segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

O importante é ganhar

Jogando bem ou jogando mal, com um golaço de pé direito num remate fortíssimo a trinta metros da baliza ou marcando de costas num ressalto depois de sofrer durante 90 minutos, o importante é ganhar, desde que não seja preciso marcar com a mão, certo? Apesar de o Benfica não ter feito um jogo brilhante, aliás, esteve encostado às cordas por alguns minutos nesta partida, o objectivo foi alcançado, com a 15ª vitória consecutiva em provas internas, a oitava no campeonato.

Num terreno tradicionalmente difícil e frente a uma equipa (e um treinador) bem experientes e de valia, o Benfica soube ser mais forte que o Vitória e levar de vencida os sadinos num jogo que requeriu uma força mental acima do normal, pois mais do que massacrar foi preciso saber sofrer, resistir e atacar no momento certo. Este era um jogo em que a equipa teria de mostrar se tinha maturidade ou não. E tem. Foi mais um teste passado com distinção.

Destaques individuais para o capitão Luisão, a atravessar um dos melhores momentos da sua carreira, rubricando exibições de elevada qualidade em série, mas também temos de dar destaque aos dois argentinos contratados a título definitivo no defeso, Nico Gaitán, autor do primeiro golo e que deu seguimento à boa exibição no Dragão, e também para Franco Jara, que voltou a entrar e a marcar o seu golito da praxe, assumindo-se cada vez mais como a primeira alternativa à dupla Cardozo-Saviola.

Três pontos, segundo lugar mais que assegurado e agora há que acender umas velinhas para ver se o Porto perde pontos na próxima jornada, em Braga. Pode ser que, pode ser que, vamos ver se.

7 comentários:

Anónimo disse...

o Porto perder em Braga?? É que é já a seguir. Eles preferem perder e receber 1 camião de jogadores no final da época.

Quanto ao nosso jogo, não me recordo de uma equipa jogar com a arreganho, a roçar a violência, com o clube dos corruptos, com fez o Setúbal ontem. Sinceramente não me recordo...

GNR

Tasmaniapt disse...

Concordo quase na totalidade do texto. O Jara será sempre um bom substituto para o Saviola especialemnte quando os jogos começam a ser "durinhos" como foi o de ontem especialmente na 2ª parte e é um miudo que tem vindo a ganhar consciencia do que é o JOGAR no Benfica!!!
O Porto pode (vai) vir a perder pontos mas não será contra o Braga...Só me lembro de um jogo que o Braga "roubou" pontos ao Porto e foi depois do Domingos ter tido a consciencia que não seria o substituto de Jesualdo :-D
O Gaitan ainda não me conquistou mas se continuar a melhorar como até aqui darei a mão à palmatória :-D
Saudações

DMC disse...

Sobre o jogo,alguém me explica o porquê do golo anulado ao Javi?
O Gaitan está a melhorar muito mas não pode sob forma alguma perder golos como numa das ultimas jogadas..
De resto bom jogo.. Fico só a pensar em como seria caso aquele primeiro não tivesse acontecido..a coisa estava a afigurar-se complicada.
Quanto ao Porto poderá ser que na altura da champions percam alguns porque senão os perdem sem Falcão, de certeza que com ele em campo não os vão perder..pelo menos os suficientes..
cumps

joão bobe disse...

não sei. vejo o porto a jogar mal desde que ganhou ao benfica, mas o que é certo é que para a liga só ganha mesmo assim, acho que temos de nos focar na LIGA EUROPA.

H. disse...

Aquando do golo de Jara, aqueles miúdos que se vê atrás da baliza a festejar o golo serão os apanha-bolas do Setúbal?

David Duarte disse...

O Braga vai fazer tudo para ganhar ao Porto (não sejam paranoicos!) pois precisa dos 3 pontos para continuar na luta pelos lugares europeus. Não estamos num campeonatos onde estas equipas (Braga, Guimarães, Nacional e... Sporting!) podem cuspir nos pontos que ha para conquistar.

Sobre o titulo, sera muito dificil mas não é impossivel. Condição necessaria para ganha-lo é ganhar todos os jogos até à recepção do FC Porto. Ganhando na Luz contra eles, ai sim, olhamos para a classificação e vemos como estamos. Até là, so podemos vencer.

Bimbosfera disse...

Interessa é ganhar. Ganhar. Depois logo se vê, pois o que não tem remédio, remediado está!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com