sábado, 16 de abril de 2011

O Futre até tem graça

Grande personagem, este Paulo Futre. A história que conta sobre o chinês é tão recambolesca que nem uma criança de 5 anos acreditaria nela. No entanto fica a nota de boa disposição e de uma estratégia que, se não tivesse sido apresentada de forma estapafúrdia, até poderia ter recebido uma boa aceitação. Basta ver os casos de Ji-Sung Park, Nagatomo, Hasebe ou Kagawa, jogadores de qualidade mas que, mais que isso, são uma aposta em termos de popularidade noutros mercados.

E o Benfica, onde encaixa nisto? Bom, o facto é que já tentámos fazer isto mesmo em três continentes diferentes. Com o chinês Yu Dabao, o "Grande Tesouro", que marcava golos e mais golos nos juniores mas que se eclipsou pouco depois, com o australiano Kaz Patafta, a grande promessa de um continente, que acabou por se revelar um flop, e por fim, Freddy Adu, a grande aposta de marketing que acabou por não surtir efeito. Uma estratégia interessante e que demonstra inteligência. Pena que tenhamos apostado nos cavalos errados.

10 comentários:

DMC disse...

Só não concordo com o caso do Adu..
acho que está ali jogador para outras andanças, tenha ele um acompanhamento que o faça ter noção das coisas. Tem muito mais lugar no plantel que o Menezes (coitado , virou saco de porrada) e outros que tais..

cumps
DMC

Berrante De Encarnado disse...

É verdade, bolas...

Tivemos o que se pode chamar de "um azar do caraças a acabar em ó" com as promessas de outros continentes que não a América Do Sul, mais precisamente para os lados da Argentina. O Adu foi pena, cheguei a gostar do puto. Até o Pele o admirava. Pele disse, salvo erro bem antes de o Benfica o contratar, que o Adu seria o Pele americano. Era só "toques", habilidade, velocidade e controle. Nos US passava por todos, fazia e acontecia, era uma máquina e ainda criança. Com apenas 18 anos chegou ao Benfica e... Puff... Impressionante.

Eu nem acho que ele fosse assim tão mau, nunca cheguei a perceber o que se passou no seu crescimento como futebolista. Terá sido a parte mental? Será que gostava mesmo de jogar à bola? Era bom profissional? É que potencial ele tinha.

Está no Aris agora, salvo erro da Grécia. Apesar de tudo Freddy Adu tem hoje em dia apenas 21 anos. Parecia-me que já tinha passado uma década, mas foi mais ou menos na altura de Angel Di Maria. 21 anos, será que se perdeu mesmo? Nem se ouve falar dele.

BENFICA SEMPRE!!

Cumprimentos

Olho Gordo disse...

A diferença é que nunca "vai vir" charters da Austrália ou dos EUA. Da China, talvez...

Convém dizer que também nunca considerámos um Departamento só para o jogador chinês, autraliano ou americano. Quem sabe se não terá sido esse o busilis?

Anónimo disse...

nenhum desses que referes é chinês.

e o raciocínio do futre era pescificamente para a china pelos seus 1300 milhoes de habitantes.

JNF disse...

São orientais. Quem diz China diz Japão, Coreia, o que for, todos esses mercados dão mais valias financeiras. Obviamente que os charters eram um disparate, mas o dinheiro de merchandising seria real e uma mais valia. E é isso que muitos desses clubes fazem. Se queres um chinês, fica com o Junmin.

DMC disse...

Berrante De Encarnado,
o caso do Adu parece-me muito de mental, porque seres uma estrela nos states (um país sem noção no que a venerar estrelas diz respeito) com 14 anos parece-me demasiado. Sem um acompanhamento psicologico perde-se como se perderam tantos. A questão é que me parece que com 21 anos continua a ir muito a tempo!
Não esquecer que na primeira temporada aqui ainda marcou uns 5 golos no pouco tempo que jogou.

Acho que a estrutura do nosso clube ainda tem muito a aprender porque em outras equipas os jogadores são melhor lançados na equipa, progressivamente e com tempo para ver a sua real valia.
Só desde de Jesus temos o Fernandez, o Éder Luiz e sei lá mais quem que mal vestiu a nossa camisola depois de ser contratado..

cumps
DMC

MS disse...

Adu esta no Rizespor da Turquia.
Esta epoca recomecou a jogar de inicio com regularidade e tem dado nas vistas, mesmo com excelentes golos. Espero que esteja a renascer e nao o risco por agora.
Afinal, tem 21 anos - apenas mais uns meses que Coentrao quando andava na movida de Zaragoza a fingir que era jogador de futebol.

MS disse...

Coxo ele nao e...

http://www.youtube.com/watch?v=sU_YADBGWsg

Vermelhusco disse...

Existem jogadores asiáticos de elevada qualidade.

JNF, o Ji-Sung Park é bom e uma mais valia no MU.
E olha que não me importava nadinha de ver o Daisuke Honda no Benfica.

JNF disse...

Eu sei que sim, Vermelhusco, mas a primeira razão para virem não me parece ser a qualidade mas sim o que podem dar em termos de marketing.

Keisuke Honda, não é Daisuke.