quinta-feira, 21 de junho de 2012

A este ritmo chegaremos aos 300.000


Em 2001, Vieira estabeleceu a meta dos 500.000 sócios a alcançar até final de 2003. Sensatamente, resolveu baixar a fasquia para uns, ainda assim, impressionantes 300.000 associados. Com os escassos sucessos desportivos que o Benfica tem obtido aliados à crise económica, verificou-se um abrandamento no número de inscrições para novos sócios. Mas com a criação da equipa B, parece que voltaremos a estar no rumo certo em direcção aos ditos 300.000.

O Benfica contrata em massa e sem critério, esperando que dos muitos tiros que dá no escuro, algum acerte em cheio num futuro craque. Foi assim com David Luiz e Di Maria, dois jogadores que chegaram à Luz sem "nome" e que de cá saíram para o estrelato, mas por cada David ou Angelito que contratamos, há quinze "Wasses" que entram nesta espiral de jogadores a chegarem e a saírem, muitos sem envergarem a camisola do Benfica num jogo oficial. E se é verdade que alguns até podem dar lucro, outros há que custam caro ao clube. O Benfica ainda é, pelo menos aos meus olhos (será aos dos nossos dirigentes?) um clube desportivo cujo principal objectivo é ganhar na sua modalidade "mãe", o futebol. Sem descurar a parte financeira, obviamente, mas os resultados desportivos não podem ser negligenciados como são actualmente. E olhando para a actual política de contratações, os resultados que podemos esperar num futuro próximo não são os mais positivos. Continuamos a contratar jovens que não são devidamente acompanhados, não singram e acabam dispensados ou vendidos (vide Fellipe Bastos, por exemplo). Contratar jogadores maduros, já feitos, que possam dar títulos no presente é excepção quando deveria ser regra.

O que vale é que todos estes jogadores que fazem circular dinheiro pela Europa e sobretudo pela América do Sul são feitos sócios do Benfica. A este ritmo, chegaremos rapidamente aos 300.000. Não parem. Nem contratem um defesa esquerdo ou um suplente para o Maxi, que isso dos titulares e de jogadores para a equipa principal e não para a "B" está sobrevalorizado.

27 comentários:

Pedro disse...

JNF, então? Estás a passar-te?☺
Di Maria custou 6 milhões de euros e não era nada um desconhecido. Era, então, uma das maiores promessas da Argentina. Não podes nunca juntá-lo a este tipo de situações.

David Luiz sim foi um tiro no escuro que correu muito bem mas, é bom lembrar, só correu bem que Luisão lesionou-se e Fernando Santos teve q o meter a frio em Paris...senão no final dessa época teria tido o mesmo destino que muitos outros:despachado.

71460_5/8 disse...

quem me dera que contratássemos mais 50 Wass... eram 100 milhões que entravam nos cofres ;)

B Cool disse...

Eu acho que a confirmarem-se os 5,5 milhões por estes 3 jogadores foi um bom negócio pois nenhum deles tem categoria para jogar no Benfica (mesmo o Wass que brilhou no Evian, não tem estaleca para o nível de pressão e exigência que o nosso clube tem).

Pena que não façam o mesmo a 30 ou 40 dos outros que não nos fazem falta.

JNF disse...

Já conhecias o Di Maria, Pedro? Eu não. Pelo menos se foi contratado antes do Mundial sub-20, porque vi-o nessa competição.

O que é que o Di Maria já tinha mostrado ao mundo do futebol? Zero. Daí estar incluído neste grupo.

JNF disse...

O problema é que o Benfica continua entretido a contratar entulho e a vendê-lo, em vez de reforçar efectivamente a equipa principal.

Anónimo disse...

voces devem é estar malucos. há muitos anos que não temos um plantel da qualidade do que temos nestes ultimos 3 anos.


quanto a contratar jogadores a granel, a verdade é que a politica dos outros grandes (REal, Barcelona, Manchester etc tambem passa por aí, e portante parece-me que talvez possa ser uma estrategia acertada, mas só vendo as contas)

Anónimo disse...

Não me parece uma estratégia desacertada de todo, comprar jogadores promissores entre os 17/19 anos, e perceber até aos 21 o que vão dar, como se diz no póquer podem ser tudo ou podem não ser nada.
O que este post devia clarificar é que há duas situações distintas:
a) uma coisa é contratar o Carole...acho muito bem, jovem, barato, com percurso nas selecções jovens francesas (vai ao torneio de Toulon), e depois ver o que dá, após algum tempo de empréstimo/contacto com alta competição.
b) outra coisa é planificar a época do plantel principal do SLB, sbendo com 6 meses de antecedência que o Fábio ia sair, e contratar aquela coisa chamada Emerson, que não era titulat no Lille (se não prestava para o Lille, porque havia de prestar para o SLB?), pagando caro por um jogador que já não era...e nunca vai ser.
Não se pode misturar alhos com bogalhos, na conjuntura económica do nosso futebol, estamos condenados a procurar jovens desconhecidos, e tentar valorizá-los...agora isso nã pode é impedir de a primeira equipa ter 1/2 soluções que respondam às exigências competitivas do SLB.

aalto

PS - Este Europeu revelou um excelente DE - Strinic - temo é que como o JJ só vê jogos do brasileirão ás 3 da manhã...lhe tenha escapado. Está no Dnipro...vamos ver onde acaba.

PS2 - antes de empacotar o Emerson, e devolvê-lo a custo 0, valia a pena testar a criatura a DC...foi contra o Chelsea que fez o melhor jogo, tem morfologia de DC, a falta de velocidade para a faixa poderia ser mitigada no centro, não é tosco de todo de cabeça, e a única coisa que faz bem defensivamente é quando chega á bola antes do atacante...já agora valia a pena tentar!

Tommytukamoto disse...

Di Maria foi contratado depois do mundial de sub 20.
Disso tenho a certeza

Benfica sempre disse...

Tenho de concordar contigo. É bom que o Benfica contrate jovens promessas mas há um limite que está a ser ultrapassado.
Pelo menos este ano já se "desfez" de 3 jogadores que não entram nas contas do Benfica e deu algum retorno financeiro. Espero que se vendam mais alguns jogadores que não contam para plantel e contratem jogadores para as lacunas da equipa: um LD e LE.

Unknown disse...

A meu ver neste momento, o Benfica está simplesmente a tornar-se num Clube de mercado, que simplesmente olha para os resultados económicos (por muitos discutido) e não para resultados desportivos.
Actualmente o Benfica está a sobrevalorizar algumas competições (Taça da Liga), sim temos elevada maioria nesta competição, e nas outras?resultados históricos?eu não me lembro de ver um Benfica a jogar(falo apenas em futebol) à Benfica como oiço dizer os mais sábios do futebol, mas afinal os adeptos querem Títulos e não apenas resultados económicos(também interessa, claro), torna-se então necessário alterar parcialmente/totalmente a estrutura do Clube!

Cumprimentos a todos!

Rui Sérgio Guerra disse...

Bem vindo, JNF!

Concordo contigo; a n/ política de reforço do Plantel mantém-se... incoerente e, diria até, irresponsável!

Face às LACUNAS GRAVES E REITERADAMENTE EVIDENTES no n/ Plantel (2 Def.Esq°- Tit. e supl. + opções de qualidade p/a Def.Dir°./Def.Centr./N°10), constatamos a sistemática insistência em alocar os n/ parcos recursos em... estrangeiros de duvidosa qualidade p/a a equipa B!!!
Porquê? Porquê, duplamente?
1° - Porque não a prioridade à N/ equipa A?
2° - Porquê a reincidência em... jovens estrangeiros?

Se admito como interessante a aquisição de Luisinho (especialmente este) e Michel por cerca de 1M€..., PORQUE NÃO A PRIORIDADE MÁXIMA E ABSOLUTA À EQUIPA PRINCIPAL DO CLUBE,... SUPRINDO AS N/ LACUNAS???
Está em causa o CORE BUSINESS DO CLUBE, a sua força motriz e... mantemo-nos com enfoque errado!!!

São aprox. 16.30h de 22.Junho e, até este momento, não é pública a existência no SLB de... "recursos financeiros excepcionais",...:
- NÃO HÁ VENDAS OFICIALIZADAS DE JOGADORES DO CLUBE (Gaitán, Cardozo, Witsel,...)!
- NÃO ESTÁ FECHADA A (RE)NEGOCIAçÃO DOS DIREITOS TELEVISIVOS!...
-...

Logo, é do domínio público que, evidentemente, o SLB não possui uma liquidez abastada e a sua solvabilidade deve ser responsavelmente gerida.

Mas,... SURPRISE... (ou não!)..., fomos investir (aprox.) 9 M€ num jovem de 19 anos (Ola John)... para uma posição onde... TEMOS À DATA... 9 OPçÕES DE QUALIDADE (NOVE)!!! Sejam... Gaitán, Nolito, Bruno César, Djaló, E.Pérez, Urreta, Melgarejo, Hugo Vieira e Yartey!!!

Se alguém conseguir entender isto, percepcionar aqui alguma assertividade,... os meus parabéns!

Eu, com a responsabilidade de sócio pagante cumpridor (ainda que a 300 Kms)... e apelando até à m/ paixão incondicional de benfiquista, NÃO CONSIGO ENTENDER O SR.LFV... NEM RUI COSTA! (Este, lamentavelmente, pelo seu silêncio conivente e... "inércia pública"!)

Isto, recorde-se, a cerca de 1 semana do reinício dos trabalhos!
MAIS UMA VEZ,... UMA ÉPOCA QUE PROMETE... MAIS DO MESMO!!!
(oxalá me engane,... terei todo o gosto em me retratar!).

Abraço de Palermo,
RSG

Hattori Hanzo disse...

O DiMaria foi contratado já depois desse Mundial JNF. Verdade seja dita eu tinha visto mais ou menos o Mundial e não tinha reparado nele. Os que se tinha dado por eles nesse Mundial tinham sido o Aguero (que estava já no Atlético de Madrid) e o Maxi Morales.
Devo ser dos poucos que acha que o Wass nos faria falta, jogando ainda por cima em posições em que nós estamos carenciados. Não é sul-americano, o pessoal não gosta.

JNF disse...

Então muda um bocadinho o estado de coisas. Mas convenhamos: 6 milhões por um jogador que tinha feito uns bons jogos (ainda que como suplente, precisamente do Maxi Morales/z) foi muito. Di Maria era um desconhecido até esse Mundial.

B Cool disse...

JNF - O Di Maria já era conhecido do Benfica, visto que o observavam desde o Mundial de sub-17 e acompanharam o desenvolvimento dele na Argentina.
Recordo inclusivamente que não foi um investimento barato.
Ao contrário do mito existente, o David Luiz era internacional jovem do Brasil, julgo que também sub-17 nesse mundial onde descobriram o Di Maria. A questão é que jogava numa equipa que tinha descido à série C.
À semelhança destes investimentos, este ano apostaram no uruguaios e ao que parece num sueco de origem sérvia.
A questão de os contratrem mais novos tem a vem com o facto de a UEFA para a Champions exigir um número mínimo de jovens formados no próprio país e no clube durante pelo menos 3 anos no clube antes dos 21.
Esses são investimentos de futuro, o que eu critico são os Leos Kanus, os Elvis, os Fideis, os Andrés Diaz, os Fernandez, os Alípios e outros lixos que não têm mesmo qualidade.
Mais, critico ainda que jogadores onde se fizeram investimentos significativamente grandes, não haja uma tentativa de aproveitamento sustentada.
Dos seguintes jogadores que foram emprestados, só 1 até agora regressou para se impôr, enquanto os outros não conseguem afirmar-se face à concorrência:
Sidnei, Felipe Menezes, Jara, Airton, Kardec, Rodrigo.
A questão é que nestes 6 jogadores estão investidos mais de 25 milhões de euros e só os 5 milhões do Rodrigo (estou a contabilizar que o Alípio custou 1 milhão), têm algum retorno visível, ou seja, não é só o dinheiro gasto, pouco em cada um mas muito no total, em muitos jogadores medianos, como também o muito dinheiro gasto em jogadores em cujo investimento foi elevado.
Por muito que se façam vendas de Coentrões e Davids Luiz com muita margem, há muitos maus negócios e ao fim e ao cabo, o Benfica tem perdido dinheiro.
E não, este não é o modelo nem do Barcelona nem do Man United.

B Cool disse...

Estava enganado, não foi no Mundial de sub-17, já estive a ver e ele estreou-se foi na 1.ª divisão argentina com 17 anos em 2005 e aos 19 quando foi ao Mundial sub-20 já há muito que o Benfica o observava. Eu sabia que era desde 2005, pensei é que tivesse sido no Mundial, mas afinal foi só no campeonato argentino.

B Cool disse...

Quanto ao David Luiz confirmei que também não foi no Mundial 2005, mas no Sud-Americano de 2006, ou seja, apesar de nós não o conhecermos ele era internacional jovem brasileiro, só que como nasceu em 87 não foi ao Mundial sub-17 nem em 2003 (geração de 86), nem em 2005 (geração de 88).

John Wakefield disse...

Eu não conheço os contornos deste negócio. Se a cláusula estava cifrada nos 2 milhões de euros, então foi muito mal pensado. Se a cláusula era maior e o Benfica, mesmo assim, facilitou... pior ainda!
O Daniel Wass era a alternativa ideal a Maxi Pereira e provou que tinha categoria em França. Acredito que lhe faltou tempo de adaptação no Benfica. Agora temos mesmo que ir ao mercado comprar um lateral direito...

DeVante disse...

O Di Maria quando foi comprado já o LFV afirmava que o susbtituto do Simão estava no avião a chegar a Lisboa. Todos troçaram e na época do Quique muitos troçavam com esta situação, lembrando que Di Maria não tinha categoria para fazer esquecer Simão, que era "brinca na areia" e "inconsequente"...É claro que hoje fingem já não se lembrar destas "análises"...
Daqui a uns tempos a mesma ladaínha será dita em relação ao Gaitán...Aliás, lembro-me que no início desta época o nosso onze avançado tinha Witsel no banco. Quem tinha lugar cativo era Bruno César, que veio rotulado de craque.
É o benfiquismo no seu melhor!

JNF disse...

Até parece que o Bruno César é mau jogador ou que desiludiu.

DeVante disse...

O problema não é que seja mau jogador ou que tenha desiludido. O problema é catalogar à chegada quem deve ser titular e quem não...
Ainda bem que o Witsel não deu hipóteses à crítica!
Mas o que se queria dizer é que houve até quem quisesse pagar para levar o Di ao aeroporto...ele sim um mau jogador!

P.S: alguém sabe quando é que se começa a vender o novo manto sagrado? I'm looking forward to wear the brand new one. Beautiful!

(se alguém descortinar nisso algum comportamento mercantilista que retrate o benfiquismo de hoje...I don't give a damn f$#%!)

JNF disse...

E o que é que o Di Maria demonstrou nos 2 primeiros anos? Zero. E se o Gaitán continuar a demonstrar quase zero, como tem sido nestes dois anos? Como vai ser?

DeVante disse...

"E se o Gaitán continuar a demonstrar quase zero, como tem sido nestes dois anos?"

Depende daquilo que tomas por "quase zero"...ou apenas o "quase".

No limite, poderei concluir que és exigente, mas depois lembro-me que achas o Bruno César muito bom e aí fico sem saber o que concluir.

JNF disse...

Não é muito bom, é bom. O Gaitán é o que ele quiser, pode ser muito bom se quiser, mas parece mais interessado em não se esforçar e em não sair da mediania.

Jose Goncalves disse...

Tudo isto é especular porque o chamado lixo só se acumula com a entrada e saída de treinadores que com as suas próprias ideias levam a que os clubes contratem sem precedentes, neste momento a direção do Benfica adoptou uma política muito mais eficaz seus energúmenos, eles tem um gabinete de scouting gerido por Rui Costa, e depois tentam dar “experiencia” á formação para que possam entrar na equipa principal, a par disso existe sempre a necessidade contratar um ou outro jogador com valor, e provas dadas para que possamos tem um plantel com qualidade para corresponder as exigências !

JNF disse...

Ah, é impossível não adorar isto. Então a culpa é dos treinadores que entram e saem? Pobre Direcção que está refém dos treinadores mauzões.

A única coisa que o Rui Costa dirige é a sua casa, porque no Benfica não manda coisa nenhuma, infelizmente.

Anónimo disse...

Xiiii toma lá na cara! Di maria teve 3 anos no benfica e fez uma época boa! quando se tornou num jogador foi logo embora! e o gaitan vai ser o mesmo, vão ver! vai ser muita bom e depois vai ser campeão em inglaterra ou em espanha....

Acordem para a vida... Por amor de deus. O que me interessa criar um jogador competitivo e bom se o retorno que eu tenho desportivo dele é quase zero? Sim, o Di Maria teve retorno desportivo (para as mentes que ficam contentes com um campeonato) e os outros que nunca tiveram retorno desportivo? Não contam?
O benfica tem que formar jogadores para ser ele a ganhar, a ter retorno desportivo e não os outros.

Yartley? Faz pré-epoca ou vai-se já embora porque joga demais?
David Simão vai pelo mesmo caminho já?

Muito bem...

Anónimo disse...

SLB O MAIOR DE TODOS