domingo, 5 de setembro de 2010

10 anos, 10 obras






Estádio da Luz, Caixa Futebol Campus, revitalização do Jornal O Benfica, Revista Mística, Kit Sócio, Benfica TV, Campeão 2005, dois Pavilhões Desportivos, regresso aos títulos em 2004 e Jorge Jesus. Dez "obras" que marcam os dez anos que Luís Filipe Vieira no Sport Lisboa e Benfica. Não somos ingratos nem "antis", reconhecemos o trabalho que fez, no entanto, isso não nos impede de manter o espírito crítico. Lamentamos por quem não compreende isso, até porque nem nos conhecem. Um bem haja a todos.

9 comentários:

jomanuel disse...

mantenham o espírito critico.

GeracaoBenfica disse...

10 ANOS???? MAS VILARINHO NÃO FOI PRESIDENTE DO BENFICA????

Isto para não dizer que...

O título do Trapattoni (que LFV quis despedir) é obra de LFV... é um bocadinho arrojado!

E o Jornal do Benfica? Há quantos anos temos Jornal? Felizmente alguem teve a coragem de por fim às capas sobre Pinto da Costa que recentemente faziam o jornal.

O Estádio e o Caixa Futebol Campus são sem duvida obras de LFV... mas muito haveria para dizer sobre isso.

É um presidente que trouxe muitas coisas boas, muitas mesmo... mas que tem muitas, mas mesmo muitas coisas (talvez mais até do que as boas) para melhorar.

JNF disse...

Ninguém disse o contrário, Geração, nesse teu último parágrafo. É verdade. Mas todos sabemos que mesmo quando Vilarinho era o presidente, havia um homem forte por trás dele, como havia o Marquês de Pombal atrás de D. José, etc etc etc. Há muita coisa para falar. E da mesma forma que sei que há muita coisa que Vieira deve mudar, na minha opinião, há muito crédito que lhe deve ser dado.

Não percebo é todo o extremismo que se assiste em muitos blogs, em muitas opiniões.

Anónimo disse...

GeracaoBenfica, o LFV quis despedir o Trapattoni? LOL O LFV tem coisas para melhorar, mas creio que o teu benfiquismo precisa de uma reforma. Vamos a apoiar pá!

Portillo disse...

Sim o LFV e restante direcção quiseram por várias vezes através da convocação de plenários dos órgãos socias do clube despedir o Trapattoni... Valeu-nos o homem forte por trás do Vieira

GeracaoBenfica disse...

Ah entao o Vilarinho virou fantoche? Fica sabendo que nao era o Vieira o homem forte dessa presidência. O homem forte era Vitor Santos (Bibi). Sim esse.

Deveremos ficar envergonhados? Pois, depende da perspectiva que quisermos olhar o caso...

JNF disse...

Mas quem é que disse que Vilarinho era fantoche? Vocês lêem coisas...

Pedro Veloso disse...

A revitalização das modalidades (como o basket) e afirmação de outras (tricampeonato e UEFA Futsal Cup no futsal) foi um ponto muito importante a meu ver. Com uma palavra especial para o Fernando Tavares, que depois até saiu.

Bimbosfera disse...

Fora de coisas pessoais, porque efectivamente não nos conhecemos, só destas lides, e eu conheço ainda menos LFV, concordo com o post, e digo que sim, que há mérito, como digo que é muito provável que ele tenha desejado despedir Trap, como mandou Fernando Santos embora, como isto, como aquilo, como o outro. Ele está lá para dirigir, com votos de 90 e tal porcento dos que votaram. Organizem-se mostrem alternativas decentes se não estão contentes. Portanto, de acordo com praticamente tudo, inclusive comentários de várias «cores», Vieiristas e não-Vieiristas.

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com