terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Lapidar nº 31

"O que o Ricardo e o Sá Pinto me dizem é que o Luisão marcou o golo com a mão e no final do jogo o senhor Manolo Vidal, responsável pelo futebol do Sporting, deu-me os parabéns, enquanto o José Peseiro foi excepcional e disse que eu não saía do jogo com qualquer peso de consciência".

"Disse-me que me tinha desfeito todo quando falou aos jornalistas e que afinal tinha visto bem o lance e que eu tinha decidido bem".

"Disse-lhe que iria ter uma oportunidade para se emenda mas quatro dias depois o Sporting jogava a final da Taça UEFA e era necessário naquela altura recuperar o guarda-redes do Sporting".

"O lance só começou a ser eventualmente falta na 2.ª feira e uma mentira dita muitas vezes passa a ser verdade para alguns".

"Terei tido algum raio cósmico que me ajudou a decidir esse lance e tenho a consciência que serei sempre conhecido por esse falso erro".

Paulo Paraty


Não que as declarações constituam novidade, aliás, quem se lembra do que aconteceu poucos dias depois do 14 de Maio de 2005 recordar-se-á que estas declarações foram do conhecimento público e que além de Manolo Vidal houve um vice-presidente do Sporting (que era... Filipe Soares Franco) que tinha também reconhecido que o clube estava a fazer mais uma figura triste procurando razão num caso em que não tinha. Mas oh meu Deus! E agora? O que vai ser das centenas de milhar de sportinguistas que juram a pés juntos e gritam histericamente, ainda hoje, passados sete anos, que esse campeonato lhes foi roubado? Suicídios em massa? Não sei não. Pelo menos há um, o não-caucasiano, que parece que bateu com a moleirinha nas paredes e começou a dizer o que lhe ia na alma. Daqui a bocado ainda ouço o Ernesto das Modalidades da Silva dizer que gostava de ser benfiquista e que esse seu desejo reprimido é que o leva à conduta deplorável que ainda hoje tem.

3 comentários:

Tasmaniapt disse...

a verdade é que é semprefacil culpar o arbitro ele é só um e os jogadores são tantos!!
Por isso raramente comento arbitragens porque gosto de ver os lances e analisa-los com imparcialidade...e as vezes até o Benfica acabava com 10 ou 9 jopgadores em campo porque não ADMITO que jogadores que ganham FORTUNAS desrespeitem os arbitros...com empurros, berros, "peitadas", apontar de dedos, pedidos de cartões...enfim e não é só no Benfica!!

Bimbosfera disse...

Confesso que me passou ao lado... Deve ser de andar desaparecido há uns tempos! Isto é alguma coisa a ver com o Costinha?

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

JNF disse...

Não, não se relaciona com o Costinha, foi numa palestra que o Paraty deu que aproveitou para dizer aquilo.