terça-feira, 9 de setembro de 2008

Liedson na selecção?

Iróiz do maaar, nobri povo
Naçaum valentchi, e e e mortau
Lêvantaí, hoji dji novo
Oisplendôr dji Portugaú!

Entraisbrumas dá memôria,
Ó Pátria, centicivóis
Dos teus igréjios avóis
Que hão dji guiartchi à vitôriá

Ais ármás, ais ármás!
Sobrià térra e sobri o maaar,
Ais ármás, ais ármás!
Pelá Pátria lutáááá
Contróis canhõis marcháááá, marcháááá



Gosto muito do meu País, Portugal. Uma bela prova disso mesmo, é que aguentei hoje ver a sofrível exibição os sub-21. Também gosto muito dos brasileiros: acho-os honestos, trabalhadores e até têm dos melhores futebolistas do mundo. Mas misturar tanto jogador estrangeiro na nossa selecção é demais. Fui contra a inclusão de Deco e Pepe, assim como serei contra à possível chamada à selecção de Liedson. A selecção de Portugal deve ser constituída por jogadores que sejam portugueses como são o Quim, o Raúl Meireles, o Moutinho, o Quaresma, o Danny, o Simão e tantos outros. Não misturem as coisas mais uma vez. Há que reflectir sobre isto.

6 comentários:

Constantino disse...

A naturalização de jogadores é dar 1 passo em frente que mais tarde vão ser 2 para trás. É a forma mais simples de resolver as lacunas de uma selecção, sem investir na formação de um jogador. O problema é que hoje naturaliza-se o liedson ou o pepe ou o deco descurando-se depois a formação de jogadores que ocupem a posição destes ou fechando a porta da selecção a jogadores que podiam evoluir com a sua inclusão na equipa. Actualmente temos um grande exemplo disso com o Danny, que está a jogar como jogou nos ultimos 2 anos, so que entretanto havia-se naturalizado o deco pelo que se esquecer todo e qualquer jogador que ocupasse esta posição, para não falar na renuncia quase forçada do Rui Costa. O grande problema é que antes dos naturalizados entrarem em cmapo com a camisola de Portugal toda a gente diz que não, mas depois aplaudem. A rejeição de naturalizados na selecção tem que começar nos adeptos, que têm que tornar desagradavel ao jogador e ao seleccionador a presença deste na nossa selecção. E para quem vier falar de Makukula, Bosingwa ou Danny, basta ver em que pais fizeram a sua formação como jogadores.

O INFERNO DA LUZ disse...

veja aqui as imagens que quiseram esconder do país http://oinfernodaluz.blogspot.com/2008/09/agresso-do-cebola.html

Anónimo disse...

eu já nem torço por esta selecção luso-brasileira! é uma vergonha o que estão a fazer! estão a dar descrédito aos jogadores portugueses. tenho pena desta selecção!
quanto aos sub-21, aquilo foi uma miséria franciscana! tantos "craques" que se deixaram empatar contra uma selecção de desconhecidos!

JNF disse...

Os sub-21 já levam a seguir. O meu próximo post é sobre eles. Virá parar aqui mesmo antes do jogo com a Dinamarca.

Constantino disse...

Só um acrescentozinho ao que já escrevi: estes brilhantes resultados dos sub 21 dos sub 20 e por ai abaixo (ainda ha uns meses levamos 7 da espanha prai em sub 17) tem tudo a ver com o que escrevi anteriormente. Enquanto andam preocupados a ver quem hão-de naturalizar para a selecção descuram a formação. É bem mais fácil e mais rápido naturalizar...

O 7 Maldito disse...

Depois do q se viu ontem...há dúvidas?