sábado, 28 de abril de 2012

Preparar 2012/2013 - Guarda-redes

As épocas futebolísticas são preparadas com antecedência. Por isso, antes que 2011/2012 acabe, e independentemente do que se possa vir a passar, vamos começar a olhar para o que temos em mãos para preparar a época seguinte da melhor forma possível. Posição a posição, vamos ver quais as necessidades que temos e como podem ser superadas. É o que fazemos hoje com a baliza. Comecemos então com os guarda-redes.

É talvez, do actual plantel, a posição que está melhor apetrechada. Temos um titular de grande qualidade e que dá segurança à baliza, um suplente de luxo que em condições normais pode ombrear pela titularidade, e um terceiro elemento, jovem, que constitui uma esperança para o futuro. Aqui não me parece que haja dúvidas: não precisamos de ir ao mercado para procurar, especificamente, um jogador para entrar no onze. Há equilíbrio e competência.

Artur - chegou, viu e venceu. Apesar da desconfiança de muitos adeptos, eu incluído, mostrou qualidades inegáveis e conquistou o público da Luz, ao contrário do que aconteceu com o seu antecessor. Subiu a pulso, com mérito. Não é um guarda-redes com qualidades técnicas excepcionais, pelo contrário, até revelou algumas fragilidades, especialmente quando foi obrigado a jogar com os pés ou mesmo entre os postes, mas dificilmente podemos aspirar a um guarda-redes melhor. Aliás, não é por Artur que o Benfica não faz uma época melhor. É para continuar no clube, obviamente, e como titular.

Eduardo - acredito que o internacional português não estaria à espera de ser suplente de Artur no Benfica. Penso que, quando assinou, cria que seria titular por um conjunto de factos tais como ser o titular da selecção, ser um homem da confiança de Jorge Jesus e também por ser benfiquista. A verdade é que Artur pegou de estaca e Eduardo acabou por ser relegado para a condição de suplente. Se Eduardo fosse titular, estaríamos muito bem servidos. Sendo suplente, estamos muitíssimo bem servidos. Por mim, mais um ano de empréstimo seria o ideal, mas duvido que o principal entrave a que este desejo se concretize seja mesmo Eduardo. O guarda-redes terá, certamente, maiores ambições e não deve continuar a querer aquecer o banco dos encarnados. Por isso, acho que Eduardo não vai ficar, apesar de ver com bons olhos a sua permanência na Luz.

Mika - Mostrou boas indicações na União de Leiria na época transacta, tendo confirmado isso mesmo durante o Mundial sub-20. Podemos ter um mãos o futuro guarda-redes da selecção, mas, para isso, precisa de ir jogando com regularidade. Por outro lado, é igualmente importante ter um terceiro guarda-redes que aceite a sua posição dentro do plantel, e Mika parece cumprir esse requisito. Posto isto, o que fazer? A meu ver, Mika deverá querer ficar para a próxima época e se as equipas "B" forem para a frente, como parece que vão, o jovem nascido na Suíça deveria ser o escolhido para assumir a titularidade da equipa B, sendo, ao mesmo tempo, o terceiro guardião do plantel principal.

14 comentários:

Pedro disse...

Concordo com o que dizes de Artur, não concordo com o não podermos ambicionar melhor. Tivemos oportunidade de ter muito melhor mas deixámo-nos levar pela crítica fácil e perdemos essa possibilidade. Mas Artur tem valor para ser titular.

Eduardo não faz sentido. Nem para ele nem para o clube. Não faz sentido ter um jogador tão caro no banco sem claras possibilidades de jogoar. A posição de gr é específica, não tem rotação como um jogador de campo. Por isso é preferível ter jovens valores como suplentes para irem jogando na Taça da Liga e Taça de Portugal como jogou Eduardo.

Mika e Oblak tem categoria para aproveitarem essas oportunidades. Um deles como segundo gr e o terceiro o dos juniores a ser chamado quando necessário.

Não faz sentido ter dois grs como Artur e Eduardo.

Anónimo disse...

e o oblak?

Tiago Santos disse...

Acho que o Eduardo devia ir a sua vida e devia chegar o Jan Oblak, gostei muito do ver jogar e penso que tem potencial pa ser um guarda-redes de topo. O problema será o MIKA e o OBLAK ficarem sem jogar o ano todo mas penso que podem rodar na B e jogar as taças.

JNF disse...

Pedro(1), anónimo e Tiago Santos(2):

1 - Diz-me que não estás a falar do Roberto... por favor.

2 - Esta é uma análise aos jogadores que temos no plantel e o que fazer com eles para a próxima época. Quanto aos que não fazem parte do plantel, como Oblak, falarei depois. Mas se Eduardo sair, como tudo indica, Oblak deveria vir para o plantel principal.

PMM disse...

Concordo inteiramente com o post. ais Artur foi das melhores aquisições da epoca para mim desde Preud´homme é o melhor aquele que sinto mais seguro. De certeza vai ser titular durante alguns anos. Eduardo é uma pena pois em condições normais seria titular. Concordo que não queira ficar e penso mesmo que pagar mais de 5 milhões por 1 suplente é muito. Assim sendo Mika o nosso Futuro e para ser o GR da equipa B creio que precisamos de um nº 2. É dificil escolher pois o Oblak não me parece solução (jovem mas imaturo Mika até é melhor). Temos de ir ao mercado.

Bicadas disse...

Boas,

Concordo quase em absoluto. Eduardo é óptima alternativa e com Artur estamos bem servidos - parece-me que lhe falta um pouco de rapidez, apenas.

A questão é se Eduardo aceitaria nova época no banco e penso que, se não for o caso, se deveria procurar novo guarda-redes. Não desmerecendo Oblak e Mika, penso que em caso de lesão prolongada de Artur seriam apostas de risco até para a gestão das suas carreiras.

Cumprimentos

John Wakefield disse...

Por mim, Artur é grande guarda-redes e espero que fique muitos anos na Luz. Quanto a Eduardo, creio que não vale a pena prolongar um contrato, quando o jogador quer ser titular para reclamar o estatuto justamente perdido na selecção para Rui Patrício. Por isso, eu não ficava com ele, e tentava para 2º gr, UM destes 2 atletas - Diego (Setúbal) e Rui Rego (Beira Mar, os 2 guarda-redes sensação do campeonato nacional).
Para terceiro e quarto GR, ficaria com Mika e Oblak, com ambos a rodar na equipa B.

Este é um sector onde o Benfica não deve investir muito, só o necessário...

Mentiroso disse...

Hoje desabafo eu!

A contratação de Jesus foi uma má opção. É preciso assumi-lo com toda a dignidade e convicção. Vejamos:

Ano 1
Jesus tinha ao seu dispor a melhor equipa desde os anos oitenta. Com Maxi, Luisão, David Luiz, Coentrão, Javi Garcia, Ramires, Di María, Aimar, Saviola e Cardozo, perante um FCP amputado de Hulk metade da época, o Benfica garantiu o título somente na última jornada.

Ano 2
Queda a pique no último terço da época com jogos em casa que foram autênticas humilhações para sócios e adeptos. Eliminados pelo Braga nas meias-finais da competição que poderia ter salvado a época.

Ano 3
Perante o pior FCP das últimas décadas, com um treinador que ganha cerca de um terço dos mais de dois milhões líquidos auferidos por Jesus, O Benfica perdeu um dos campeonatos mais fáceis de conquistar.
Com um plantel composto por Eduardo, Artur, Maxi, Luisão, Garay, Capdevila Witsel, Javi, Gaitan, Cardozo, Aimar, Saviola, Nelson Oliveira, Rodrigo, Nolito, Bruno César, Enzo Pérez, Matic, Rúben Amorim, etc., não seria difícil a qualquer treinador de segundo plano fazer bem melhor.

Anónimo disse...

Julio Cesar?

Botelho disse...

Artur é desde Preud´homme o melhor GR que representou o Benfica. Não concordo com a desconfiança do público em relação a ele, porque para além da excelente época que fez no Braga, foi ele que com defesas impossíveis nos eliminou da Liga Europa.
Quanto a Eduardo, é um excelente GR, só lamento que tenha chegado ao Benfica ao mesmo tempo que Artur.
Em condições normais, seria titular em comparação com todos os que vieram depois de Preud´homme, mas Artur é um SENHOR GR!
Quanto a Mika e Oblak, julgo que têm qualidade para serem o futuro do Benfica... mas têm que rodar, porque no banco não vão evoluir nada!

Eduardo dificilmente continuará no Benfica, até porque tem qualidade para jogar em qualquer grande equipa, e é ambicioso, não se vai contentar a ficar outro ano no banco.

Mika e Oblak deveriam alternar a posição de suplente de Artur com titular da equipa B. Ficando um com a Taça da Liga e outro com a Taça de Portugal.

B Cool disse...

Eduardo obviamente não irá continuar, porque não lhe interessa ser suplente nem porque o Benfica estará, ou pelo menos não deveria estar interessado em manter um jogador com um vencimento tão elevado que poucas vezes tem oportunidade de jogar.

Assim sendo, penso que o Mika deverá ser o nosso n.º 2, sendo que o titular da equipa B e jogando as taças para ganhar experiência.

Ao contrário do que é dito, eu prefiro que Oblak continue a rodar e para 3.º guarda-redes, preferia que escolhessem o Copetti, sendo o GR dos juniores o suplente da equipa B.

Anónimo disse...

Eu sempre soube que Artur iria ser uma grande guarda-redes, mais talvez pelo alívio do caso R******, mas nunca achei que ele fosse tão bom. É talvez como disse o PMM, "...Artur foi das melhores aquisições da epoca para mim desde Preud´homme é o melhor...". O Eduardo é bem diferente. Creio que se fosse titular, coisa que nunca acontecerá a não ser que o próximo treinador seja um masoquista, isso criaria nele excesso de confiança, causando alguns frangos. Então Eduardo não será alternativa para o futuro do Glorioso. Mika deveria ir jogando as taças domésticas, para ganhar experiência. Agora o Oblak... desconheço-o completamente e acho que, embora dissessem aqui que ele é bom GR, acho que deveria ficar a 3º GR e jogar na B.
Cumprimentos e desculpem pelo grande post

H disse...

eis que hoje Paulo Lopes é oficializado. E bem a meu ver. E recordei-me logo deste post, que tal como todos os outros no Eterno, me fazem entender que este é o melhor local para discutir o Benfica.

Anónimo disse...

I love your blog.. very nice colors & theme.

Did you create this website yourself or did you hire someone to do it for you?
Plz answer back as I'm looking to construct my own blog and would like to find out where u got this from. thanks
Also visit my web blog - transfer news chelsea hulk