quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Cumpriu-se a tradição

A tradição ainda é o que era. O Benfica perdeu uma vez mais com uma equipa espanhola, averbando o décimo terceiro jogo consecutivo sem conhecer o sabor da vitória em jogos oficiais frente a uma equipa do país vizinho (o último triunfo remonta a 1982, contra o Bétis). Desta vez, sem surpresas, o Barça venceu na Luz num jogo em que, diga-se, pouco mais o Benfica poderia fazer.

O futebol do Barcelona é aquilo. Passe e recepção, os dois princípios básicos do futebol, levados ao extremo, que resultam numa posse de bola assustadoramente elevada. Pouco ou nada há a fazer perante isto. O Barça com que jogámos hoje é a equipa que vulgarizou o Real em Madrid na segunda parte da segunda mão da Supercopa Española, mesmo com uma unidade a menos. É a equipa mais dominadora do futebol mundial actualmente e, possivelmente, de toda a História. E frente a este Barça, diga-se que o Benfica foi um justo e digno, sublinhando o digno, vencido. Apesar da derrota, não há nada que se possa apontar à equipa ou ao treinador. Jesus abdicou dos princípios loucos pelos quais rege o futebol encarnado, adoptando uma mentalidade cautelosa e de contenção por oposição à pressão desenfreada que exerce quando não tem a bola. Os jogadores cumpriram o que o treinador mandou e defenderam não só com o autocarro mas com um bom autocarro. Isto leva-me a pensar que se Jesus quisesse (e bastava querer), o Benfica sofreria muito menos golos na Liga. Os erros defensivos que houve foram meramente ocasionais, como as vezes em que Salvio e Maxi ficaram a olhar para o portador da bola em vez de um deles seguir o adversário que se escapava nas costas ou a decisão intempestiva de Matic sair a pressionar Messi com a bola, num lance que acabou por resultar no golo do Barça.

Não posso dizer que estou contente com a derrota. Uma derrota é uma derrota. Mas pela forma como ocorreu e pela forma como não ocorreu/como poderia ter acontecido, creio que o Benfica esteve surpreendentemente bem. Não foi uma grande exibição, foi a exibição possível. O Benfica não fez mais porque não sabe nem pode. O Barça não deixa. Não deixa o Benfica, não deixa o Manchester na final da Champions, não deixa o Real no Bernabéu, etc.

Por fim, um tema um pouco extra-jogo e extra-futebol: não consigo compreender os benfiquistas que vão à Luz propositadamente para ver o Barça. Isto não se trata de uma exibição de benfiquismo fanático e autista da minha parte, mas queria mesmo tentar perceber este fenómeno. Tudo bem que existe a crise financeira, que o Gaspar se prepara para falar aos portugueses dentro de horas, que as pessoas têm de racionalizar os gastos e que preferem, naturalmente, ir a um Benfica x Barcelona que a um Benfica x Beira-Mar. Mas para mim, sempre que na Luz entra o Benfica e outra equipa qualquer (e para mim são mesmo, todas, "outra equipa qualquer"), eu quero que o Benfica ganhe e vou lá sempre, mas sempre por causa do Benfica. Se há um Benfica x Rio Tinto, eu vou pelo Benfica. Se há um Benfica x Manchester, eu estou lá com o mesmo entusiasmo com que estou no jogo com o Rio Tinto. Por isso custa-me (e se calhar custa-me porque não percebo mesmo) como é que há gente que vai lá "pelo Barça" sic. Ainda por cima com cachecóis e camisolas dos culés. De um clube de uma região que recebe mal os portugueses, que nos insulta, coage e inveja (por sermos independentes de Espanha, algo que ambicionam mas não conseguem). Nem vou pelo facto de ter um conjunto de fiteiros e maus carácteres como Busquets e outros que por lá andam, disso existe em todo o lado, ou pelo "proteccionismo", chamemos-lhe assim, exagerado que existe à volta dos jogadores (bastou ver que qualquer toque em Messi era merecedor de advertência verbal ou disciplinar por parte do árbitro). Exceptuando o futebol praticado, o melhor que já vi em todos estes anos, o Barcelona possuiu todo um conjunto de características que não suporto, daí não compreender quem vai à Luz, repito, à Luz, "pelo Barça".

14 comentários:

B Cool disse...

Estou um bocado desiludido com esta crónica, nem foi um bom autocarro, no lado esquerdo do ataque fizeram o que quiseram, jogaram como quiseram e geriram a posse de bola porque o Benfica ficou apático a defender e mesmo com 2 linhas de 4, dava demasiados espaços entre linhas. Foram 2 podiam ter sido 3 ou 4 se o Barcelona tivesse mais certeiro.
O Benfica só teve 2 jogadas, a do Lima e uma que o Gaitan fletiu da esquerda para o centro e desmarcou o Salvio. De resto foi uma pobreza confrangedora. Mas pior que as limitações tácticas, foi a ambição de perder por poucos e não levar uma goleada que me aviltou. É desrespeitador da história do Bnfica. Não é a primeira vez que jogamos com equipas muito superiores e sempre tivémos a ambição de ganhar. Ontem ficámos a ver eles a trocarem a bola e só nos últimos 10 minutos metemos alguma chispa em campo. Parecíamos o Estrela da amadora a jogar na Luz contra o Benfica, que neste caso era o Barcelona. As declarações dos jogadores e do treinador indicam isso mesmo, a ambição era marcar um golo num contra-ataque. Quo vadis Benfica, já nem em casa queres ganhar jogos. Já não bastava a vergonha de Glasgow. Este não é o meu Benfica. Aliás este não é o Benfica, quanto muito mais parece o Estrela da Reboleira.

Germano Bettencourt disse...

Digo aquilo que já disse vezes sem conta por toda a blogosfera.

O Barcelona é a melhor equipa do mundo, que pratica o melhor futebol do mundo, eu é que não gosto do melhor futebol do mundo, por ser levado a um extremo que irrita os adversários, ou quem vê o jogo, seja nas bancadas ou na TV.

Agora é esperar o mesmo apoio no jogo com o Beira-Mar. Isso sim era de louvar.

hertz disse...

Não me parece que algum benfiquista fosse ao estádio da Luz com a camisola do Barça. Isso devem ter sido adeptos de outros clubes.

Bernardo disse...

dizes que não compreendes quem vai à luz pelo barça, porque devem sempre ir à luz pelo benfica e no fim descoses-te e lá dizes que não suportas o barça e a catalunha. some biased opinion hey? de qualquer maneira, concordo com a parte de ir à luz pelo benfica. mas esqueces-te do que escreveste antes? o barça é uma máquina de futebol. para mim, é provavelmente a melhor equipa da história. eu se fosse de outro clube qualquer tinha ido à luz ver esta equipa. e sendo benfiquista gostava de ir à luz mais vezes, mas se tivesse de escolher um jogo por época não hesitava e escolhia este. as pessoas que viram jogar este barcelona estão todas a assistir a história do futebol a ser escrita. nem há discussão nisto.

Pedro disse...

Não compreendes quem vai à luz pelo Barço, é como os adeptos do Paços, Braga ou Olhão que vão puxar pelo Benfica em vez de puxarem pelo clube da terra. Mas aí já te parece normal, vão ver o...grande Benfica.

João Duarte disse...

100% de acordo. Reforcava ainda as fraudes históricas q repetidamente criam. Por exemplo, mentem qto dizem q só voltamos a ser independentes pq houve no mesmo dia uma revolta na catalunha...qdo as guerras da restauração duraram 20 anos....

Outra nota, e o patético aplauso ao puyol e ao iniesta ?????

jzz disse...

Concordo plenamente.

Pela primeira vez nos últimos 30 anos, prescindi de ir ao Estádio ver um jogo contra um grande europeu porque já sabia que grande parte das pessoas iam estar lá para apreciar o Barça. Já no jogo contra o Real Madrid na Eusébio Cup foi assim.

Para quando bancadas reservadas aos sócios, para que eu, que sou sócio há 31 anos, possa ver a minha equipa jogar sem estar ao meu lado um lagarto, um corrupto, um madridista ou um culé?

Victor Teixeira disse...

Boas,

quer que o Benfica ganhe sempre eu tambem quero, a qualquer "preço" eu não quero.

Benfica X "outra equipa qualquer"

CHAMA-SE "exibição de benfiquismo fanático e autista"

só falta festejar efusivamente uma vitoria com o Gil ou aplaudir muito um empate com o Estoril, é quase igual a um empate na Liga Campeões com o Manchester United, só falta mesmo o quase.

a Taça da Liga Portuguesa é igual há Liga Campeões

VicTeixeira



gandhy disse...

Sim, não percebo como um Benfiquista, pode levar camisolas e cachecois de outro clube que não o do SLB para dentro do Estádio num jogo do SLB!!! Não entendo mesmo.

Barcelona como cidade é fantástica. Tem tudo, praia, sol, montanha, cultura, animação, etc., mas as pessoas são das piores em termos de acolhimento, em especial sabendo que somos Tugas.

Pedro disse...

Do jogo de ontem retenho, não a habitual exibição de gala do Barcelona, mas as declarações dos seus jogadores e equipa técnica no final da partida. A humildade, sincera e não plástica, com que analisaram o jogo, elogiando o adversário e considerando que tiveram alguma sorte é algo que devia fazer reflectir os jogadores, mas principalmente o treinador do Benfica. No entanto, acredito que o Ego seja demasiado grande. As notas artísticas, os rolos compressores que normalmente ouvimos no léxico benfiquista contra colossos como o Paços, Estoril, Moreirense, entre outras, apenas revelam a tacanhez de quem os profere e secunda. O Barça é e será sempre superior ao Benfica. Ontem não deu hipóteses, acabou o jogo com 75% de posse de bola e o que vemos no final? Não os dislates habituais da equipa técnica do Benfica quando vence um jogo contra um adversário claramente mais fraco, nada de humilhações, mas sim uma valorização sincera de uma equipa, que apesar de bastante inferior, que lutou como pode. Também por isto o Barça é grande!

J.P. Gonçalves disse...

Depois do que tenho lido pelos blogs encarnados, onde é bater até não poder mais, finalmente leio uma opinião realista.
Fazer uma corrida ao volante de um Fiat Punto contra um Lamborghini Diablo só pode ter um resultado: ganha o Lamborghini. Há que não perder o sentido da realidade...

JNF disse...

B Cool,

desculpa lá, mas parece que nunca viste um jogo do Barcelona na vida :) Querias o quê? Que os jogadores desatassem a correr à maluca feitos cães raivosos atrás dos adversários? Esse é o método de jogo utilizado por Jesus nos jogos do campeonato e não raramente levamos dois golos por jogo. Se fizéssemos isso contra o Barça, mudava aos cinco e acabava aos dez. Basta ver que na única vez que o Matic saiu do espaço para moder os calcanhares do Messi, levámos um golo. Não sei se a crítica do início se prende com a minha opinião sobre este assunto ou quanto à forma. Se for quanto ao primeiro caso, paciência, não posso fazer nada, se foi quanto ao segundo, por falta de tempo, pouco ou nada posso fazer também.

hertz,

estavam lá sim senhor. Vi-os. Camisola do Barça e cachecol do Benfica ou vice-versa. Como prenda, deveriam ganhar um voo directo do terceiro anel para o relvado.

Bernardo,

não percebeste. Não há opinião contraditória. O facto de eu não gostar do Barça ou dos catalães em geral não tem a mínima influência na minha opinião no caso de ir ao estádio. Como disse, o entusiasmo em ver o Barça ou o Rio Tinto é igual, desde que do outro lado esteja o Benfica. Eu vou lá pelo Benfica.

Pedro,

nada a ver. Ou os benfiquistas que estavam lá com as camisolas do Barça nasceram todos em Barcelona? Se assim for, as minhas desculpas.

João Duarte,

essa é outra que não percebo. Crucifica-se os benfiquistas que aplaudiram o Nuno Gomes no ano passado, mas aplaude-se Puyol e Iniesta, esses dois que deram tanto ao Benfica.

Victor,

não percebeste. E como não pareces na disposição para entender, não perco tempo contigo.

Pedro,

sinceramente, acho que aquelas palavras não têm nada de verdadeiro. Até porque, como vimos, foi uma vitória fácil e incontestável do Barça.

J.P. Gonçalves,

é mais ou menos isso, mas o Benfica também não é um Punto.

B Cool disse...

Queria que fizessem mais do que fizeram na primeira parte, pressionar a entrada bola nos médios, obrigá-los a recuar e não objectivamente recuarmos em 2 linhas fechadas sobre o centro que abriam depois todas por darmos espaço nas alas e entre as linhas, resultado, se o Barcelona quisesse ou se os jogadores estivessem mais inspirados o Barcelona com este sistema do Jesus tinha dado 4 ou 5 em pleno estádio da Luz e continuávamos alegremente a vê-los jogar. os tripeiros perderam a supertaça europeia contra eles e não deram este pobre espectáculo de reverência. Como alguém disse, só faltava porem-se a pedir autógrafos durante o jogo.

luis.live disse...

soube de alguns lagartos que foram á luz. Convinha saber se esses aplausos (excepto ao puyol) foram de adeptos/sócios do SL BENFICA ou de espectadores que foram á luz para única e exclusivamente verem o barcelona...

ass. luis.live