sábado, 14 de abril de 2012

Dever cumprido

O Benfica cumpriu as suas obrigações e derrotou o Gil Vicente na final da Taça da Liga, conquistando o troféu pela quarta vez consecutiva. Num jogo bem disputado e onde o ascendente pertenceu sempre aos encarnados, o individualista Rodrigo deu vantagem ao Benfica após cruzamento de Bruno César. O jogo não perdeu intensidade, mas não havia grandes chances de golo, sendo a mais flagrante um remate de Witsel, exemplarmente bem defendido por Adriano. No segundo tempo, já com o Benfica a baixar no terreno, o Gil empatou por Zé Luís, mas Jesus sacou o coelho da cartola e Saviola, aos 83 minutos, devolveu a liderança ao Benfica. A solução estava no banco. No banco do Cardinal e do Paulo Pereira Cristóvão. Parabéns aos jogadores pela vitória na Taça da Liga.

20 comentários:

João Durão disse...

Penso que o prémio de melhor jogador em campo devia ter sido entregue a Matic. Que jogão!

Mentiroso disse...

O Benfica ganhou o jogo a meio campo, com Matic, Witsel e Bruno César em grande plano. Capdevila está bem mais confiante e bem melhor fisicamente.

Cardozo fez mais um excelente jogo. Principalmente na primeira parte, quando jogou onde rende mais: no banco.

Anónimo disse...

1. No meio campo é que se começam a ganhar os jogos. Nesse aspecto, a vitória fica a dever-se às boas exibições de Bruno César (metade do primeiro golo é dele), Matic (demonstrou a todos os profetas da desgraça que consegue fazer na perfeição o lugar de Javi Garcia, como já tinha demonstrado em Stamford bridge) e Witsel (considerado o melhor jogador da final).

2. A nação benfiquista, com adeptos das mais variadas procedências, esteve presente em Coimbra a apoiar a equipa, embora sabendo que esta vitória sabia a pouco. Na Luz, a esperar e a apupar a equipa, estiveram meia dúzia e energúmenos. Simplesmente lamentável!

3. Bonita festa esta a da final da Taça da Liga. Pode ser, de facto, a terceira competição nacional (há quem queira que seja a quarta), mas em termos de organização parece-me superior à da Taça de Portugal.

MM

JNF disse...

Em termos de organização, é superior à Taça de Portugal?

Hein????!!!

Como???!!!

Numa prova com sorteios condicionados, que perde o patrocinador a meio, em que houve a recambolesca história do goal average entre o Belenenses e o Vitória de Guimarães e as substituições de guarda-redes aos 90 minutos para baixar a média de idades como aconteceu com a Académica e o Portimonense...

a sério? Bem organizada?!

RoboCup9 disse...

Para mim os jogos começam-se a ganhar com uma defesa coesa, agressiva, e que saiba aguentar um resultado quando é preciso, uma defesa que raramente cometa erros infantis que levem a golos sofridos desnecessariamente. Temos uma boa defesa, mas que claudica com alguma frequência, e isso foi quanto a mim um dos nossos problemas esta época. A nota artística mas pouco eficaz cá atrás...

A'guia de Santo Tirso disse...

Gostava de saber quem foi esperar a equipa à Luz ...

Miguel disse...

Ganhar esta taça da cerveja e o torneio do Guadiana diz-me exactamente o mesmo.

Ainda por cima este "feito" vai servir de desculpa para manter JJ e LFV nos destinos do clube mais uma época, continuando a famosa política de "estabilidade na mediocridade"até aqui seguida.

Ah, é mais um titulo e tal... mais areia para os olhos da carneirada!!

Parabéns aos nossos consócios que tiveram coragem para assobiar a péssima exibiçao da equipa no final!!

Anónimo disse...

http://www.maisfutebol.iol.pt/superliga-geral/ordenados-arbitros-pagamentos-arbitros-remuneracoes-arbitros-arbitros-arbitragem-hugo-miguel/1340980-1676.html

curioso. os 3 mais bem pagos foram decisivos na roubalheira. olhanense-benfica, académica-benfica e sporting-benfica. quanto a pedro proença, vai sendo recompensado com nomeações internacionais...

Jotas disse...

Pessoalmente estou muito satisfeito com mais uma conquista do meu clube e acho ridículo da parte de alguns benfiquistas que não valorizem esta conquista como outros fariam se fossem eles a ganhar, obviamente não é motivo para invadir o Marquês de Pombal, mas é motivo de regozijo, daí eu chamar de otários, aqueles energúmenos que depois de uma prova conquistada, ainda se entreteram a ofenderem jogadores e treinadores, sinceramente, atitudes destas, só podem ser obra de uns autênticos palhaços, uns burros sem igual, sem desprimor para o animal.

Anónimo disse...

O que eu quis dizer foi que O JOGO DA FINAL da Taça da Liga me pareceu mais festivo e organizado do que é habitual com o JOGO DA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL. Não me referia à prova em si.

É óbvio que a Taça da Liga é uma prova recente que necessita de ser aperfeiçoada em termos organizativos e competitivos. Não tem, nem poderia ter, o historial e os pergaminhos da Taça de Portugal. Certo?

E, apesar de tudo, mesmo com sorteio condicionado, a Taça da Liga pode ser mais competitiva do que a Taça de Portugal. Desde logo, porque só participam nesta prova as equipas da I e da II Ligas. No caso da Taça de Portugal participam equipas de outros escalões. E, se tiver sorte nos sorteios, uma equipa pode chegar à final sem ter tido jogos complicados.

Como o Benfica é a equipa que tem mais vitórias na Taça da Liga, os nossos adversários, principalmente os do Porto, procuram desvalorizar esta prova. Isso não significa que não a queiram ganhar. Mas, o que é mais curioso, é alguns adeptos do Benfica fazerem todos os possíveis para desvalorizarem também esta prova.

MM

trainmaniac disse...

O melhor da noite foi a recepção na Luz. Mas o alvo dos insultos e das pedradas algum dia tem de passar a ser o senhor de bigode.

JNF disse...

O que é mais engraçado é que, quando a prova foi pela primeira vez disputada, era uma competição "sem importância", "mal organizada", "terciária".

Mas agora que o Benfica passou a ganhar Taças da Liga consecutivas, parece que passou a ser uma prova espectacular, que quase salva campeonatos.

Eu, desde o primeiro dia, digo que esta Taça tem, desportivamente, muito pouca importância. Financeiramente é outra coisa. Mas desportivamente (e pela questão da História), não tem importância. Já a Taça de Portugal joga-se no Jamor, ouve-se o hino e sobe-se à tribuna para o presidente da República entregar o troféu. O simbolismo é outro.

Mas acho imensa piada a tudo isto. Afinal de contas, a Taça da Liga é o novo El Dorado do futebol português para alguns benfiquistas porque... a ganhámos. Queria ver qual seria a reacção se nunca a ganhassemos, teria a sua graça.

Pedro disse...

Bons benfiquistas devem ser aqueles que apoiam e defendem a continuação deste estado de coisas...destas épocas de investimentos brutais no reforço do plantel para culminar com a fabulosa conquista da Taça da Liga.

Á gandas benfiquistas...

Campeonatos e taças de portugal? Isso é para meninos como aqueles que foram receber a equipa à Luz...esses antis...onde já se viu. Até parece q o Marquês não encheu com os festejos por mais esta conquista e pelo futebol maravilhoso que Jesus trouxe ao Benfica... não encheu? a sério?

Anónimo disse...

Desculpem, mas o que muitos têm é dor de cotovelo. É certo que não é algo que salve a época, mas é preciso entender que para a ganhar houveram fantásticos jogos do Benfica, e adversários difíceis de ultrapassar.Além disso o Benfica esteve muito bem na champions e o campeonato é certo que houve uma quebra no final, mas também houve muita roubalheira à mistura.Portanto não adianta andar agora a dizer mal da época do Benfica, porque fizemos mais para estar em 1º do que quem lá está. Só não vê quem não quer. FORÇA BENFICA!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

2012-13

GR:
Artur
Mika
Oblak
(devemos exercer a opção de compra do Eduardo?)

L Dir:
Maxi
XXX (é preciso investir numa alternativa séria...)

L Esq:
XXX (um lateral a sério, Ansaldi?)
Emerson (deverá ficar... e Capdevilla deve de ir para o Deportivo)

D Cen:
Luisão
Garay
Miguel Vítor
Jardel (poderá sair ou não, é a 4ª opção)

M Def:
Javi Garcia
Matic

M Cen:
Witsel (acho que não vai sair)
C Martins
Aimar
D Simão
XXX (urgente alternativa a Aimar)

Alas:
Nolito
B César
XXX (Sálvio porque não?!)
XXX (Gaitan deverá sair)
Yannick (...)

Av:
Cardozo
N Oliveira
Saviola
Rodrigo
Melgarejo

Anónimo disse...

O que não acho piada nenhuma é alguém que pertence ou que escreve num blog benfiquista dizer que “O melhor da noite foi a recepção na Luz. Mas o alvo dos insultos e das pedradas algum dia tem de passar a ser o senhor de bigode”!
Fazer a apologia da violência é algo extremamente deplorável. Não tolero a apologia da violência fora do desporto e muito menos no seio do desporto. Ainda por cima no clube do meu coração. No clube em que sou sócio e em que familiares meus são sócios. Num clube em que queremos que haja comportamentos dignos da história e da dimensão do clube. A paixão pelo futebol não pode ser cega. Não pode, em caso algum, levar a qualquer tipo de extremismos.
Felizmente, Portugal não é a República da Guiné-Bissau. Aqui há um Estado de Direito que espero que actue de forma firme contra todos os tipos de violência e de instigação à violência.
Posto isto, obrigado por me terem deixado participar no vosso blog, mas fico por aqui.
MM

JNF disse...

Os autores dos posts do blog são responsáveis pelos comentários que tecem. Aqui e nos outros blogs que conheço. Obrigado e volte sempre.

Bruno disse...

Uns (Benfica) levam a taça e são assobiados e vaiados, outros (G.Vicente) levam a derrota há foguetes e até são recebidos pela fanfarra lá da terra.
Nós ganhámos por uma unha negra. Estava a vêr que nem a tacinha de lata ganhávamos.
É mais um ano de seca. Parece mentira, com uma equipa destas.
Acho que é para chorar e não para rir. Espero que os nossos dirigentes se debrucem um pouco sobre o que não correu bem esta época.
Um abraço
Brunohttp://paraladasquatrolinhas.blogspot.pt/

Anónimo disse...

eu acredito que benfica sera campeao.

- porto ira empatar com o beira mar e sporting e perder com o maritimo

Anónimo disse...

JJ não aprende. Como é possível manter Saviola todo este tempo afastado das soluções para a equipa?! JJ não percebeu que a dupla Aimar-Saviola dá outro estofo ao Benfica. E para um treinador no 3º ano de clube e com estes jogadores, tal gaffe é imperdoável.