Leiria, treinada por um treinador que dispensámos poucos meses antes;

- parabéns por suportar derrotas europeias com os colossos Bastia e Halmstads;

- parabéns por terem ouvir e aguentar estoicamente aquelas piadas foleiras do "Seremos Leiloados Brevemente" ou do "já não tenho dedos nas mãos para te cumprimentar";

- parabéns por aguentar 10 derrotas consecutivas nas Antas, estádio onde já entrávamos já derrotados à partida;

- parabéns por terem suportado os roubos de igreja de que fomos vítimas, como aquele célebre jogo do golo do Kandaurov, ou o mergulhão de Jardel na Luz depois de se ter encostado a Caneira;

- parabéns por aguentar as famosas maldições do "Caldeirão" dos Barreiros, do 1º de Maio, do Bessa e dos Arcos;

- parabéns por terem assistido à conferência de imprensa onde Rushfeldt foi apresentado, aguentando a humilhação dos dias seguintes;

- parabéns por aguentarem, todas as segundas-feiras, as provocações dos rivais após todos os jogos mal sucedidos;

- parabéns por terem aguentado a novela Luzhny e tudo o que essa contratação do ex-futuro-jogador encarnado trouxe ao clube;

- parabéns aguentarem, ao olhar para o campo, ver a armada inglesa de Souness, King, Panduru, Tahar, Hadrioui, Glenn Hélder, Paulão, Pringle, Akwá, Leónidas, José Soares, Okunowo, Bossio, Chano, Andrade, Luís Carlos, Ronaldo, Paulo Madeira, Marco Freitas, Sérgio Nunes, Rojas, Uribe, Escalona, Machairidis, Tote, Mawete Júnior, Dudic, Toy, André, Diogo Luís, Toni, Quim Berto, Pesaresi, Cabral, Peixe, Cristiano, Éder, Nuno Santos e Thornton;

- parabéns por terem aguentado a táctica do pirilau de Autuori e as bebedeiras de Greame Souness, a idiotice crónica de Jupp Heynckes;

- parabéns por terem aguentado ver na televisão a campanha que pedia dinheiro para salvar o Benfica, num acto desesperado de pedinchice;

- parabéns por, numa idade tão difícil como a infância e sobretudo a adolescência, onde os gostos e a paixão clubística podem ser colocados em causa, terem-se mantido fiéis a um clube superior a um país, bandeira, ou religião;

- parabéns por terem percebido que o título ganho este ano é um princípio e não um fim de um ciclo, de um ciclo que se espera recheado de vitórias, um ciclo que deve ser feito e continuado ao contrário do que aconteceu em 1994/1995 e 2005/2006.

Heróis somos todos nós, nascidos entre 1982 e 1992, que tivemos de "suportar" o pior Benfica da História, que fomos gozados "n" vezes, e que mesmo assim, no meio da adversidade e do sucesso dos outros, mantivemo-nos fiéis ao Benfica, numa idade tão difícil.

P.S. Este post foi feito com base em vários relatos de muitos benfiquistas do grande fórum Ser Benfiquista. A todos eles, a todos nós, os meus parabéns.

29 comentários:

João Batista disse...

Obrigado.

Para mim, que nasci em 1990, passei muitos mais bocados, porque desde os sete/oito anos que tinha plena noção do que via. Lembro-me perfeitamente de ver todos os jogos do Benfica já com essa idade.

Foi dificil, mas em nenhum momento pus em causa o meu Benfiquismo!

-=amadorjp=- disse...

Eu sou um nascido no exacto ano de 1982 e passei por muito do que se diz aqui, mas como Benfiquista, sou diferente dos demais, tendo tido sempre consciência de que mesmo com o pior Benfica da sua vasta história, o Benfica é e sempre será o Maior Clube do Mundo.

A vantagem de ser do Benfica é que podemos sempre recordar os momentos mais Gloriosos e saborear o Benfica verdadeiro.

Este ano, e sobretudo na festa do título e na semana que se seguiu, todos percebemos que o Benfica quer tornar esta vitória num ciclo, começando desde logo por assegurar o comando técnico (ao contrário do que se fez as duas últimas vitórias).

Tal como o colega anterior... em momento algum, pus em causa o meu clube do coração. Sou do Benfica e isso me envaidece!

luis disse...

Que post arrepiante!

Vermelhusco disse...

Obrigado!!

A minha infancia foi muito dificil de suportar... Nasci e vivi em Lisboa ate aos 7 anos, e tenho lembrancas do Eestadio da Luz desde miudo.
Depois mudei-me para guimaraes e foi um martirio suportar a gozacao durante anos e anos a fio.
Mas suportei e tenho imenso orgulho em ser benfiquista!

O pior passou em 2005. A partir voltamos a ganhar titulos e felizmente as coisas estao a endireitar.

Anónimo disse...

Adorei o post! EH!EH!EH! nasci em 71 e curti 3 finais europeias, a mão de Vata, o Penalty do Maniche aos 2min do SLB-Liverpool, o Ricardo Gomes, Moser, Valdo, Elzo, Paneira, Néné, Shéu, Pietra, ...o César Brito nas Antas!, o Isaias!... o Rui Costa, o menino d'ouro, ... o rádio de pilhas!... Adoro o Meu BENFICA !!!!...nasci e sempre morei no...coração da cidade Invicta! :-D...quem é Lampião? Quem é!? EU!

O GLORIOSO disse...

JNF o que te foste lembrar ainda mais no dia de hoje faz anos em que ganhamos a taça Latina.
Pois é foram anos negros de pesadelo mas diga-se foram anos que acho que ajudaram a perceber a grandeza do maior clube do mundo. Só um gigante pode suportar Damasios, Vale Azevedos, Souness, Heynckes e regenerar-se e voltar á sua essencia de Clube Mitico e vencedor. Só um clube como o nosso Glorioso pode passar por tudo isso e continuar a ser o que é o maior clube do Mundo. E diga-se tudo graças aos proprios benfiquistas que como desde a fundação até hoje sempre foram e seram o verdadeiro suporte e trave do clube o qual tenho muito orgulho em pertencer.
Falas de jogos de pesadelo que curiosamente assisti a quase todos ao vivo (acho que só o 5-0 com os corruptos não estive na catedral pois foi em Setembro e estava de ferias) mas olha nunca deixei de ter orgulho no meu clube (clube não pessoas), nunca deixei de ser socio e pagar quotas, nunca deixei de defender o Glorioso mesmo com o coração em fanicos.
É também historia do clube e por muito que custe temos de aceitar até para nãp cometer os mesmo erros.
Já agora dos jogadores que falas um tal Tanque Silva do Beira-Mar bisou em 2005 no ano do titulo. Foi diga-se esse jogo que para mim nos deu o titulo com a reacção do Luisão na sala de imprensa foi a click para o campeonato: "vamos ver quem vai fazer a festa no fim".

P.S- Há uma historia que ouvi e li que nunca vou esquecer. No dia após os 7-0 de Vigo um miudo foi para a escola com a camisola do Glorioso vestida com a frase "até podiam ser 20". Isto é que é o verdadeiro Benfica. É por isto que somos os maiores e unicos.

VHugo disse...

Eu nasci em 1981 e passei por isso tudo também!!!!Foi tenebroso!!!!

madne0 disse...

Nascido em 84 e vivi no Porto (bem, Gaia e Porto) a vida toda.

Pior momento? Foi mesmo o 7-0...ainda me lembro de ir para a escola no dia seguinte.

Honra lhes seja feita, nem os meus colegas andrades gozaram comigo.

TInham pena!

E isso ainda foi pior...

Gonçalo Teixeira disse...

Sem dúvida, o que marca mais é os sete de vigo. Não há dia seguinte, nesse dia não existimos simplesmente. Não é azia, é total apatia.

E também sou aqui de 90 como o João acima.

Viva o Benfica Pós-período negro!!!

Anónimo disse...

Obrigado pelos parabéns, mas agora de nada vale comiserarmo-nos pelo que de mau se passou.
Foram maus bocados e sei bem o que me custaram, mas desengane-se quem pensa que mudámos o ciclo (já estou farto de ciclos) só pela conquista deste campeonato. O trabalho e as dificuldades acabaram de começar.
Abraço,
Zé Amaral

a.m. disse...

um período muito escuro que pouco conseguiu acompanhar devido ao facto que vivo no estrangeiro e sem a net nao houve muitas possibilidades de seguir o que se passava.
por isso tb da minha parte os meus sentimentos aos que aguentaram e sempre foram à luz.

FSilva disse...

Nasci em '92 e ate fiquei borrado com este post, havia aqui coisas de q ja nem me lembrava, talvez por tentar suprimir tempos de grande tormento pq ja desde miudo q era um agarrado do benfica...

A campanha para salva o benfica então...

Vermelhusco disse...

Vi os 7 de vigo ate ao fim e a conter as lagrimas. Foi das piores experiencias da minha e foi dos momentos mais revoltantes da minha vida.

Anónimo disse...

A meu ver o pior momento não foram os 7-0 em Vigo, mas sim os 5-0 na Luz contra o Porto. Que noite… Mesmo assim ainda tive forças para puxar pelo nosso Glorioso juntamente com os restantes elementos dos NN.

Parabéns também aos heróis que tal como eu nasceram em 81.

Éter disse...

Nasci em 77, portanto ainda tenho belas recordações de antes da "Idade das Trevas". Realmente para quem nasceu depois da primeira metade dos anos 80 não deve ter sido nada fácil suportar a adolescência, principalmente quando nessa idade a vontade é partir para o murro e pontapé quando nos irritam.

P.S. Acho que é Luzhny e não Luhzni, como escreveste. Ele acabou por ir para o Arsenal, se não me engano.

sloml disse...

Eu sou de 88 e comecei a ligar a sério a futebol (e ao Benfica desde logo, por influência do meu pai) precisamente no início da época 94/95, logo a seguir ao título de 93/94. Vê lá o que sofri.

Anónimo disse...

nascia outra vez em 86 e não mudava absolutamente nada! nem que esses anos do benfica fossem mais negros. o benfica nasceu comigo!!

Anónimo disse...

Já que falamos de momento negro... VELOSO A FALHAR O PENALTY !!! (qual 7-0 com o Celta...) isso é que foi sofrimento :-(

Pedro disse...

Só não concordo com a parte de Vale e Azevedo de resto, parabéns a todos vós nascidos entre 1982 e 1992...e porque não parabens a todos nós benfiquistas que nunca desistimos e sempre tivemos ao lado do nosso grande clube?

VIVA O BENFICA!!

oibaf disse...

Também nasci em 82 que quando começei a ganhar consciencia de mim e do que me rodeava via um tal clube Benfica suportado pelo meu avô sempre a ganhar sejam jogos a feijoes ou nao.

Depois da epoca 93/94 que foi uma das mais brilhantes que vi do Benfica veio esse periodo negro que só me traz reolta e más recordações.

Revolta porque muita gente enriqueceu com essas trocas de jogadores mediocres, que escorraçaram o Benfica sem olhar a meios.

Ver o PorCo sempre a ganhar e ve-los esta ultima epoca igual a si proprios mas com outra concorrencia em cima faz-me pensar que se não tivessemos tido incompetentes á frente do clube nessa epoca negra o FC Corrupto nem calçava.

JNF disse...

Pedro,

escrevi este post dedicado aos de 82-92 por uma razão muito simples: infância e adolescência, idades mais susceptíveis de cederem à mudança clubística. Aos que se mantiveram fiéis, este post é para eles.

Carlos disse...

Obrigado! Um dos posts q até agr li q mais sentido faz. Nasci em 1986 e muito sofri. Perdemos muitos adeptos por causa disto, mas pelo menos deu para ver quem era fiel e quem n o era.

Cumprimentos!

Pedro disse...

Eu percebi JNF, mas já q estou numa de parabens, vão parabens para todos!!!
:)

Sérgio disse...

Como benfiquista do Norte nascido em 1985 agradeço este post.

Aquilo que nos manteve benfiquistas (se é que é possível pôr as coisas assim, benfiquista uma vez, benfiquista para sempre) foi a certeza de sermos os maiores e, por incrível que pareça, o anti-benfiquismo. Por muito mal que andássemos olhámos sempre de cima para outros que construíram a sua identidade a partir de nós. Apesar de tanto "sofrimento" faço um balanço positivo de todos estes anos.

Sir_Luis disse...

Grande Grande Grande post! Eu sou de 86, por isso pertenço a essa geração que sofreu a bom sofrer com as derrotas do Benfica. A mais marcante foi sem duvida os 7-0. Lembro-me do jogo, da chegada à escola no dia seguinte e dos dias que se seguiram como se fosse hoje... Mas o Benfica é muito maior do que isso. Todos os adeptos do Benfica, independentemente da geração a que pertençam, sofrem, sentem, amam o Benfica com o mesmo amor e a mesma dedicação. Ser do Benfica não é apenas ter um clube para apoiar, não é apenas dizer "sou do Benfica", não é apenas sentir o hino como quem sente um arrepio na espinha, não é apenas admirar o voo da Vitória, não é apenas ir ao estádio e sentir que a nossa família cresceu exponencialmente e que, em dias de casa cheia, passamos a ter mais 65 mil irmãos de SANGUE. Ser do Benfica é ter a chama imensa dentro de cada um de nós, é sentir o bater de cada um dos corações dos nossos heróis em campo e dar-lhes, se fosse preciso, o nosso coração para eles correrem mais, chutarem mais, marcarem mais golos. O Benfica é muito mais do que cada um de nós possa descrever. Quando me tentam incutir a ideia que celebrar os golos como um louco pode fazer com que tenha um ataque eu digo apenas. "Se morresse por VIVER um golo do Benfica...morria absolutamente FELIZ".
Abraço a todos

Anónimo disse...

O arrepiado que não estou depois de ler tudo o que foi aqui escrito.
Nasci em 86 e o meu benfiquismo é feito de fé sofrimento e história.
Agora é tempo de voltarmos aos momentos gloriosos.

P.S. Tive dois "amigos" meus que mudaram para o sporting. Nunca mais os olhei da mesma forma. Fdx ainda me sinto indginado cada vez que penso nisto.

XerifBill

Dav1d disse...

Tenho 24 anos,a caminho dos 25,ou seja,1985 foi o meu ano de nascimento. Sim um ano antes,penso eu,de termos ido há final da Taça dos Campeõe. Anos esses que nem foram assim tao mau. Penso que as decadencias começaram mesmo na decada de 90,nomeadamente a partir da era Artur Jorge. Sofri,e chegou a ver alturas que via os jogos e como miudo que era tinha sempre a ilusao que o Benfica ia conseguir dar a volta aos jogos,e que todos esses jogadores que referes erao bons jogadores independente dos resultados,enfim coisas da miudagem.

Mas o que sempre me importou é que gostava do benfica,mesmo tendo uma mae sportinguista e tendo uns amigos do meu pai que me levaram algumas vezes a alvalade numa tentativa falhada de me fazer ser lagarto ( ainda bem que nao fui enganado ) até porque na altura o meu pai fez me socio do Alverca numa tentativa de acabar com as confusoes. Mais tarde fiz me socio do SLB e nunca me passou pela cabeça de ser de outro clube,é um amor que nao se explica e um ódio aos outros clubes que consome qualquer possibilidade que pudesse haver para ser adepto desses mesmos clube.

FOrça SLB sempre em frente contra tudo e contra todos.

Anónimo disse...

não sei como é possivel ainda existirem benfiquistas que afirmam que o vale e azevedo fez bem ao benfica... é escandaloso. se no benfica existisse a inquisição, estavam bem fodidos...

Anónimo disse...

I needed to thank you for this great read!! I certainly enjoyed every bit of it.
I've got you book marked to look at new things you post…
My page :: football news articles